segunda-feira, 8 de março de 2021

O SOCIALISMO E A EMANCIPAÇÃO DA MULHER TRABALHADORA: ESCRITOS DE LENIN, CLARA ZETKIN E KRUPSKAYA SOBRE O FEMINISMO COMUNISTA

Neste dia internacional da mulher trabalhadora, o Blog da LBI elaborou uma coletânea de textos de Lenin, Clara Zetkin e Krupskaya sobre a causa do Feminismo Comunista, apontando a luta revolucionária das trabalhadoras como um elemento fundamental para a vitória do Socialismo na arena mudial e na URSS da época. São 9 textos que expressam a visão do dirigente bolchevique sobre diversos ângulos na luta pela emancipação da mulher, além de um artigo de Clara Zetkin relatando a dedicação de Lenin a causa do Feminismo Comunista. Ao final, reproduzimos ainda um artigo da companheira de Lenin, Krupskaya, sobre o caráter de classe desse combate Leninista.

O TRABALHO DA MULHER NA FÁBRICA

A CLASSE OPERÁRIA E O NEOMALTHUSIANISMO

O V CONGRESSO INTERNACIONAL DE LUTA CONTRA A PROSTITUIÇÃO

O TRABALHO DA MULHER NA AGRICULTURA NO REGIME CAPITALISTA

O DIREITO AO DIVÓRCIO

A CONTRIBUIÇÃO DA MULHER NA CONSTRUÇÃO DO SOCIALISMO

AS TAREFAS DO MOVIMENTO OPERÁRIO FEMININO NA REPÚBLICA DOS SOVIETES

O PODER SOVIÉTICO E A SITUAÇÃO DA MULHER

ÀS OPERÁRIAS: O DIA INTERNACIONAL DA MULHER (1920)

LÊNIN E O MOVIMENTO FEMININO - CLARA ZETKIN

A EMANCIPAÇÃO DA MULHER SEGUNDO LENIN - NADEZHDA KRUPSKAYA

domingo, 7 de março de 2021

VIVA O 8 DE MARÇO, DIA DA MULHER TRABALHADORA! BURGUESAS, EMPRESÁRIAS E LATIFUNDIÁRIAS TIREM AS MÃOS DA NOSSA LUTA DE CLASSE!

Ato presencial dia da mulher trabalhadora em 2020

No dia 8 de março é comemorado o dia da mulher trabalhadora. A dirigente comunista Clara Zetkin propôs a comemoração na conferência internacional de mulheres socialistas em 1910, para homenagear a luta das mulheres proletárias contra a exploração capitalista. É lembrado o assassinato, pelas mãos da Grande Capital, de 129 trabalhadoras em greve queimadas vivas em uma fábrica de tecidos nos EUA, os donos da fábrica fecharam as portas com as operárias dentro e atearam fogo para fazê-las queimar (como uma medida "dissuasiva" para evitar que outros trabalhadores sigam seu exemplo de luta). 

O combate pelo socialismo, pelos direitos da classe trabalhadora, a luta contra o patriarcado da burguesia e o capitalismo, cujos mecanismos estão perfeitamente articulados entre si no modo de produção e reprodução do capital, são a razão das comemorações do 8 de Março! 

O 8 de Março também foi marcado como uma data eminentemente revolucionária pelos acontecimentos de 8 de março de 1917 na Rússia czarista, milhares de mulheres foram às ruas clamando por seus direitos, contra a exploração e as guerras que a burguesia impôs ao povo, as mulheres detonaram o estopim da Revolução de Outubro. Após a revolução de outubro, e a instauração da URSS as mulheres conquistaram seus direitos econômicos, sociais, sexuais e reprodutivos, o direito de votar para todas as mulheres (não apenas para os proprietários como na Grã-Bretanha), o direito ao divórcio, o direito ao aborto, plenos direitos de estudar e garantia de trabalho, moradia, saúde e educação, etc.  Todos esses direitos ainda hoje são palco de muita luta na grande maioria dos países capitalistas. 

Nós, mulheres trabalhadoras somos a parte mais atingida da classe explorada. Somos vítimas das guerras imperialistas, da pilhagem capitalista que empobrece regiões e países inteiros, das privatizações e da precariedade, e também somos vítimas do machismo burguês incessantemente promovido pela mídia corporativa e por toda a indústria cultural do capitalismo.  Exatamente porque o capitalismo se sustenta fragmentando e dividindo a classe explorada, é por isso que a indústria cultural do capitalismo difunde incessantemente as ideias do identitarismo, um mecanismo de tentar dissolver as contradições frontais entre as classes. 

Somos as trabalhadoras exploradas estudantes, artistas, desempregadas e aposentadas que estão sendo privados de uma vida digna, às vezes até de alimentação, moradia, acesso à saúde, acesso à educação, etc.  Estamos privadas de condições de trabalho decentes e de remuneração pelos capitalistas que tiram a mais-valia do nosso trabalho. Nós somos as mães cujo trabalho em casa não é reconhecido, aquelas que ficam na precariedade absoluta e sem pensão.  Somos mulheres migrantes levadas a sofrer as piores explorações: em máquinas de horror, borrifadas com veneno na agroindústria, condenadas à exploração da prostituição ou a serem objetivadas e saqueadas como "substitutas". Nós somos as meninas estupradas e forçadas a dar à luz.  Somos designadas por este sistema do capital como alvo das frustrações aberrantes que este regime provoca, e da misoginia que fomenta. É por isso que o feminicídio galopa, porque a mídia banaliza a tortura e toda discriminação alienante funcional ao capitalismo, porque a violência exercida de forma estrutural arrasta seu ódio contra nós. Somos vítimas do capitalismo e de sua barbárie, vítimas do machismo que o próprio capital promove, inclusive no seio das próprias mulheres. Entretanto também somos mulheres lutadoras e revolucionárias, uma vanguarda consciente que combate pelo fim da exploração do capital!

O 8 de Março não é o dia das aristocratas burguesas, nem das empresárias exploradoras da força de trabalho proletária. As mulheres opressoras: Thatchers, Hillary Clintons, Merkels, Kamalas e milhares de outras ... aquelas que lucram com a escravidão de milhões de trabalhadores e trabalhadoras em fábricas de horror, não lhes pertence o 8 de Março!

Feministas Comunistas intervém no ato 8 de Março 

A esquerda reformistas, e os “cavalos de Tróia” da burguesia tentam nos fazer acreditar que as mulheres exploradoras são nossas irmãs, que o gênero deve unir todas, independente da classe social que pertença. Esta é a lógica do identitarismo impulsionado pelo capital e sua mídia murdochiana, tentando impregnar a consciência proletária com o nefasto policlassismo.  As mulheres revolucionárias sabem que a sociedade de classes se perpetua na violência do capital, aquela violência exercida pela classe exploradora (aquela que possui os meios de produção) contra as maiorias exploradas e precarizadas. Lutamos por um feminismo revolucionário, para poder nos opor com dignidade a política de colaboração de classes do reformismo! A luta pela emancipação das mulheres e a luta revolucionária contra o capitalismo são indissociáveis! Viva ao 8 de Março da Mulher Trabalhadora!

