sexta-feira, 27 de novembro de 2020

NÃO FOI SÓ UM ACIDENTE: 41 MORTOS EM UMA COLISÃO CRIMINOSA.VIDAS OPERÁRIAS IMPORTAM! 


Na manhã desta última quarta-feira (25/11) um trágico “acidente”entre um ônibus clandestino de transporte de operários e um caminhão deixou ao menos 41 pessoas mortas e outras tantas feridas. A colisão ocorreu na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, entre Taguaí e Taquarituba, no interior de São Paulo. O ônibus clandestino era operado pela empresa “Star Turismo” transportava operários de uma empresa têxtil, a Stattus Jeans Indústria e Comercio Ltda, que até o momento não assumiu a responsabilidade por ter contratado uma companhia de transporte ilegal e sem condições de um trânsito com segurança.

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

ÍNDIA NO CENTRO DA CRISE: MILHÕES DE TRABALHADORES REALIZAM GREVE GERAL DE ADVERTÊNCIA CONTRA O “AJUSTE” FINANCEIRO E A REPRESSÃO SANITÁRIA 

Dezenas de milhões de trabalhadores em toda a Índia participarão de uma greve geral de um dia hoje (25/11) para protestar contra as políticas de “ajuste” financeiro do governo de extrema direita do Partido Bharatiya Janata (BJP), liderado por Narendra Modi. Austeridade, privatização, promoção de legislação para a redução de empregos e a destruição do sistema de saúde pública, além das restrições draconianas as liberdades democráticas (em nome da proteção sanitária) foram o móvel político da plataforma grevista.

MARADONA: LEGADO DE GENIALIDADE AO “FUTEBOL ARTE” E UM CRAQUE ENGAJADO NA LUTA ANTI-IMPERIALISTA

Nos deixou ontem o grande "el pibe de oro",  Diego Maradona. Além de sua genialidade como jogador de futebol, Maradona também foi extraordinário por suas posições progressistas e anti-imperialistas como a defesa de Cuba e da Venezuela, na luta pela unidade dos povos latino-americanos frente à opressão imperial dos EUA e da Europa. Como já salientamos no artigo anterior, Maradona não era propriamente um revolucionário, mas sua conduta política sempre o colocou no campo da esquerda, o distinguiu substancialmente de muitos jogadores de futebol, mercenários, que via de regra, são alienados e/ou cooptados, colaborando incondicional e acriticamente com os interesses dos bandos capitalistas e imperialistas.

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

MRT “EMBAIXO DA CAMA” EM SÃO PAULO: NÃO APOIAM BOULOS E TAMBÉM NÃO VOTAM NULO... SE ESCONDEM EM CASA COMO A PANDEMIA RECOMENDA...PORQUE FICAR “EM CIMA DO MURO” É MUITO PERIGOSO...  


Quem visita o site Esquerda Diário do MRT sai com uma dúvida insolúvel: qual sua posição eleitoral na disputa municipal de São Paulo? O grupo revisionista satélite do PTS argentino não defende o Voto Nulo na capital paulista mas também não apoia Boulos, “muito pelo contrário”, escolheu mais uma vez adotar a política de “avestruz”, ou melhor, ficar “em casa embaixo da cama”, seguindo as ordens da OMS domesticados pelo terror sanitário orquestrado com a Pandemia. Não se trata de exagero, ninguém sabe a posição pública eleitoral do MRT às vésperas do 2º turno em São Paulo, na disputa entre Boulos (PSOL) e Covas (PSDB). Nos seus textos dizem apenas que não apoiam a “Frente Ampla” burguesa encabeçada pelo PSOL, integrada por PT, PCdoB, PSTU, PDT, Rede, PCB, UP e PSB: “Estamos juntos a todos os que querem enfrentar o regime do golpe institucional e seus agentes diretos, como Bruno Covas. Mas precisamos lutar contra o regime do golpe institucional e todos os partidos políticos que o defendem. Não podemos apoiar politicamente uma frente com partidos burgueses e golpistas que aprovam e aplicam esses ataques, e que aplaudem o autoritarismo judiciário”.

MARADONA MORRE NO MESMO DIA DE FIDEL: ESTE 25 DE NOVEMBRO MARCA O ADEUS AO REBELDE CRAQUE ANTI-IMPERIALISTA 

Neste 25 de novembro, o magistral e lendário craque futebolista, Diego Armando Maradona, sofreu uma parada cardiorrespiratória após ter sido operado de hematoma subdural, na casa do Tigre onde se instalou após a operação. Segundo relatos, ele sofreu descompensação após enfraquecer com a intervenção cirúrgica. Sua saúde estava delicada devido a doenças já enraizadas após uma vida agitada de “acertos e descaminhos”. Em uma trajetória marcada pela genialidade em campo e pelas polêmicas fora dele, o ex-jogador atuou pela seleção da Argentina em 91 jogos e jogou quatro Copas do Mundo: 1982, 1986, 1990 e 1994. Na última destas edições, nos EUA, viveu um dos piores momentos de sua carreira, quando foi pego no exame antidoping ainda na primeira fase da competição. Há uma grande comoção mundial com a notícia e uma grande tristeza em amplos setores da população na Argentina, no último dia 30 de outubro Maradona completou 60 anos.

4 ANOS DA MORTE DE FIDEL CASTRO: TROTSKISTAS DEFENDEM O ESTADO OPERÁRIO CUBANO CONTRA O IMPERIALISMO IANQUE, COMBATENDO O CARNICEIRO "DEMOCRATA" BIDEN E CONSTRUINDO UMA ALTERNATIVA A BUROCRACIA STALINISTA ATRAVÉS DA REVOLUÇÃO POLÍTICA! 

Há exatos 4 anos, na noite de 25 de novembro de 2016, morria o comandante Fidel Castro, dirigente máximo da revolução social Cubana. Ele tinha completado 90 anos em agosto daquele ano. Uma história de combate anticapitalista marca a vida do velho comandante, que já não está fisicamente entre nós, mas que aos 32 anos dirigiu ao lado de Che Guevara a Revolução Cubana vitoriosa em 1959. Compreendemos que a melhor forma de defender as conquistas da revolução neste momento difícil é reforçando o chamado a derrotar o imperialismo em nível mundial e não a estabelecer com a Casa Branca e a Igreja Católica uma política de “coexistência pacífica”, muito menos depositar alguma ilusão no futuro governo do carniceiro "Democrata" Biden. 