ASSINAM ESSE MANIFESTO:

HYRLANDA MOREIRA - MOVIMENTO DE OPOSIÇÃO BANCÁRIA/MOB

CIDA ALBUQUERQUE - OPOSIÇÃO DOS PROFESSORES – FORTALEZA/CE

ANA DE FREITAS – OPOSIÇÃO SINDIÁGUA/CE

MARIA DAS GRAÇAS – OPOSIÇÃO SEPE/RJ

ISABEL TEIXEIRA - OPOSIÇÃO METALÚRGICA – GUARULHOS/SP

GRAÇA SOUZA - OPOSIÇÃO COMBATIVA DOS PETROLEIROS/RN

CLÁUDIA LINS - OPOSIÇÃO DE LUTA NO CPERS/RGS

FRANCISCA VIEIRA- OPOSIÇÃO CORREIOS/PE

REGINA LIMONGE - OPOSIÇÃO DE LUTA/APEOESP

JULIANA TRINDADE - OPOSIÇÃO JB/UNE

AQUECIMENTO CLIMÁTICO GLOBAL: CONFINAMENTO DA HUMANIDADE A CADA DOIS ANOS PARA “RESFRIAR” O PLANETA É UMA DAS TESES DO “GRANDE RESET” PLANEJADO PELOS BARÕES DO CAPITAL AGRUPADOS NO FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL

Os barões do capital ligados ao Fórum Econômico Mundial (FEM) e parceiros de Bill Gates que controla a OMS, avaliam que se a receita funcionou relativamente bem em termos de “saúde” no curso dessa pandemia, também pode ser usada em questões climáticas. Com a mídia venal a serviço do grande capital martelando sobre os perigos do “aquecimento climático global” muitos “covidiotas” também ficarão empolgados em contribuir com sua “cota pessoal” para o combate a “destruição do planeta pelo homem” quando na verdade os maiores destruidores das forças produtivas (homem e natureza incluídos) são as grandes corporações capitalistas agrupadas no FEM. Como afirmou George Soros em Davos: "Esta é a primeira vez na história humana em que nos propomos à tarefa de mudar intencionalmente o modelo de desenvolvimento econômico que tem reinado desde a Revolução Industrial". Somente a esquerda reformista, impregnada até a alma com a apologia do “capitalismo verde”, finge ignorar até agora o Grande Reset. 

31 ANOS SEM O “CAVALEIRO DA ESPERANÇA”: LUÍS CARLOS PRESTES, O DIRIGENTE TENENTISTA QUE ADERIU AO STALINISMO E ACABOU ROMPENDO DEPOIS PELA ESQUERDA COM O PCB SEM SUPERAR SUA POLÍTICA DE CONCILIAÇÃO DE CLASSES

Neste 7 de Março completam-se 31 anos da morte de Luís Carlos Prestes. O “Cavaleiro da Esperança” como ficou conhecido ao comandar a sua coluna montada pelo Brasil, nasceu em Porto Alegre no dia 3 de janeiro de 1898. Foi durante 37 anos, o principal dirigente do antigo Partido Comunista do Brasil, o PCB, rompendo depois pela esquerda com o “Partidão” sem superar sua política de conciliação de classes. Prestes faleceu em marcço de 1990.

sábado, 6 de março de 2021

ENCLAVE SIONISTA DE ISRAEL PREPARA INVASÃO DA FAIXA DE GAZA: CARNICEIRO BIDEN DEU SINAL VERDE PARA AS PROVOCAÇÕES MILITARES CONTRA A SÍRIA, IRÃ E PALESTINA 

O regime sionista israelense realizou recentemente uma grande manobra militar que simula uma possível guerra de ocupação na Faixa de Gaza, Palestina. A confirmação da operação veio por meio da própria mídia estatal israelense. O “Canal 12” de TV israelense anunciou oficialmente na quinta-feira que o exército deste regime terrorista conduziu um exercício de treinamento para oficiais em preparação para uma guerra de ocupação em áreas residenciais no na Faixa de Gaza, com o objetivo de “testar” a capacidade de combate militar da Resistência Islâmica Palestina, o Hamas.

MARCHAS MULTITUDINÁRIAS NAS RUAS DO PARAGUAI: MASSIVO PROTESTO POPULAR CONTRA O TERROR SANITÁRIO E PELA SAÍDA DO GOVERNO NEOLIBERAL DE ABDO BENíTEZ

Milhares de paraguaios protestaram contra as medidas tomadas pelo governo direitista de Abdo Benítez com relação à pandemia de Covid-19 no país. Em Assunção, na sexta-feira, marchas multintudinárias ocupam ruas e mais ruas da capital do país. De um lado, as forças de segurança dispararam balas de borracha e gás lacrimogêneo. Do outro, parte das centenas de manifestantes, que se reuniam ao redor do prédio do Congresso, no centro de Assunção, derrubaram barreiras de segurança, fizeram barricadas e atiraram pedras contra a polícia. As forças policiais utilizaram balas de borracha e gás lacrimogêneo, além de água e cavalaria para dispersar a multidão, no momento em que eles tentavam contornar um bloqueio policial para seguir em direção ao Palácio do Governo. 

sexta-feira, 5 de março de 2021

REPRESSÃO SELVAGEM NA ARGENTINA: NA PROVÍNCIA DE FORMOSA O “CONFINAMENTO SOCIAL” É MANTIDO A BASE DE BOMBAS E CACETETES CONTRA A POPULAÇÃO REBELADA

O governador da província (estado) de Formosa, Gildo Insfrán, que escandalizou recentemente a Argentina por transformar os “centros de confinamento” em prisões, decretou ontem o retorno a chamada “Fase 1”, ou seja lockdown. Grupos de manifestantes se mobilizaram contra Insfrán e o aparato de repressão do seu governo(aliado do presidente Alberto Fernandez),que respondeu à luta da população com uma brutal violência policial. As mobilizações começaram ontem à noite (04/03) na Plaza San Martín e no centro da capital provincial. A situação ficou cada vez mais tensas ao longo das horas até que o governo decidiu responder com selvagem repressão.

LOCKDOWN EM SALVADOR: TRABALHADORES E PEQUENOS COMERCIANTES PROTESTAM NAS RUAS DA CAPITAL BAIANA

No último dia 03 de março, trabalhadores “ambulantes” e pequenos comerciantes revoltados tomaram as ruas de Salvador, em um corajoso protesto exigindo seus direitos contra as medidas de “bloqueios sanitários” do governo petista de Rui Costa. Os manifestantes levantavam faixas e cartazes em que pediam trabalho digno e também se posicionaram contrários ao fechamento de seus pequenos comércios. As medidas de punição e obrigação de que permaneçam fechados os estabelecimentos desses pequenos comércios de rua, contrasta com a liberdade que encontram os grandes monopólios, que operam livremente em meio às restrições da suposta pandemia da Covid.

O CICLO INTERMINÁVEL DAS VACINAS INEFICAZES PARA COVID-19: “CIRANDA FINANCEIRA” ALIMENTA NEGÓCIO TRILIONÁRIO...“PRESSA” DA BIG PHARMA ATENDEU CRITÉRIOS COMERCIAIS E NÃO CIENTÍFICOS!