USO DE MÁSCARAS POR TEMPO PROLONGADO E SEM QUALQUER CONTROLE HIGIÊNICO: O QUE DIZ A CIÊNCIA, EVITA OU PROPAGA AINDA MAIS O VÍRUS?

O uso de máscaras em locais públicos é obrigatório na grande maioria dos países há meses do estabelecimento da pandemia. A orientação foi dada pela cúpula da OMS, logo após mudar a posição inicial contrária a obrigatoriedade das máscaras para a população em geral. As máscaras cirúrgicas foram recomendadas, segundo seus mais especializados fabricantes para conter e proteger pessoas debilitadas e pessoal de saúde da contaminação de bactérias, muito mais “pesadas” do que os patógenos aerosólicos, como o coronavírus. A “3M” uma das maiores fabricantes de máscaras, adverte que seu melhor produto, a N95, não é capaz de bloquear a entrada de vírus no sistema respiratório humano, além de afirmar que as máscaras devem ser trocadas no máximo a cada duas horas, sob pena de perderem totalmente sua eficiência. Porém o uso contínuo e massivo por milhões e milhões de pessoas no mundo, de máscaras de qualquer tipo e sem o menor critério higiênico (a orientação atual é simplesmente usar uma máscara sem nenhuma outra recomendação) coloca em xeque a recomendação atual da OMS, reproduzida religiosamente pela mídia corporativa como a “verdadeira ciência”. A “tese científica” da governança global é que usando qualquer máscara a propagação do coronavírus seria interrompida.

terça-feira, 24 de novembro de 2020

PSTU NO 2º TURNO: “SAMBA DO MORENISTA DOIDO”...  APOIA MANUELA (PCdoB) E BOULOS (PSOL), REFORÇANDO A FRENTE AMPLA E NEGA VOTO EM MARÍLIA ARRAES (PT) 

Desde que o PSTU apoiou Haddad (PT) no 2º turno das eleições presidenciais de 2018, após ter comemorado o golpe institucional contra Dilma em 2016 sua política tem como marca o “zig-zag” oportunista, carente de qualquer coerência, o que acaba desmoralizando sua militância. Após dizer que não havia “onda conservadora” e tampouco “perigo da ascensão do fascismo” no Brasil, o PSTU apoiou a Frente Popular em nome de “derrotar o projeto de ditadura de Bolsonaro” no 2º turno. Agora o “samba do Morenista doido” se repete mais uma vez, com elementos ainda maiores de completa esquizofrenia. Neste 2º turno das eleições municipais o PSTU apoia eleitoralmente Manuela (PCdoB) em Porto Alegre e Boulos (PSOL) em São Paulo, reforçando a “frente ampla” sob a alegação da necessidade de “derrotar a direita”. Entretanto em Recife chama a Votar Nulo na disputa acirrada entre Marília Arraes (PT) com a reacionária Oligarquia Campos (PSB), cujo candidato (João Campos) inclusive apoiou o tucano Aécio Neves (PSDB) nas eleições presidenciais de 2014.

MILHARES NAS RUAS DO CHILE: EXIGEM DE PINĒRA O DIREITO DE RETIRAR UMA PARCELA DO FUNDO PREVIDENCIÁRIO

Milhares de manifestantes se reuniram em frente à sede do governo chileno, o Palácio La Moneda, interrompendo o trânsito e protestando contra o presidente neofascista Sebastián Piñera, que tenta impedir o avanço do projeto de segunda aposentadoria antecipada por conta da crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus. A multitudinária  manifestação ocorreu devido ao descontentamento da população com a decisão de Piñera de bloquear o projeto de oposição burguesa que permitiria uma “segunda retirada” antecipada do fundo de pensão, pedindo ao Tribunal Constitucional que declare a iniciativa inconstitucional. Este projeto reformista, que não alterava o caráter privatista do regime previdenciário chileno, foi apresentado com o objetivo de atenuar a grave situação econômica das famílias proletárias, produto da crise capitalista que assola o país. Uma primeira retirada financeira do fundo de pensão foi aprovada no final de julho, a qual  mais de 9 milhões de chilenos (cerca da metade da população do país) utilizaram o recurso.

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

57 ANOS DO ASSASSINATO DE KENNEDY PELA CIA: ATÉ HOJE O DEEP STATE NEGA QUALQUER ENVOLVIMENTO AFIRMANDO QUE “ISSO É INVENÇÃO DOS CONSPIRANÓICOS”...


Teoria da conspiração, o termo é de uso frequente hoje, em plena pandemia, principalmente pela esquerda reformista domesticada que “comprou” a versão oficial da CIA afirmando que o Deep State só existe na cabeça dos ”loucos conspiranóicos”. Esta esquerda embriagada pela crença nas instituições republicanas, sequer tem conhecimento que o próprio jargão “Teoria da Conspiração” foi plantada pela própria CIA para ridicularizar os que ousaram denunciar suas operações terroristas ao longo da história. O termo é fartamente abundante durante o discurso oficial sobre a origem da pandemia do coronavírus, à medida que muitas vozes científicas estão se levantando para debater questões em torno de alguns “movimentos extraordinários” nunca antes vistos na história, sendo realizados pela governança global do capital financeiro para fazer cumprir a narrativa do isolamento social e do medo. O termo serve também como um ‘impedidor de pensamento’, muito útil aos charlatães da OMS. Assim que você for rotulado de ‘teórico da conspiração’, mesmo antes de ter a chance de apresentar uma tese divergente ao “grande público”, a mídia corporativa (com a cobertura da esquerda domesticada) logo desenvolverá imediatamente uma atitude de desconfiança e marginalização em relação a sua corrente de pensamento, associando suas colocações críticas a grupos de lunáticos de extrema direita, criados pela própria CIA. Entretanto as grandes conspirações não existem apenas na clandestinidade, ou no sub mundo da segurança, na verdade é um conceito da própria dinâmica estrutural do Estado capitalista para manter o status quo da dominação. Está em uso sistêmico por governos burgueses determinados a cumprir uma meta desejada que pode ser difícil de ter a “aprovação social”. Além do mais, o conceito marxista de poder estatal de classe, desempenha um papel substancial em subverter uma conspiração "para o bem público", é o caso que estamos atravessando com os “conselhos e determinações” da OMS.