Uma reportagem da “insuspeita” BBC informa que “Vacinados podem precisar de 3ª dose contra variantes, dizem cientistas”. Segundo pesquisadores ouvidos, pessoas já vacinadas contra a covid-19 poderão ter que receber uma dose adicional de “imunizante”. Isso porque duas supostas “variantes” do coronavírus, a encontrada em Manaus, batizada de P.1, e a da África do Sul, chamada de 501.V2, parecem reduzir a eficácia de vacinas por possuírem a mutação E484K, capaz driblar a ação de anticorpos produzidos pelo corpo. Uma terceira variante encontrada no Reino Unido também passou a apresentar a mutação E484K em algumas regiões do país, segundo análises da Public Health England, agência ligada ao Ministério da Saúde britânico. Os grandes laboratórios anunciaram que estão desenvolvendo novas vacinas contra as variantes com as mutações em curso. O governo britânico confirmou que pretende disponibilizar para a sua população vacinas anuais contra a covid-19, como ocorre atualmente com a gripe, engordando assim o negócio trilionário da Big Pharma. É o reconhecimento implícito de que as primeiras gerações de vacinas elaboradas contra a Covid, careciam do tempo necessário para a maturação do conhecimento científico da evolução natural do vírus, suas principais cepas proteicas e possíveis mutações genéticas.

SENADO CONCLUIU APROVAÇÃO DA “PEC DO ARROCHO”: AUXÍLIO EMERGENCIAL NÃO PASSARÁ DE MÍSEROS 250 REAIS. OPOSIÇÃO BURGUESA SÓ MARCOU POSIÇÃO DEFENDENDO AMPLIAR O “TETO DE GASTOS”, PORÉM VOTANDO POR SUA MANUTENÇÃO

Os senadores da República concluíram, no início da tarde desta quinta-feira (04/03), a votação da PEC 186/19, ao aprovar por 62 a 14, em 2º e último turno o seu texto final, agora batizada de “PEC do arrocho”, feita sob medida do rentismo. A proposta ganhou este apelido porque o governo neofascista queria para aprová-la e, ainda, incluir o auxílio emergencial, extinguir os fundos constitucionais da saúde e educação (Fundeb).O texto agora vai ao exame da Câmara dos Deputados, onde terá “ritmo acelerado”, segundo o presidente do Centrão, Artur Lira. A parte do texto que extinguia os fundos para educação e saúde foi retirada pelo relator, senador Marcio Bittar (MDB-AC), depois de um amplo repúdio nacional, porém as contrapartidas foram draconianas. O provável valor de R$ 250 do próximo auxílio emergencial será pago por meio de uma medida provisória (MP), que o governo Bolsonaro não pretende votar imediatamente, já que a eficácia da lei terá o mesmo prazo de concessão do benefício, ou seja, quatro meses.

8 ANOS DA MORTE DO COMANDANTE HUGO CHAVEZ: VÍTIMA DE UMA SÓRDIDA OPERAÇÃO ORQUESTRADA PELO IMPERIALISMO PARA ELIMINAR A REPRESENTAÇÃO DO NACIONALISMO BURGUÊS NA VENEZUELA

Hugo Chavez, morreu no dia 05 de março de 2013, há exatos 8 anos, mas na realidade foi eliminado previamente por uma operação arquitetada pela CIA, assim como Arafat, Jango, Torrijos, Roldós e outros líderes nacionalistas de esquerda inconvenientes aos interesses do imperialismo Ianque. Não temos a menor dúvida: tanto como Yasser Arafat, em 2004, o comandante Hugo Rafael Chavez Frias foi assassinado com o uso do que há de mais moderno e sofisticado da tecnologia criminosa desenvolvida na CIA e nas dezenas de agências satélites privadas que prestam serviço ao "democrático" governo norte-americano.

150 ANOS DO NASCIMENTO DE ROSA LUXEMBURGO: TROTSKY COMBATE AS CALÚNIAS STALINISTAS CONTRA A TRAJETÓRIA DA REVOLUCIONÁRIA ASSASSINADA PELA SOCIALDEMOCRACIA ALEMà

Rosa Luxemburgo viveu no período compreendido entre a Comuna de Paris e o primeiro ano de existência do governo bolchevique. Nasceu em 05 de março de 1871, há exatos 150 anos, num vilarejo perto de Lublin, na Polônia controlada pelo Império Russo. Era a quinta filha de Eliasz Luxemburg III, um judeu comerciante de madeira, e Line Löwenstein. Uma artrose no quadril a prostrou na cama até os cinco anos de idade, ocasionando que tivesse uma perna menor que a outra, fazendo-a mancar por toda a vida. Aos 15 anos, ainda como secundarista, inicia sua militância política fazendo parte de uma célula do Partido Proletário (PP), fundado em 1882 e aliado do movimento populista russo na luta contra a opressão czarista. Assim começa a militância revolucionária de Rosa Luxemburgo que viria a ser assassinada em 1919 pela socialdemocracia alemã, convertida a guardiã da ordem capitalista contra o proletariado. Em sua homenagem reproduzimos um texto de Trotsky defendendo sua trajetória política, caluniada pelo stalinismo.

TIRE AS MÃOS DE ROSA LUXEMBURGO!

Leon Trotsky, Prinkipo, 28 de junho de 1932

Recebi o artigo de Stalin sobre algumas questões da história do bolchevismo com grande atraso. Quando o vi, não consegui ler por muito tempo, porque essa literatura é tão indigesta quanto serragem ou cerdas picadas. Mas quando finalmente li, cheguei à conclusão de que esta obra não pode ser ignorada porque contém uma calúnia atrevida e ultrajante de Rosa Luxemburgo. Stalin transfere a grande revolucionária para o campo do centrismo! Ele mostra - não, ele afirma - que desde o início o bolchevismo contribuiu para a cisão com o centrismo de Kautsky, enquanto Rosa Luxemburgo cobriu Kautsky da esquerda.

STÁLIN MORREU HÁ 68 ANOS MAS CONTINUA SENDO ALVO DE UMA CAMPANHA ANTI-COMUNISTA PATROCINADA PELO IMPERIALISMO, A MÍDIA A SERVIÇO DO CAPITAL E SEUS "PAPAGAIOS": OS GENUÍNOS TROTSKYSTAS NÃO EMBARCAM NA CANTINELA REACIONÁRIA REPLICADA PELO REVISIONISMO  

Há exatos 68 anos, no dia 05 de março de 1953, faleceu Josef Stalin. Ele ascendeu a Secretário Geral do Partido Comunista da União Soviética com a morte de Lênin, depois de derrotar e posteriormente eliminar os dirigentes bolcheviques que resistiram a sua ascensão política. Trotsky escreveu uma biografia política dedicada a Stálin analisando detalhadamente esse processo. Sua morte anunciada oficialmente na época como produto de um derrame cerebral fez parte, na verdade, de uma feroz luta interna no interior do PCUS, a partir da deflagração da própria sucessão de Stalin em função de sua precária saúde e idade relativamente avançada, 73 anos.

quinta-feira, 4 de março de 2021

GRÉCIA CRUZADA PELA MOBILIZAÇÃO POPULAR: PELA IMEDIATA LIBERTAÇÃO DE DIMITRIS KUFONDINAS! 

As enormes manifestações políticas que chegaram ao quinto dia consecutivo, reúnem mais de 10 mil pessoas por dia na Praça Syntagma em Atenas, capital da Grécia. Organizações de esquerda gregas informaram nesta última quarta-feira (03/03) que milhares de pessoas voltaram às ruas de Atenas para exigir a libertação do líder do grupo guerrilheiro “17 de novembro”, Dimitris Kufondinas, que permanece em greve de fome há 54 dias ininterruptos. Os protestos, que começaram em 27 de fevereiro, reuniram mais de 5.000 manifestantes a cada dia, concentrando-se na Praça Syntagma para marchar em direção à Praça Omonia, tradicional centro político. 