BIDEN ESCOLHE ANTONY BLINKEN, UM “FALCÃO DEMOCRATA”, COMO FUTURO SECRETÁRIO DE ESTADO DOS EUA: ESQUERDA REFORMISTA APOIA OS SENHORES DA GUERRA DO IMPERIALISMO IANQUE

Antony Blinken, escolhido como futuro Secretário de Estado de Biden, é um “falcão guerreirista”, entusiasta de intervenções militares, assim como os nomes cotados para o Pentágono. Não apenas defenderam as guerras do Iraque e do Líbia, como também a necessidade de intervir na Síria, que não foi concretizada por Trump. Os “Imperialistas humanitários” como Biden, Obama, Blinken escondem em sua biografia mais envolvimentos com guerras do que se pode imaginar. 

LIBERDADE IMEDIATA DOS PRESOS POLÍTICOS NA GUATEMALA! TODO APOIO A REBELIÃO POPULAR PARA COLOCAR ABAIXO O GOVERNO GIAMMATTE, SEU AJUSTE NEOLIBERAL E O REGIME CAPACHO DO IMPERIALISMO!

A tomada e o incêndio do parlamento da Guatemala resultaram em 42 presos políticos, que o governo e a justiça burguesa acusam de “terrorismo”. O ministro do Interior, Gendri Reyes, classificou os "terroristas que atentam contra a ordem pública" burguesa. O governo busca vingança e bodes expiatórios, ordenando o indiciamento dos crimes mais graves dos lutadores sociais detidos, como "ataque" e anunciou neste domingo que invoca a Carta Democrática da Organização dos Estados Americanos (OEA), o ministério das colônias ianques, “em face dos gravíssimos acontecimentos ocorridos nos últimos dias”, ou seja, deseja o apoio do imperialismo ianque e seus satélites para deter a rebelião popular. 

domingo, 22 de novembro de 2020

22 DE NOVEMBRO DE 1910: A REVOLTA DA CHIBATA COMO EXPRESSÃO DA LUTA DOS TRABALHADORES NEGROS CONTRA A EXPLORAÇÃO CAPITALISTA

Publicamos em comemoração da Revolta da Chibata o artigo elaborado pela LBI em 2010, quando o levante dos marinheiros negros completou 100 anos. O debate sobre a luta dos explorados negros dentro da sociedade de classe brasileira está mais vivo do que nunca, na medida que a burguesia ataca e explora o conjunto da classe, em especial os trabalhadores negros que são também alvo de racismo. Entretanto, os Marxistas Revolucionários compreendem esse combate como parte da luta da classe trabalhadora contra os capitalistas, para liquidar o modo de produção burguês na senda da Ditadura do Proletariado e não “apenas” como uma questão de raça ou cor. Nesse sentido, nos opomos pelo vértice a ideologia pequeno-burguesa do “empoderamento negro” dentro do capitalismo e como forma de “democratizar” as instituições senis deste regime político, como vem apregoando a esmagadora maioria da “esquerda” reformista e mesmo aqueles que se proclamam revolucionários. Os trabalhadores negros, ao lado de seus irmãos de classe brancos, mestiços e dos povos originários (“índios”) devem unir-se por seus interesses históricos e imediatos, que não estão limitados a questão da raça e da cor mas sim aos seus objetivos estratégicos socialistas enquanto trabalhadores e oprimidos pela classe dominante. 

100 ANOS DA REVOLTA DA CHIBATA: HERÓICA BATALHA DOS MARINHEIROS NEGROS DESNUDA INCAPACIDADE DA REPÚBLICA BURGUESA DE LIQUIDAR A ESCRAVIDÃO MODERNA 

(ARTIGO PUBLICADO PELA LBI 18/11/2010)

A Revolta da Chibata, insurreição dos marinheiros liderada por João Cândido completa cem anos neste 22 de novembro. Ao contrário da maioria dos levantes militares ocorridos durante a chamada República Velha (1889-1930), fruto das disputas políticas entre as frações oligárquicas ou dos anseios pequeno-burgueses do movimento tenentista, a revolta dos marinheiros em 1910 refletiu a luta das massas oprimidas pelo regime de exploração capitalista erguido sobre as estruturas remanescentes do período escravista, o latifúndio e a produção agrícola voltada para a exportação, herança de um país submetido à condição de semicolônia do imperialismo.

PARAGUAI URGENTE: EXÉRCITO DO REACIONÁRIO PRESIDENTE BENÍTEZ ASSASSINA TRÊS GUERRILHEIROS DO EPP

Um forte confronto armado deixou ao menos três mortos entre os departamentos de Amambay e Concepición a aproximadamente 50 quilômetros de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha a sul-mato-grossense Ponta Porã, na fronteira entre Brasil e Paraguai. Segundo as primeiras informações da mídia local o confronto teria ocorrido entre o CODI (Comando de Operações de Defesa Interna) e o EPP (Exército do Povo Paraguaio). Todos os mortos seriam integrantes do EPP. Os três dirigentes do Exército do Povo Paraguaio que morreram nesta última sexta-feira (20/11) no confronto com o exército estavam localizados onde os guerrilheiros mantêm preso o ex-vice-presidente Óscar Denis, capturado desde setembro.

sábado, 21 de novembro de 2020

GUATEMALA EM CHAMAS DA MOBILIZAÇÃO: MANIFESTANTES ATEIAM FOGO NO CONGRESSO CONTRA O “AJUSTE” NEOLIBERAL

Milhares de manifestantes invadiram neste sábado (21/11) o Congresso Nacional da Guatemala e queimaram parte do prédio, em meio aos crescentes e massivos protestos contra o governo neoliberal, após a aprovação de um orçamento que corta drasticamente gastos públicos em educação e saúde. A manifestação reuniu cerca de 7 mil pessoas em frente ao Palácio Nacional na Cidade da Guatemala, que gritavam palavras de ordem e mostravam cartazes com mensagens contra o orçamento recém-aprovado pelo governo neoliberal do presidente Alejandro Giammattei. Os atos começaram “pacíficos”, seguindo a orientação da direção reformista, mas a situação se radicalizou depois que alguns manifestantes conseguiram entrar na sede do Parlamento e atearam fogo no local, como um símbolo da rebelião popular que cruza o país.