PFIZER “CORPORATION”: VACINAS PARA SUBJUGAR A SOBERANIA DAS NAÇÕES COM EXIGÊNCIAS SEMELHANTES ÀS DA OCUPAÇÃO NAZISTA NA II GUERRA MUNDIAL

A corporação farmacêutica imperialista Pfizer exigiu das nações latino-americanas, para vender sua vacinas, que colocassem seus ativos soberanos, incluindo propriedades públicas, embaixadas, bases militares, reservas cambiais e bancárias (nacionais e internacionais) como garantia para a realização do trilionário negócio da comercialização do seu imunizante contra a Covid. Isso tudo como “salvaguarda contra possíveis ações judiciais por possíveis resultados adversos (leia-se morte ou invalidez das pessoas) após a aplicação das doses”.

TUCANO DÓRIA E PETISTA CAMILO, SOB APLAUSOS DA ESQUERDA DOMESTICADA, IMPÕEM LOCKDOWN: “SANTA ALIANÇA” QUE PAVIMENTA O FASCISMO SANITÁRIO TRAVESTIDO CINICAMENTE “EM NOME DA CIÊNCIA E NA DEFESA DA VIDA”

O tucano reacionário Dória e o "petista" Camilo Santana decretaram ontem Lockdown em seus estados. Em um movimento cronometrado a diretia neoliberal e a esquerda burguesa impõem medidas arbitrárias de restrição do comércio e da circulação de pessoas, em um atentado às liberdades democráticas. A esquerda domesticada, PT, PSOL, PCdoB, PSTU, MRT que vinha clamando por um “lockdown nacional” aplaudiu entusiasticamente a medida desses canalhas gerentes burgueses, mostrando a “santa aliança” entre o chamado "centro civilizatório" e a Frente Popular. Até o PSTU engrossou o cínico coro, em defesa da medida arbitrária “Se Bolsonaro é um Pilatos com sangue retinto nas mãos, os governadores têm a sua responsabilidade na conta do colapso atual. Praticamente todos se recusaram a decretar uma quarentena pra valer, mesmo diante das constantes advertências dos comitês científicos... E mesmo diante do caos, os governadores ainda recusam a decretar um lockdown que interrompa todos os serviços não essenciais” (02.03). Bingo! Dória, Camilo e os govenadores adotaram as medidas clamadas pela Frente Popular, que cinicamente joga toda a responsabilidade em Bolsonaro, desprezando a orquestração mundial em curso com a pandemia do Covid-19. 

 

quarta-feira, 3 de março de 2021

LOCKDOWN NO CEARÁ: CAMILO, MAMULENGO DOS FERREIRA GOMES, NÃO ATUA EM “DEFESA DA VIDA”, MAS AGE COMO FANTOCHE DO RENTISMO INTERNACIONAL PARA PROMOVER O “GRANDE RESET” DA ECONOMIA CAPITALISTA

Segundo dados da própria plataforma IntegraSUS, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa/CE) houve seis mortes nas últimas 24 horas. Entretanto o número de óbitos noticiados pelo governador Camilo Santana para justificar a decretação do lockdown no estado, supera a casa dos 80, com o “simples artifício” de “inchar” a planilha com mortes do ano passado, cujos testes da Covid só agora foram finalizados...O objetivo do fantoche dos Ferreira Gomes não é “salvar vidas”, mas sim garantir a generosa linha de crédito internacional que inunda o Ceará, e que só é autorizada pela governança global do capital financeiro para os governos que pratiquem o Grande Reset da economia, promovendo falências, quebra de empresas e desemprego na medida dos interesses do rentismo do Fórum de Davos e do Clube de Bilderberg.

PIB DO BRASIL EM QUEDA LIVRE: ESQUERDA REFORMISTA “ELEGE” BOLSONARO COMO ÚNICO VETOR DO DESASTRE ECONÔMICO. PARA OS IDIOTAS DA SOCIAL DEMOCRACIA (PT, PCdoB, PSOL, PSTU) NÃO EXISTE “GRANDE RESET” E MUITO MENOS GOVERNANÇA MUNDIAL DO CAPITAL FINANCEIRO...

 

A economia capitalista brasileira, periférica, associada e dependente do imperialismo, deixou o ranking das 10 maiores economias do mundo e caiu para a 12ª colocação, de acordo com levantamento da agência de classificação de risco Austin Rating, fato divulgado amplamente pela mídia nesta quarta-feira (03/03). O rebaixamento é motivado pelo brusco tombo do Produto Interno Bruto (PIB), de 4,1% – a maior queda na série histórica do IBGE, iniciada em 1996. Em 2019, antes mesmo da pandemia, o desempenho da economia nacional já havia deixado o Brasil na 9ª posição. De acordo com o ranking, o Brasil foi superado em 2020 por Canadá, Coreia do Sul e Rússia. Para este ano de 2021, a agência A Austin estima uma alta de 3,3% do PIB do Brasil, bem abaixo da média de crescimento global esperada em 5,5%. Confirmadas as projeções, o país pode cair para a 14ª posição no ranking das maiores economias do mundo, sendo superado também por Austrália e Espanha. O fenômeno econômico da superação do PIB brasileiro, por países que não concentram principalmente suas atividades na produção de comodities com baixo valor agregado, e ao “sabor” das variações em suas cotações no mercado mundial, não é um elemento exclusivo do governo neofascista de Bolsonaro. Os governos burgueses da Frente Popular incentivaram bastante este “modelo” , para surfar no boom econômico da alta das comodities e na consequente geração da enorme bolha de crédito internacional. Porém quando a “bolha estourou” no final do primeiro governo Dilma, em consequência da crise capitalista de superprodução, o Brasil passou a ser superado pelas economias sub-imperialistas que focaram a reprodução do capital em tecnologia, informação e serviços. Com o advento da pandemia, um simples disfarce para a maquiagem da crise de superprodução internacional, o “Grande Reset” pegou de frente a débil economia brasileira, provocando recessão, falências e desemprego em massa.

O CASSINO FINANCEIRO DA BIG PHARMA: ASTRAZENECA VENDEU SUA PARTICIPAÇÃO NA MODERNA (LABORATÓRIO) POR 1,3 BILHÃO DE DÓLARES

A farmacêutica AstraZeneca, uma das gigantes da Big Pharma, vendeu a participação que detinha na “concorrente” Moderna (laboratório) ao longo do ano passado, mostra o último relatório anual da farmacêutica anglo-sueca, citado pela agência Reuters. A AstraZeneca não revelou por quanto vendeu a sua participação, mas afirmou que "uma grande proporção" dos US$ 1,38 bilhão (aproximadamente R$ 7,72 bilhões) que a empresa registrou em vendas de portfólio de ações no ano passado veio da venda da Moderna. As ações da Moderna, comercializadas no cassino de Wall Street aumentaram mais de cinco vezes em valor no ano passado, após iniciar o desenvolvimento de sua vacina contra COVID-19, sem dúvida alguma a pandemia foi o melhor negócio de toda sua história...

BIDEN APOIA O GOLPISTA GUAIDÓ CONTRA MADURO: CARNICEIRO “DEMOCRATA” PLANEJA NOVA INVESTIDA CONTRA VENEZUELA

O governo do carniceiro "Democrata" Biden continua considerando o golpista Juan Guaidó seu homem principal na Venezuela. O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, manteve conversações com ele nesta terça-feira (2), no Canadá. Blinken, se reuniu com Guaidó para supostamente discutir o fornecimento de ajuda humanitária à Venezuela, o que significa reforçar a ação dos golpistas de direita contra o governo Maduro. Este foi o contato de Guaidó com a autoridade norte-americana de mais alto escalão desde que Joe Biden assumiu a Casa Branca, em 20 de janeiro.