PSTU NA “FRENTE AMPLA”: MORENISTAS EMBARCAM NO APOIO AS CANDIDATURAS DE BOULOS (PSOL), MANUELA (PCDOB), MARÍLIA (PT)... NO MOMENTO EM QUE A FRENTE POPULAR REBAIXA AINDA MAIS SEU PROGRAMA PARA AGRADAR A BURGUESIA

O PSTU, grupo que se reivindica trotskista e no 1º turno desta eleição municipal pontuou a inutilidade política das candidaturas do PT, PCdoB e PSOL diante da ofensiva reacionária e neoliberal, acaba de anunciar o apoio Boulos e Edmilson (PSOL), Manuela D'Ávila (PCdoB) e Marília Arraes (PT) neste 2º turno. Com essa decisão integra-se a chamada “frente ampla democrática” junto com o PDT de Ciro Gomes e a Rede de Marina Silva, um arco político de colaboração de classes do qual participam também setores do golpista PSB, o PCB e a UP. 

sexta-feira, 20 de novembro de 2020

LBI PARTICIPA DAS MANIFESTAÇÕES CONTRA A EMPRESA IMPERIALSITA E RACISTA: EXPROPRIAR E EXPULSAR O CARREFOUR NO BRASIL!

Ocorreram hoje, dia da Consciência Negra (20.11), em todo o país atos de repudio contra o assassinato racista perpetrado pela multinacional Carrefour contra a vida de João Alberto Freitas, o “Nego Beto” em Porto Alegre. Em São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Fortaleza ativistas se concentram no supermercado da rede francesa e protestaram contra a repressão e o racismo. A LBI se fez presente nestas manifestações, intervindo no sentido de lutar pela expropriação e expulsão empresa imperialista do Brasil.

Centenas de ativistas protestaram contra a política de genocídio do povo negro pelo Estado burguês e as empresas capitalistas. Em marcha no interior do estabelecimento, foi denunciado a política de perseguição aos explorados pelos grandes grupos econômicos que caçam os “consumidores” pobres e marginalizados que não fazem o perfil social “aceitável” pelos supermercados.

A manifestação vinculou o assassinato do “Nego Bento” a ofensiva reacionária que vem se impondo no país, como parte do ataque do governo Bolsonaro as conquistas dos trabalhadores. A militância da LBI interviu nas atividades afirmando a necessidade de organizar comitês de autodefesa para barrar a sanha assassina do capital contra os trabalhadores e povo pobre!

É preciso mobilizar as massas oprimidas na luta pela expropriação desta empresa imperialista e segregacionista! Expulsão e expropriação desta multinacional (Carrefour) do Brasil! Combater pelo poder operário para liquidar o racismo e seu Regime de opressão contra o povo pobre e negro!


CARREFOUR ASSASSINA COVARDEMENTE JOÃO FREITAS: VINGAR A MORTE DO IRMÃO NEGRO COM A EXPROPRIAÇÃO DA MULTINACIONAL RACISTA! ORGANIZAR A MOBILIZAÇÃO PARA IMPOR UMA DERROTA AOS CAPITALISTAS E SUA POLÍCIA SEGREGACIONISTA!

O covarde assassinato de João Freitas, um homem negro de 40 anos, cometido por policiais militares e seguranças privados, ocorreu no Carrefour na zona norte de Porto Alegre, no bairro Passo D’areia. João Alberto Silveira Freitas fazia compras com sua esposa no supermercado, houve uma discussão com uma funcionária da rede multinacional (fiscal de caixa) que chamou o segurança da empresa. Um PM foi acionado também, que supostamente estaria fazendo compras, e ajuda o segurança a matar João, arrastando-o para fora do Carrefour para o brutal espancamento que finalizou com sua morte. Uma ambulância pública foi chamada tentando inutilmente reanimar João, mas não obteve sucesso, ele já estava morto. Os seguranças e o PM aguardaram a chegada da ambulância em cima do cadáver de João , foram detidos em flagrante por homicídio qualificado. João Alberto Freitas era popularmente chamado de “Nego Beto” pelos seus amigos, além de ser uma figura bastante querida e admirada por toda sua comunidade. Sua morte não poderá ficar impune, com um simples processo administrativo e judicial que resultará mais uma vez na impunidade de seus verdadeiros assassinos: A multinacional racista Carrefour! É preciso mobilizar as massas oprimidas na luta pela expropriação desta empresa imperialista e segregacionista! Os seguranças e policiais que assassinaram nosso irmão, seguem às ordens da corporação capitalista, que tem em sua “plataforma ideológica” a defesa do escravismo como fonte da acumulação originária do atual modo de produção. Expulsão e expropriação desta multinacional (Carrefour) do Brasil! Combater pelo poder operário para liquidar o racismo e seu Regime de opressão contra o povo pobre e negro!

MARXISMO E A “CONSCIÊNCIA NEGRA”: GRANDES EMPRESAS APOIAM O “BLACK LIVES MATTER” POR SEU LIMITE POLÍTICO “IDENTITÁRIO” E POLICLASSISTA QUE BLOQUEIA A LUTA REVOLUCIONÁRIA CONTRA O CAPITALISMO 

Enquanto as tensões aumentavam nos Estados Unidos após o joelho de um policial branco ter pressionado o pescoço e sufocado George Floyd até a morte, os manifestantes receberam um apoio “inesperado”: grandes empresas capitalistas. Nike, Twitter e Citigroup se alinharam ao movimento Black Lives Matter (BLM). A Netflix postou na sua conta no Twitter: “Ficar em silêncio é ser cúmplice. Vidas negras são importantes. Temos uma plataforma e temos o dever de divulgar nossos membros, funcionários, criadores e talentos negros.”. A Reebok disse em uma mensagem à “comunidade negra” que “está em solidariedade com você”, dizendo aos seus seguidores nas redes sociais: “Não estamos pedindo para você comprar nossos tênis. Pedimos para você andar para onde quiser”. As marcas da Warner, incluindo HBO, TBS e a recém-lançada HBO Max, mudaram seus nomes no Twitter para #BlackLivesMatter com uma citação do romancista negro James Baldwin: “Nem amor nem terror nos cegam: a indiferença nos cega”. A hashtag também apareceu em posts de redes varejistas como Nordstrom, a sorveteira Ben & Jerry’s e redes sociais como TikTok. Não por coincidência, todas essas grandes empresas capitalistas, além do conglomerado da mídia ianque apoiaram o “democrata” Biden, cuja candidatura foi sustentada pela maioria das direções antirracistas no EUA ligadas ao BLM. 

PANDEMIA ARRASTARÁ 130 MILHÕES DE PESSOAS PARA A EXTREMA POBREZA: NOVA ORDEM MUNDIAL BASEADA NA MISÉRIA, NO TERROR SANITÁRIO E NA GOVERNANÇA GLOBAL DO CAPITAL FINANCEIRO   


A pandemia de Covid-19 e a crise econômica provocada pela doença farão com que mais 130 milhões passem a viver em extrema pobreza em 2020 e 2021, o que resultaria no primeiro aumento, desde 1998, da porcentagem da população mundial que vive nestas condições, segundo relatório da “insuspeita” ONU divulgado na quinta-feira, 19. Segundo reconhece esse "covil de bandidos" como qualificou Lenin, os capitalistas ligados ao rentismo do cassino financeiro, aos grandes laboratórios farmacêuticos, ao setor armamentista e de novas tecnologias de comércio-informação foram por sua vez os mais beneficiados no período. Ao mesmo tempo, o surto fabricado de covid-19 acentuou drasticamente as desigualdades sociais e aumenta a pobreza no mundo capitalista, seja nas metrópoles ou nas semicolônias.

quinta-feira, 19 de novembro de 2020

DEBATE NA BAND: BOULOS O “BOM GESTOR” DA BURGUESIA DEFENDE MAIS REPRESSÃO DA PM E GUARDA MUNICIPAL CONTRA O POVO

O debate televisivo da BAND realizado entre os dois candidatos a prefeito de São Paulo, na noite desta quinta-feira (19/11), teve uma particularidade política “inusitada”, foi o postulante do PSOL, Guilherme Boulos, quem defendeu as ações repressivas da Polícia Militar e Guarda Civil Metropolitana, acusando o candidato bolsotucano, Bruno Covas, de: “desmontar a PM e GCM”. Para os Marxistas Revolucionários não foi propriamente uma surpresa a posição assumida de Boulos, já que seu partido o PSOL vem se apresentando onde disputa o segundo turno, como o melhor gestor da ordem do Estado burguês, mesmo que seja no plano municipal.

“OCUPA POLÍTICA”: A “ENTIDADE” DE GEORGE SOROS QUE FINANCIOU OS IDENTITARISTAS DA ESQUERDA REFORMISTA NO BRASIL

Uma associação aparentemente contraditória entre um bilionário capitalista (maior rentista do planeta e membro emérito do Deep State dos EUA) com correntes da esquerda reformista desperta a seguinte pergunta: por quê um mega especulador do mercado financeiro mundial decidiu financiar grupos de esquerda revisionista, em particular os que abraçaram a causa do identitarismo? Para responder esta questão, primeiro vamos a uma breve regressão. Em 2016, tivemos um fato marcante que veio a tona porém com pouco destaque na mídia corporativa, o vazamento de informações da Fundação do bilionário George Soros, a “Open Society Foundation”, relatando a doação de milhares de dólares para organizações da esquerda que abraçassem as novas pautas das minorias étnicas, feministas e da ecologia. Trinta e dois bilhões de dólares da Fundação impulsionada por Soros, o que não é exatamente uma quantia modesta, foi destinada para projetar e eleger lideranças identitárias, consideradas da esquerda ou mesmo somente progressista. O objetivo do grupo de grandes capitalistas liderados por Soros, era exatamente desviar a esquerda do confronto direto entre as classes, criando as pautas identitárias desvinculadas da luta revolucionária da classe operária. Soros financiou uma ampla rede mundial desde organismo da mídia “independente”, jovens lideranças da esquerda e até correntes organizadas originárias do marxismo leninismo. No Brasil, seguindo orientações “técnicas” de burgueses como Paulo Lemann, mecenas da plataforma “RenovaBR”, Soros que foi um dos patrocinadores do site “Intercept”, criou o “Ocupa Política”, voltada prioritariamente para novas lideranças do PSOL. Soros já tinha apostado suas fichas no Brasil em 2016, antes de impulsionar formalmente o “Ocupa”, no financiamento da campanha do então vereador Davi Miranda (hoje deputado federal pelo PSOL), marido do seu amigo pessoal Glenn Greenwald. Após criar a espécie de ONG do século XXI, “Ocupa Política”, Soros já conta com uma bancada de 17 parlamentares, com viés de muita alta política no encerramento deste pleito municipal de 2020. Até aqui sem grandes novidades, mas quando uma corrente política de esquerda como a Resistência, que até 4 anos atrás integrava a LIT, resolve aceitar a “força” da Fundação Soros (na forma do Ocupa), na certeza da eleição de uma dezena de vereadores, é sinal que o revisionismo do Programa de Transição já ultrapassou todas as fronteiras de classe.

NOS 53 ANOS DE SUA MORTE, GUIMARÃES ROSA EM DEBATE: CONSERVADOR OU VANGUARDISTA, REACIONÁRIO OU PROGRESSISTA?