PANDEMIA GLOBAL E CUBA: OS AVANÇOS DA SAÚDE NO ESTADO OPERÁRIO, APESAR DA BUROCRACIA CASTRISTA  

A crise estrutural capitalista, mascarada como a pandemia do coronavírus tem revelado o fracasso da maioria dos países capitalistas ocidentais em suas políticas neoliberais de saúde pública. Décadas de austeridade fiscal e monetária em cortes em programas de saúde e educação induzidos por programas de reestruturação pelo FMI e pelo Banco Mundial, mostram agora seus resultados em números de mortes de pessoas pobres e sem assistência médica e hospitalar de qualidade. Na verdade, uma sindemia global contra os povos oprimidos. No ocidente, o Estado Operário cubano, apesar do grande entrave da burocracia castrista, tem dado um exemplo de eficiência e mostrado que um outro caminho é possível na luta contra a sindemia. Os números falam por si, basta compararmos Cuba com outros países ou mesmo grandes cidades com populações semelhantes para termos um quadro muito claro da diferença nos resultados.

PREFEITO SARTO (PDT) ORDENA REPRESSÃO A SERVIDORES PÚBLICOS DE FORTALEZA: FORTALECER E RADICALIZAR A GREVE GERAL DO FUNCIONALISMO CONTRA A REFORMA NEOLIBERAL DOS FERREIRA GOMES!

Os servidores municipais retornaram ontem à Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) a fim de frear o andamento de alterações na lei que abrem caminho para a reforma neoliberal da Previdência municipal. Por volta das 10h da manhã, a Guarda Municipal de Fortaleza tentou dispersar os manifestantes com bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo, uma ação repressiva ordenada pelo prefeito Sarto (PDT) e vereadores da base de apoio da Oligarquia Gomes. A tramitação da proposta que abre caminho gerou embates tanto dentro quando fora da Câmara Municipal de Fortaleza. O ápice da tensão ocorreu quando o vereador José Freire (PSD) foi cercado pelo grupo de servidores e precisou fugir correndo do confronto. A Guarda tentou dispersar os manifestantes usando bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha mas os servidores permaneceram no local com bandeiras e faixas de entidades sindicais, a luta continua hoje, 03 de março, com greve geral do funcionalismo nesta semana.

terça-feira, 2 de março de 2021

UNIVERSIDADE DE STANFORD, CALIFÓRNIA: CONCLUI EM ESTUDOS CIENTÍFICOS QUE O LOCKDOWN É INÚTIL PARA DETER A TAXA DE TRANSMISSÃO DO CORONAVÍRUS. SERÁ QUE SOMENTE OS “CIENTISTAS” QUE SEGUEM A CRIMINOSA OMS ESTÃO CERTOS?

Pesquisadores científicos da renomada Universidade de Stanford, na Califórnia, que de forma alguma pode ser identificada como adepta do “negacionismo”, realizaram um estudo sobre os efeitos do lockdown em dez países e concluíram que “embora existam pequenos benefícios, não foi encontrado nenhum efeito benéfico, claro e significativo das medidas restritivas em qualquer país”. Os dez países estudados foram Inglaterra, França, Alemanha, Irã, Itália, Holanda, Espanha, Coréia do Sul, Suécia e Estados Unidos. Neste espectro apenas a Coréia do Sul e a Suécia não implementaram o fechamento total nem a obrigatoriedade do “fique em casa”, por isso, serviram de comparação para os outros oito países. Ao todo foram realizadas 16 comparações. O que mais influenciou na realização do estudo foram os efeitos prejudiciais à saúde e à economia da população, castigada por medidas restritivas que só tem prolongado a pandemia do coronavírus.

CERCO DA BIG TECH SOBRE A LIBERDADE DE INFORMAÇÃO: TWITTER VAI DESATIVAR CONTAS QUE NÃO SIGAM A LINHA DO TERROR SANITÁRIO IMPOSTA PELA OMS E GRANDES LABORATÓRIOS

O Twitter anunciou nesta segunda-feira (1º) uma atualização em sua política sobre informações sobre Covid-19. A partir de agora, as penalidades sobre as contas aumentam conforme a quantidade de vezes que um usuário desrespeita as regras sobre suposta “desinformação” que resultam na marcação ou remoção de um tuíte. Uma violação, não será realizada nenhuma ação na conta (apenas a marcação do tuíte), duas violações:12 horas de bloqueio, três violações: 12 horas de bloqueio, quatro violações: 7 dias de bloqueio e cinco ou mais violações: suspensão permanente! Não defendemos que a Big Tech censure o direito de expressão de ninguém sob o cínico pretexto de “defender a ciência” à serviço dos interresses dos grandes laboratórios e do negócio trilionário das vacinas!

MIANMAR: DERROTAR A BARBARA REPRESSÃO MILITAR NA PERSPECTIVA DO SOCIALISMO!

Há um mês após do Golpe de Estado de primeiro de fevereiro, intensificam-se os protestos contra o Exército que que prendeu o chefe do Governo civil, Win Myint e a líder de fato do país, Aung San Suu Kyi, uma senhora de 75 anos. A junta militar respondeu à rebelião popular com uma escalada de violência, bloqueios de internet, estado de emergência por um ano, lei marcial, veículos blindados nas ruas, tiroteios e prisões à noite, com cerca de 850 detidos de acordo com a Associação de Assistência aos Presos Políticos, e um saldo entre dez ou doze mortes segundo as fontes locais, pelo menos até a repressão deste último sábado que causou mais de18 mortes e uma centenas de novos presos, segundo a BBC.

segunda-feira, 1 de março de 2021

BLOQUEIOS, RESTRIÇÕES, ISOLAMENTO SOCIAL E MÁSCARAS: BALANÇO DE UM ANO DO ROTUNDO FIASCO SANITÁRIO!

No ano passado, muitos países adotaram alguns métodos estranhos a ciência na contenção de viroses e doenças, incluindo bloqueios, isolamento social, lockdown e a necessidade de usar máscaras. Não surpreendentemente, o próximo passo natural nessa progressão foi o surgimento de um movimento internacionalmente conhecido como "ZeroCovid". Sua influência crescente é, talvez, previsível, visto que por quase um ano fomos inundados na mídia corporativa com as opiniões dos chamados “especialistas” que invocando a “ciência como uma religião” buscam legitimar sua visão míope do mundo de que a saúde pública é determinada apenas pela prevenção da Covid-19. Para estes senhores da pseudociência, nada mais existe , só a pandemia e seus mortos importa, chegam a suspender cirurgias e atendimento clínico, milhares de pessoas morrem por um número imenso de enfermidades não tratadas ou em estágio avançado de comprometimento, mas logo são “testados positivamente” e morrem com Covid.... desculpem morrem de Covid!

HÁ TREZE ANOS DA MORTE DE RAUL REYES: NOSSA HOMENAGEM AO COMANDANTE DAS FARC!

O comandante das FARC Raul Reyes foi morto em 1º de março de 2008 no nordeste do Equador em um ataque aéreo e terrestre a seu acampamento da guerrilha realizado pelo Exército da Colômbia, sob supervisão direta do Pentágono, na época comandado pelo Democrata Barack Obama.