Neste dia 19 de novembro se completam o aniversário de 53 anos da morte do genial e polêmico Guimarães Rosa, um “revolucionário” na sua estética literária para muitos, porém para outros um reacionário escritor que ressaltava os aspectos mais conservadores do nosso povo. Começaremos por “desfiar” a tese de “separar o artista da obra”, que já não é algo tão simples. Na obra estão a alma, a essência e a vivência do artista, ou seja, uma separação completa é impossível, a criação não nasceu do “vazio absoluto”, ela carrega algo pessoal daquele que a plasmou. É óbvio que para uma interpretação marxista não é algo errado estabelecer ou que estejamos desencorajando um debate sobre posições divergentes, as ideias estão no mundo para serem usadas e também pertencem àqueles que as recebem e interpretam. Mas há um limite, uma barreira filosófica presente na presença do artista na obra. Há um ponto extremo que podemos chegar utilizando a dialética na sua forma mais violentamente contraditória.

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

OBAMA ATACA LULA: “FALCÃO NEGRO” PATROCINOU A LAVA JATO, O GOLPE CONTRA DILMA E A DESTRUIÇÃO DA LÍBIA... MAS O LÍDER PETISTA CELEBROU A ELEIÇÃO FRAUDADA DE BIDEN COMO A VITÓRIA DA “CIVILIZAÇÃO CONTRA A BARBÁRIE”

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama voltou a fazer críticas ao ex-presidente Lula, numa entrevista concedida à Folha de S.Paulo por conta do lançamento mundial de seu livro, “Uma Terra Prometida”, que ocorreu nesta terça-feira (17): “Como escrevi, sempre havia rumores girando em torno dele sobre clientelismo, e está claro que o Brasil ainda tem problemas profundos com a corrupção sistêmica. Minha esperança é que o trauma político recente possa levar a um tipo diferente de política e que uma nova geração de brasileiros possa liderar nesse caminho”. A “nova geração que o imperialismo deseja impor, como o demente Biden, é baseada na nova ordem mundial ditada pela OMS. O Democrata negro Obama se revelou o melhor “capitão do mato” para impulsionar a pirataria imperialista no planeta, seja destruindo a Líbia, atacando a Síria ou organizando junto com a CIA as “revoluções coloridas” golpistas na Europa Oriental ou América Latina, particularmente no Brasil onde montou a operação “Lava Jato” em 2014 pouco antes de deixar a Casa Branca.

E AGORA PCO? LULA DEFENDE FRENTE AMPLA COM BOULOS. RUI PIMENTA VAI SEGUIR A ORIENTAÇÃO DO SEU “GURU” DA CONCILIAÇÃO DE CLASSES OU FICARÁ EM SILÊNCIO

Lula explicitou seu apoio à candidatura de Guilherme Boulos e Luiza Erundina, do PSOL, no 2º turno das eleições municipais na capital paulista. No texto em defesa da Frente Ampla declarou “todos os eleitores progressistas têm o compromisso histórico de votar no candidato do PSOL no próximo dia 28. Todos os eleitores e eleitoras que votam no PT, todos os eleitores que são de esquerda, todos os eleitores progressistas, todos que querem restabelecer a democracia no Brasil, tem agora o compromisso histórico de votar no companheiro @GuilhermeBoulos para prefeito de São Paulo”. O chamado de Lula foi apoiado por todo leque da centro-esquerda burguesa, Ciro Gomos (PDT) logo declarou apoio ao candidato do PSOL, assim como o PCdoB de Orlando Silva, Flávio Dino e Manuela D’ávila e até mesmo setores do PSB de São Paulo. Será que também o PCO irá seguir a orientação de seu “guru” petista, que vê no apoio a Boulos o embrião da “frente ampla” para a disputa presidencial de 2022 ou chamará o voto nulo denunciando a política burguesa do PT e de Lula? Até agora reina o mais profundo silêncio...

EX-MORENISTAS DO GRUPO RESISTÊNCIA DO PSOL EMBARCAM NA CAMPANHA DA OLIGARQUIA BURGUESA DOS FERREIRA GOMES EM FORTALEZA. NO RIO SEGUIRÃO COM O ANTIGO PFL DA DITADURA (HOJE DEM) NO APOIO AO CORRUPTO EDUARDO PAES. VALÉRIO ARCARY ABRIU MÃO DA INDEPENDÊNCIA DE CLASSE EM NOME DE "COMBATER A DIREITA" NAS ELEIÇÕES, VOTANDO EM CANDIDATOS REACIONÁRIOS DA BURGUESIA NEOLIBERAL


Mal se passaram 4 anos da ruptura da tendência liderada por Valério Arcary com o PSTU, para que este agrupamento passasse vertiginosamente do Morenismo para os braços do identitarismo policlassista e ainda por cima financiado pelo clã de rentistas que promovem candidaturas com este perfil político. O grupo Resistência do PSOL, teve um excelente desempenho nestas eleições municipais, elegeu vereadores em cidades importantes como São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Juiz de Fora, Aracaju etc... produto de uma forte inflexão ideológica, que fez o “milagre” de todos estes candidatos eleitos receberem apoio financeiro e logístico, de Fundações que financiam “novas lideranças políticas”. Não por coincidência estes vereadores da Resistência, agora já eleitos, participaram no final do ano passado em Recife de um “evento” chamado “Ocupa Política”, uma iniciativa empresarial (não “nominada”por motivos de esconder os seus patrocinadores) com o objetivo promover a eleição de parlamentares afinados com as seguintes ideias desta entidade: “Estamos juntas para ocupar a política institucional, potencializar candidaturas ativistas e articular uma política suprapartidária de renovação progressista nacional!”. Nesta altura já dá para desconfiar quem está por trás deste “Ocupa Política”, são os mesmos que criaram o “RenovaBR” e “Acredito”, nada menos que rentistas do porte de Paulo Lemann. O “Ocupa” está direcionado a cooptar lideranças dos movimentos sociais, tendo seu foco principal nos ativistas do PSOL, porém também abriga alguns da Rede e PDT. Seus princípios programáticos tem um corte neoliberal clássico, à semelhança do que pensa Lemann e Soros: “Responsabilidade no uso de recurso público, Estado como sinônimo de excelência”, além do enunciado básico dos populistas do mercado: “Redução das desigualdades, busca por justiça social e por outras economias, baseadas na cooperação e na solidariedade”. O “Ocupa” já está na sua terceira edição eleitoral e hoje contra com 17 parlamentares “associados”, como Marina Helou da Rede São Paulo, Renata Souza PSOL RJ e Goura do PDT Paraná (os três candidatos a prefeitura em suas respectivas cidades), agora em 2020 deve triplicar esse número. Qualquer militante de esquerda honesto deve perguntar o que “diabos” estaria fazendo um ex-Morenista como membro de uma “entidade” com este caráter de classe? A resposta é bem “singela”, Valério Arcary e seu grupo busca a qualquer preço garantir a eleição de parlamentares, e parece que agora realmente encontraram a “vereda das pérolas”, colados à Jorge Lemann e George Soros. Uma corrente de esquerda, já com este grau de degeneração ideológica e programática, não surpreende mais a ninguém quando agora anuncia seu apoio a oligarquia dos Ferreira Gomes em Fortaleza (Sarto) e ao corrupto neoliberal Eduardo Paes, hoje no DEM, antigo PFL herdeiro do regime militar.

terça-feira, 17 de novembro de 2020

 

BOULOS “PAZ E AMOR” COM A BURGUESIA NO DEBATE DA CNN: PROMETE “GOVERNAR PARA TODOS” EM UMA SÃO PAULO DIVIDIDA POR INTERESSES DE CLASSES ANTAGÔNICOS E IRRECONCILIÁVEIS... TUCANO COVAS ELOGIA “CONDUTA CIVILIZADA, RESPEITOSA E DISCUSSÃO DE ALTO NÍVEL” 

O debate na CNN ocorrido ontem a noite entre Boulos (PSOL) e Covas (PSOL) foi uma expressão máxima de como o mais novo “coqueluche” político da esquerda reformista respeita as regras da democracia burguesa, tendo o objetivo de se mostrar palatável aos olhos da classe dominante para conseguir ser “eleito” seu gerente de plantão na cidade mais importante e socialmente dividida do Brasil. O dirigente do MTST tentou ser o mais diplomático possível com o tucano, representante da chamada “direita civilizatória” neoliberal. Tanto que ao final do debate “Bruno” elogiou o “alto nível” da discussão. Na verdade, o filhote de Dória estava enaltecendo o programa apresentado por Boulos, que defendeu o isolamento social e o uso da vacina imposta pela OMS (Big Pharma) assim como Covas, apesar de chamar que “saiam de casa e façam campanha” para votar no PSOL, em um flagrante cretinismo eleitoral. Além disso, ele defendeu a importância da “iniciativa privada” (“não sou contra”), das PPP´s (“desde que sejam bem feitas”) e, por fim, o incremento da guarda municipal, o aparato repressivo do Estado burguês a nível da megalópole, a mesma odiada GCM que persegue os sem-tetos e camelôs, com Boulos apenas pontuando que esta deveria ter uma “conduta cidadã”.

SOFTWARES HAMMER E SCORECARD: AS ARMAS DA BIG TECH PARA LIQUIDAR A SOBERANIA DO VOTO POPULAR EM VÁRIOS PAÍSES DO MUNDO, INCLUSIVE O BRASIL


A tecnologia virtual mais importante utilizada em todo os processos modernos de fraude eleitoral eletrônica, veio à tona na forma das máquinas de votação (chamadas no Brasil de urnas), controladas por empresas da Big Tech, e seus softwares associados de contagem e totalização de votos, que passaram a dominar a maior parte das eleições por todo o mundo nos últimos 20 anos. No Brasil as máquinas eletrônicas foram sendo introduzidas na “era” neoliberal do governo FHC, sob orientação direta da Casa Branca e a CIA (Deep State) que utilizou o Brasil para ser a cobaia pioneira de um sistema de votação eleitoral 100% digital, sem comprovação física alguma.

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

CENTRO BURGUÊS (“DIREITA CIVILIZATÓRIA”) É O GRANDE VITORIOSO NO CIRCO ELEITORAL COM ABSTENÇÃO RECORDE: BURGUESIA “ELEGE” AMPLA FRENTE CONSERVADORA PARA GERIR SEUS NEGÓCIOS NA NOVA ORDEM MUNDIAL DITADA PELA PANDEMIA DA OMS 

Os resultados do circo burguês deste 15 de novembro apontam para a vitória do DEM, PSD, MDB, PP e PSDB na maioria das capitais em uma eleição marcada pela abstenção recorde (23%) que somando aos votos brancos e nulos se aproxima da casa dos 40%. Para o segundo turno essas legendas que conformam o chamado “centro político burguês” também vão para as principais disputas: São Paulo (PSDB), Rio (DEM), Porto Alegre (MDB), com vitórias certas de Bruno Covas, Paes e Melo. Neste quadro, Bolsonaro sai enfraquecido mas não morto, a classe dominante pretende descartá-lo usando os próximos dois anos de seu mandato para levar a frente o ajuste neoliberal ditado pelos rentistas no marco da nova ordem mundial ditada pela pandemia orquestrada pela OMS e a Big Pharma. 

domingo, 15 de novembro de 2020

ESQUERDA BURGUESA TEVE A PIOR ELEIÇÃO MUNICIPAL DOS ÚLTIMOS 15 ANOS. PT SEM CHANCES DE VITÓRIA MESMO QUANDO CONSEGUIU CHEGAR AO SEGUNDO TURNO (RECIFE), PCdoB DERROTADO EM PORTO ALEGRE E PSOL TENTA FECHAR ACORDO COM O MDB (OLIGARQUIA BARBALHO) EM BELÉM PARA TER O ÚNICO ÊXITO DO CAMPO REFORMISTA. VOTAÇÃO DE BOULOS EM SP É O “ENFEITE DO BOLO” DA FRAUDE ELEITORAL DO REGIME BURGUÊS 