MASSACRE ÀS FARC

(ARTIGO PUBLICADO NO SITE DA LBI EM 28/03/2008)

Nada mais cristalino do que os próprios fatos concretos da luta de classes para demonstrar na prática as reais posições da esquerda revisionista. Referimos-nos ao recente massacre de uma coluna de combatentes das FARC que se encontrava em território equatoriano. Como já era esperado o conjunto dos agrupamentos reformistas que apóiam os governos "nacionalistas" burgueses de Chávez e Rafael Correa, trataram de equacionar o conflito em termos de disputa política entre o fascista Uribe e os "bolivarianos" Chávez e Correa. Logo elegeram como foco central a questão nacional: "defesa do Equador" ou até mesmo "defender Venezuela e Equador" diante de uma possibilidade inexistente de guerra entre estes países e a Colômbia. Os mais exaltados clamaram aos governos da centro-esquerda burguesa o rompimento das relações diplomáticas com Uribe, sendo parcial e temporariamente atendidos.

STF COMPLETA 130 ANOS: BONAPARTISMO JUDICIÁRIO AVANÇA TENDO A SUPREMA CORTE COMO ÁRBITRO CENTRAL DAS DISPUTAS NAS ENTRANHAS DA REPÚBLICA BURGUESA

O ano de 2021 marca o 130° aniversário do Supremo Tribunal Federal (STF) no período republicano brasileiro. Neste domingo (28), a Suprema Corte fez uma publicação especial em suas redes sobre a data. “Trabalhamos e existimos pelo Brasil”. Assim o presidente do STF, ministro Luiz Fux, concluiu seu pronunciamento sobre os 130 anos de história republicana da Corte burguesa. Nessa data, em 1891, foi realizada a primeira sessão do STF, instaurado pela Constituição promulgada quatro dias antes. Na ocasião, o antigo Supremo Tribunal de Justiça do Império se tornou o Supremo Tribunal Federal, sediado no Rio de Janeiro. Depois de ter orquestrado o golpe parlamentar, prendido arbitrariamente Lula e facilitado a eleição fraudulenta do neofascista Bolsonaro, a operação jurídico-policial que assentou as bases do regime Bonapartista de exceção sob orientação do Departamento de Estado ianque deu lugar ao próprio STF que assumiu o papel de árbitro central das disputas interburguesas no âmbito do Judiciário.

USAR MÁSCARA PARA SEMPRE?... É O QUE APONTA A OMS EM SUA SANHA EM FAVOR DO TERROR SANITÁRIO. USO CONTÍNUO NÃO PROTEGE DA CONTAMINAÇÃO, PROVOCA MAIOR PROPAGAÇÃO DO CORONAVÍRUS E GERA SÉRIAS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

Mesmo após a suposta “imunização” pelas vacinas, a OMS orienta o uso de máscaras. Ou seja, a própria agência imperialista que é porta-voz dos grandes laboratórios farmacêuticos não acredita em sua eficácia, na medida que se uma pessoa está “imunizada” não precisaria mais se “proteger” com o uso de máscara e muito menos ser vetor de transmissão. Como tanto a vacina como a máscara não são eficazes, a orientação da OMS é usar a máscara para sempre! A OMS estima que a cobertura vacinal necessária para estabilizar e conter a pandemia seja de 80% da população, como isso vai demorar anos e as tais “cepas” vão mutando o vírus, esse prazo estende-se ao infinito!

100 ANOS DA REVOLTA CONTRARREVOLUCIONÁRIA DE KRONSTADT: BOLCHEVIQUES LUTAM EM DEFESA DA DITADURA DO PROLETARIADO 

Até hoje se vende a falsa ideia do Stalinismo ser a continuidade do Leninismo, apresentando como exemplo a repressão ao levante dos marinheiros de Kronstadt em março de 1921, decisão apoiada por Lenin e Trotsky. Particularmente acusa-se Trotsky por sufocar pessoalmente a revolta, o que seria uma prova de que a Ditadura do Proletariado era na verdade um instrumento de perseguição de uma casta burocrática contra os trabalhadores, sendo o Partido Bolchevique e particularmente sua direção revolucionária o germe de onde teria se originado naturalmente o Stalinismo. Trotsky sempre procurou estabelecer o conteúdo de classe das “movimentações antiburocráticas” na URSS, para determinar se eram progressivas, ou seja, rumo à revolução política, ou reacionárias, em direção à restauração capitalista, mesmo que inconscientemente. Ele próprio a frente do Exército Vermelho apoiou a repressão ao levante dos marinheiros de Kronstadt, que naquele momento, apesar dos reclamos “antiburocráticos”, jogavam objetivamente no campo do enfraquecimento do Estado operário soviético. Apoiar incondicionalmente qualquer mobilização, levante, ou panaceias que tenham slogans “antiburocráticos” contra a existência das bases sociais de um Estado operário significa jogar objetivamente no campo da contrarrevolução imperialista, como fizeram as correntes revisionistas diante da destruição contrarrevolucionária do Muro de Berlim e depois da restauração capitalista da URSS. Publicamos o texto de Trotsky voltado a analisar seu papel pessoal na repressão a Kronstad, em que polemiza não só com o anarquistas mas com os “democratas” que em nome da “defesa da liberdade” atacam o direito da Revolução Proletária de combater pela força das armas seus adversários internos e externos para preservar as conquistas sociais proletárias.

ALGO MAIS SOBRE A REPRESSÃO DE KRONSTADT

(Leon Trotsky, New International, Agosto de 1938)

Em meu recente artigo sobre Kronstadt tratei de traçar o problema sobre um plano político. Mas muito estão interessados na questão da “responsabilidade” pessoal. Souvarine, que de inativo marxista se converteu em exaltado adulador, assegura em seu livro sobre Stálin que em minha autobiografia conscientemente guardei silêncio sobre a rebelião de Kronstadt: “Há façanhas — diz sarcasticamente — das quais uma não alardeia”. Ciliga em seu livro “No País da Grande Mentira”, conta que na repressão de Kronstadt “mais de dez mil marinheiros” foram fuzilados por mim (duvido muito que a frota inteira do Báltico tivesse tal quantidade naquele momento). Outros críticos se expressam da seguinte forma: sim, a rebelião de Kronstadt tinha objetivamente um caráter contrarrevolucionário, mas porque Trotsky usou tais medidas repressivas, impiedosas, na pacificação e posteriormente?

domingo, 28 de fevereiro de 2021

ISRAEL TERRORISTA ATACA A CAPITAL DA SÍRIA: DAMASCO CONSEGUIU INTERCEPTAR A MAIORIA DOS MÍSSEIS! 

A mídia síria noticiou neste domingo que a Defesa Aérea do país, governado por Bashar Al Asssad, respondeu a uma "agressão israelense nas proximidades de Damasco" depois que uma explosão foi ouvida na capital. Israel frequentemente lança ataques aéreos contra o território sírio sob o pretexto de destruir alvos iranianos.A anterior "agressão israelense" repelida pelos sistemas de defesa aérea da Síria ocorreu recentemente em 15 de fevereiro.

LEIA A MAIS RECENTE EDIÇÃO DO JORNAL LUTA OPERÁRIA, Nº 359 FEVEREIRO/2021

HÁ 82 ANOS DE SUA MORTE: NADEZHDA KRUPSKAYA UM LEGADO DO FEMINISMO REVOLUCIONÁRIO, QUE É FRONTALMENTE OPOSTO AO IDENTITARISMO POLICLASSISTA

Reivindicar o papel fundamental das mulheres na Revolução Bolchevique de 1917 é uma tarefa que os Marxistas devem assumir devido às suas contribuições históricas na luta pela imposição da Ditadura do Proletariado. Passando pelo exílio e pela prisão, participando de reuniões clandestinas e lutando para derrubar um czar opressor, as revolucionárias russas são um exemplo de bravura e tenacidade da classe operária em seu conjunto. Por ocasião do 82º aniversário de sua morte, queremos resgatar a vida e o legado de Nadezhda Krúpskaya, uma combatente ativa da Revolução Russa no contexto do triunfo bolchevique contra o regime do Czar Nicolau II. Seu papel de companheira de Lenin transcendeu em muito na antiga URSS, assim ela se tornaria uma das principais promotoras do sistema educacional soviético.

sábado, 27 de fevereiro de 2021

QUANTO MORTAL É A COVID?

Por: Dr. Malcom Kendrick *

Passei grande parte da minha vida tentando desemaranhar dados e pesquisas médicas. A COVID19 há muito me “derrotou”. Não tenho conseguido entender as informações com as quais somos bombardeados diariamente pela mídia corporativa. Então, decidi voltar ao básico.

GOVERNADORES IMPÕEM TOQUE DE RECOLHER E LOCKDOWN: CONFINAMENTO SOCIAL NÃO DIMINUI A IMUNIDADE DAS PESSOAS E AINDA AUMENTA A CARGA VIRAL! RECHAÇAR O FASCISMO SANITÁRIO E AS MEDIDAS REPRESSIVAS CONTRA AS LIBERDADES DEMOCRÁTICAS!

      

Ao menos 12 estados e o Distrito Federal adotaram novas restrições de circulação de pessoas, de comércio e confinamento social, como toque de recolher e Lockdown, usando como pretexto conter o crescimento de casos e de mortes por Covid-19. O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), presidente do Fórum de Governadores, afirmou nesta sexta-feira (26) que os governos estaduais vão fazer um apelo ao Ministério da Saúde para que determine medidas restritivas em todo o país. Esta medida repressiva que atenta contra as liberdades democráticas está diretamente vinculada a exigência do Banco Mundial e do Fórum Econômico de Davos, para qual governos de todas as esferas só consigam escores positivos para a contração de empréstimos em organismos financeiros multilaterais, no caso de adotarem medidas duras de bloqueios e confinamento social, além de apresentarem estatísticas com altos índices de testagem e “mortes com Covid”, favor não confundir com mortes por Covid...

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

MENSAGEM DE ALERTA SOBRE A COVID-19: O CONFINAMENTO CONSTITUI UMA FRAUDE CIENTÍFICA SEM PRECEDENTES

Por: United Health Professionals

Somos profissionais de saúde do grupo internacional: United Health Professionals, formado por mais de 1.500 membros (incluindo professores médicos, médicos intensivistas e especialistas em doenças infecciosas) de diferentes países da Europa, África, América, Ásia e Oceania. Em 26 de fevereiro de 2020, enviamos uma mensagem de alerta aos governos e cidadãos de países ao redor do mundo sobre o surto de COVID.

PORQUE RECHAÇAMOS AS VACINAS TRANSGÊNICAS

Por: Convergencia Socialista (Argentina) *

Segundo cientistas que criticam as políticas da OMS e de grandes laboratórios, a maioria da população reage de forma eficaz contra a Covid-19, por meio de seu sistema imunológico. Para estes, as vacinas transgênicas não só significam um grande negócio, mas podem piorar o quadro clínico dos enfermos, já que não são fabricadas - como tradicionalmente - com material morto ou atenuado dos patógenos, mas utilizando material genético destes.

EUA BOMBARDEIAM INSTALAÇÕES NA SÍRIA: BIDEN DEBUTA SUA GERÊNCIA DO IMPERIALISMO IANQUE COMO CARNICEIRO DOS POVOS ÁRABES  

A Casa Branca e o Pentágono lançaram ataques aéreos no território Sírio, nesta quinta-feira (25/02). O bombardeio atingiu instalações militares próximas à fronteira com o Iraque. Os covardes ataques genocidas são a primeira ação militar do governo Democrata de Joe Biden, como o Blog da LBI já denunciava no final de janeiro que o ataque deveria ocorrer em breve. De acordo com o Pentágono, a justificativa da ação militar foi em retaliação a um ataque com foguetes no Iraque no início do mês, que matou um empreiteiro civil e feriu um membro do serviço militar dos EUA e outras tropas de coalizão imperialista. A operação da Casa Branca envia uma mensagem inequívoca: o Democrata Biden agirá energicamente para proteger os interesses imperialistas e de sua coalizão com o sionismo. “Agimos de maneira deliberada com o objetivo de diminuir a situação geral no leste da Síria e no Iraque”, declarou John Kirby, porta-voz do Pentágono, ao anunciar os ataques contra a Síria. O Observatório da Síria para Direitos Humanos afirmou que 17 combatentes morreram no ataque desta noite.

FEVEREIRO DE 1918: TROTSKY FUNDA O EXÉRCITO VERMELHO PARA DEFENDER AS CONQUISTAS DA REVOLUÇÃO DE OUTUBRO!

“O Exército Vermelho só podia nascer sobre uma base social e psicológica nova. A passividade, o espírito gregário e a submissão à natureza deram lugar, nas novas gerações, à audácia e ao culto da técnica”.

(A Revolução Traída, León Trotsky)

Com a vitória da Revolução de Outubro em 1917 os Bolcheviques implementaram as primeiras medidas para colocar em marcha a Ditadura do Proletariado. Após retirarem o país da Primeira Guerra Mundial, viram-se mergulhados em uma encarniçada Guerra Civil, onde os chamados exércitos brancos, apoiados pela intervenção estrangeira, colocaram o novo regime em situação bastante crítica. Nesse contexto, em 27 de fevereiro de 1918 foi oficialmente fundado o Exército Vermelho, com o objetivo de defender o novo poder soviético. 

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

LEIA A EDIÇÃO DO JORNAL LUTA OPERÁRIA, Nº 358, JANEIRO/2021

HÁ EXATOS 130 ANOS ATRÁS: A BURGUESIA NACIONAL PROCLAMOU SUA PRIMEIRA CONSTITUIÇÃO REPUBLICANA...

Neste dia, em 24 de fevereiro, de 1891, a Constituição da então República dos Estados Unidos do Brasil era promulgada, foi a segunda constituição da nação e primeira no sistema republicano de governo, marcando a transição da monarquia oligárquica “real”, para a república da burguesia brasileira. Logo após a Proclamação da República, a família real foi expulsa do Brasil e um Governo Provisório foi organizado. Era responsabilidade desse governo fazer a transição para o modelo burguês republicano, promovendo as principais mudanças necessárias para consolidar-se a democracia da nova elite governante. Os membros desse governo dividiam-se entre aqueles que defendiam um governo autoritário e aqueles que defendiam um governo liberal, com ênfase na garantia das liberdades individuais.

GREVE GERAL EM MIANMAR CONTRA O GOLPE: AS MASSAS NAS RUAS MOSTRAM O CAMINHO DE COMO LUTAR E VENCER!

As mobilizações acontecem todos os dias desde 1º de fevereiro, dia em que a Junta Militar decidiu ignorar o resultado das eleições que deram uma vitória esmagadora de cerca de 80% para a Liga Nacional pela Democracia. No último 22 de fevereiro, a mobilização se transformou em uma grande greve geral que paralisou o país. Centenas de milhares foram às ruas contra o golpe no que já são as maiores mobilizações em Mianmar desde 1988. Pelo menos 12 milhões de trabalhadores participaram da poderosa greve geral que aponta o caminho da ação direta das massas para derrotar o golpismo.

PEC DO “AUXÍLIO EMERGENCIAL”: UM ENGODO PARA QUEBRAR DIREITOS DOS TRABALHADORES, LIQUIDAR A SAÚDE E EDUCAÇÃO PÚBLICAS ALÉM DE TORNAR O GOVERNO NACIONAL COMPLETO REFÉM DOS RENTISTAS

A desvinculação dos gastos obrigatórios de Saúde e Educação determinada na PEC do Auxilio Emergencial costurada por Guedes e o Presidente do Senado, desagradou os governadores que orientaram os senadores que recuassem de aprovar o parecer atual com o fim do piso de gastos para as áreas. A chantagem para destravar a libertação do auxílio emergencial (250 ou 300 reais em 3 parcelas) faz parte de brutal ataque aos chamados “serviços públicos”, com a retirada de seus orçamentos obrigatórios, que resultaria na diminuição da verba para o FUNDEB, fundo da educação básica e do SUS, num contexto de pandemia, verbas bilionários que alimentam todas as cadeias de negócios e corrupção das oligarquias regionais. Por essa razão central e não pela “defesa do povo brasileiro” como apresenta a esquerda domesticada, diversos senadores se posicionaram contrários ao fim dos pisos de gastos com saúde e educação, sendo considerado "sepultado" antes mesmo da apresentação do relatório oficial pelo senador Marcio Bittar (MDB-AC).

10 ANOS DA FARSESCA “REVOLUÇÃO ÁRABE MADE IN USA” NO EGITO: TRANSIÇÃO ORDENADA PARIU ATUAL DITADURA ASSASSINA ALIADA DE ISRAEL E DO IMPERIALISMO

Exatamente há 10 anos estava em curso a chamada “Revolução Árabe” no Egito, saudada pelo conjunto da esquerda mundial como um verdadeiro “levante de massas” que traria “democracia” para o país e abriria caminho para o socialismo na terra dos Faraós. Naquele momento a LBI já caracterizou o processo em curso como uma transição política ordenada pelo imperialismo e burguesia nativa, enquanto o revisionismo com seu impressionismo vulgar apoiava acriticamente a “troca de regime” orquestrada nos bastidores pela Casa Branca, devido ao extremo desgaste de Hosni Mubarak, que acabou por renunciar em 11 de fevereiro de 2011.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

BARRAR A PRIVATIZAÇÃO DA EMPRESA ESTATAL QUE EMPREGA MAIS TRABALHADORES NO PAÍS: ORGANIZAR JÁ A GREVE GERAL POR TEMPO INDETERMINADO DOS TRABALHADORES ESTATAIS!

Tadeu Maia, carteiro do Rio Grande do Norte e militante da TRS

O gerente neofascista Jair Bolsonaro entregou nesta quarta-feira (24/02) ao Congresso Nacional o projeto neoliberal de lei que abre caminho para a privatização dos Correios. Bolsonaro foi ao prédio do Legislativo federal pela segunda vez em dois dias, acompanhado dos ministros Paulo Guedes (Economia) e Fábio Faria (Comunicações). Na terça passada, o presidente entregou aos parlamentares uma medida provisória que busca acelerar o processo de privatização da Eletrobras. É um processo privatista combinado para liquidar de uma só tacada, três grandes estatais: Petrobras, Eletrobrás e Correios. Segundo o texto divulgado pelo governo, o projeto prevê a transformação dos Correios, hoje 100% estatais, em uma sociedade de economia mista. A privatização dos Correios é uma das prioridades do Ministério da Economia. A estatal acumulou prejuízo de R$ 3,943 bilhões entre 2013 e 2016, mas desde 2017 vem registrando resultados positivos nos balanços anuais, portanto passou a ser muito cobiçada por corporações internacionais de transporte de cargas e mercadorias.

GOVERNADORES DO PT ABREM O CAMINHO PARA O REAÇA DÓRIA DECRETAR TOQUE DE RECOLHER "MEIA BOCA" EM SÃO PAULO: DIREITA NEOLIBERAL E ESQUERDA DOMESTICADA DE MÃOS DADAS NA IMPOSIÇÃO DO FASCISMO SANITÁRIO QUE ATACA OS DIREITOS DEMOCRÁTICOS DOS TRABALHADORES

O governador de São Paulo, o reaça João Dória, determinou o toque de recolher "meia boca" com a restrição de circulação das 23h às 5h em todo o estado. O tucano usou a medida inaugurada pelos governadores petistas para fazer cópia "light" da restrição ao direito de ir e vir da população. A regra entra em vigor a partir desta sexta-feira (26) e vale até 14 de março. O cumprimento da restrição de circulação deve ser fiscalizado por uma força-tarefa comandada pela Polícia Militar. O tucano declarou que “Dado o fato de que chegamos a um recorde de internados com Covid-19 no sistema hospitalar, o governo de São Paulo, atendendo expressa recomendação do centro de contingência, decreta restrição de circulação de pessoas das 23h às 5h em todo o estado”. Essa medida arbitrária seria a forma de conter o avanço da “segunda onda” do coronavírus e evitar o colapso do sistema de saúde, uma falácia completa para justificar uma “repressão sanitária” sem precedentes históricos. O toque de recolher trata-se de uma medida absolutamente inútil pela ineficácia sanitária da sua implementação. Está demonstrado cientificamente que a melhor forma de enfraquecer o ciclo viral é justamente pela circulação das pessoas, obtendo desta forma a imunidade coletiva. Uma forma de obter uma “vacina natural”, utilizada em todos as epidemias virais do planeta, até o momento que a OMS resolveu seguir outro protocolo: o dos grandes laboratórios da Big Pharma e incrementar o negócio trilionário da vacina.

EXIGÊNCIAS DA PZIFER AO BRASIL PARA VENDER SUA VACINA SÃO HUMILHANTES PARA QUALQUER RESQUÍCIO DE SOBERANIA NACIONAL: ESQUERDA REFORMISTA APOIA A CORPORAÇÃO IMPERIALISTA CONTRA O POVO BRASILEIRO

Vergonhosa a posição da esquerda domesticada diante das corporações da Big Pharma, chegam a apoiar as humilhantes imposições da Pzifer contra o povo brasileiro, para disponibilizar a venda da primeira versão de sua vacina ao nosso país. Nesta terça-feira (23), a vacina da Pfizer/BioNTech teve o registro definitivo aceito pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Apesar disso, ainda não houve compras do imunizante realizadas pelo governo brasileiro, que não concorda com o abusivo contrato oferecido pela corporação farmacêutica imperialista.

APÓS A “INTERVENÇÃO” NA PETROBRAS: BOLSONARO AGILIZA A PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS 

Como afirmamos em artigo anterior, o verdadeiro objetivo de Bolsonaro na chamada “intervenção na Petrobrás” era provocar a queda do valor das cotações de mercado das empresas estatais, para facilitar a privatização, não demorou muito para o prognóstico se confirmar. O gerente neofascista entregou ao Congresso Nacional, nesta terça-feira (23/02), a Medida Provisória (MP 1.031/2021) para acelerar a privatização da Eletrobrás, considerada uma das mais valiosas “joias da coroa”, a maior geradora de energia elétrica da América Latina, com suas subsidiárias Furnas, Chesf e Eletronorte.