Sequer consegue disfarçar a fraude eleitoral o magnânimo Ministro presidente do TSE, Luís Roberto “Barrento”: caminhões de transporte de urnas terceirizados em todo o país, empresas de informática ligadas aos EUA (Big Data) que fornecem o software para totalização dos votos dos TRE’s, pane repentino de computadores centrais que saem e entram do ar com resultados díspares sem nenhuma explicação crível, aceite prévio de pesquisas para ampla divulgação na mídia que sequer realizaram qualquer consulta presencial nas cidades...a lista técnica da fraude eleitoral é bem extensa, porém o fulcro da questão é política! Burguesia resolveu levar à frente uma “eleição a frio”, no meio de um isolamento social e pandemia sanitária que ela mesmo resolveu decretar (obviamente não por uma questão de “defesa da vida”). O objetivo de tamanha contradição, ou seja atemorizar a população com um vírus secular e ao mesmo tempo incentivar 100 milhões de eleitores a se “expor” no dia da eleição municipal, era claro: promover a maior fraude eleitoral da história do Brasil. O resultado eleitoral germinado deste espetáculo de estelionato contra a soberania popular, é uma nova modelagem do regime golpista vigente no país, consolidar um novo tipo de hegemonia de “Centro” das classes dominantes para coadunar com a Nova Ordem Mundial imposta com a pandemia sanitária pelas corporações financeiras e OMS. Neste cenário o anúncio dos resultados oficiais de hoje (15/11) foram uma reprodução de maneira geral das pesquisas de ontem, salvo “pequenos ajustes”. O PT somente consegue chegar ao segundo turno em Recife e Vitória, passando é claro pela humilhação na maior cidade do país. Nesta duas capitais será derrotado no segundo turno pelo arco da Centro-Direita. PCdoB vai ao segundo turno em Porto Alegre na segunda vaga e sem chances de vitória, e o PSOL carimba seu passaporte no primeiro lugar em Belém, mas para poder vencer por lá já negocia o apoio da oligarquia dominante no Pará, os corruptos Barbalho. Na outra extremidade, a direita Bolsonarista, o quadro de derrotas é similar ao da esquerda burguesa, fracasso desastroso em São Paulo e sem chance alguma de triunfo no segundo turno do Rio de Janeiro. O Centro burguês neoliberal e “civilizatório” (seguem a risca a farsa da OMS) levantou com folga o troféu da vitória nesta eleição: Tucanos, DEM, PSD, Ciro Gomes, PSB e até o “queimado” MDB teve ganhos significativos. Nas capitais mais importantes do país, SP, RJ, BH, Salvador, Recife, Fortaleza, POA, Manaus, Goiânia, Curitiba, a esquerda reformista não terá a chance de governar para a burguesia, como se propunha programaticamente. A “minúscula” esquerda revolucionária honrou seu legado de lutas e independência de classe, denunciando a farsa eleitoral da democracia burguesa golpista, convocando desde o voto nulo, a abstenção e o boicote eleitoral ativo. E por esta iniciativa, foi exatamente esta esquerda Marxistas Leninista a grande vitoriosa política destas eleições, mesmo sem ter apresentado um único candidato ao circo das classes dominantes, onde o palhaço é o povo pobre e trabalhador deste país.

PERU URGENTE: MOBILIZAÇÕES DE MASSA PROVOCAM A QUEDA DO GOLPISTA MERINO. CONSTRUIR UMA ALTERNATIVA DOS TRABALHADORES DIANTE DA CRISE POLÍTICA PROVOCADA PELOS BANDOS BURGUESES EM CONFLITO 

O golpista Manuel Merino já apelidado de “o breve”, que assumiu a presidência da República após a destituição do ex-presidente Martín Vizcarra, renunciou neste domingo. A queda ocorreu após a radicalização das manifestações, repressão, mortes e renúncia dos ministros.  Toda a movimentação no Congresso peruano para derrubar o governo Vizcarra foi para colocar um governo ainda mais a direita. As “revoluções coloridas”, após um breve interregno de tempo em função da indefinição do quadro eleitoral norte-americano, parecem estar de volta ao cenário mundial, agora sob a batuta direta do Partido Democrata. Agora se abre uma crise política mais profunda ainda, em meio ao colapso capitalista que atravessa o Peru, por ter sido forçado a fechar sua economia por uma imposição internacional da pandemia da OMS. A classe operária rompeu a política do isolamento social e do medo, ganhando as ruas e ocupando as fábricas para derrotar a ofensiva da extrema direita, mascarada de “combate à corrupção”. Agora é necessário construir uma alternativa de poder dos trabalhadores na medida que os partidos burgueses buscam costurar um acordo no parlamento para indicar um nome de consenso entre os bandos burgueses em disputa!

REFORMISTAS BURGUESES DE “BAIXO CALIBRE” COMO O PT E PSOL, NÃO SERVEM COMO ALAVANCA DA LUTA REVOLUCIONÁRIA. VOTO NULO, BOICOTE ATIVO OU ABSTENÇÃO MASSIVA DIANTE DA FRAUDE ELEITORAL!

Chegamos hoje ao grande dia do “espetáculo circense” da democracia burguesa, no caso, o 1º turno das eleições municipais no Brasil. Os meios de comunicação de massas sob o comando da Rede Globo e as instituições do regime político desenvolveram uma ampla campanha em defesa do voto como “principal instrumento da cidadania”, mas o grau de abstenção popular nesta eleição será muito elevado, não apenas devido ao terror sanitário espalhado em função da pandemia do Covid-19 mas fundamentalmente porque amplas parcelas da população não tem mais ilusões de mudanças em suas condições de vida através das urnas, sabem que “ganhe quem ganhe” o capitalismo manterá milhões na miséria, no desemprego, na fome e nas doenças, enquanto um punhado de parasitas burgueses controlam a riqueza e o poder. As atuais eleições nada têm a ver com a soberania do voto popular. Estão condicionadas pela influência do poder econômico, pela manipulação da mídia e das falsas pesquisas e, por último, se nada disso resolver, pela fraude direta do sistema da totalização da urna eletrônica. Como Marxistas Revolucionários impulsionamos e politizamos o justo ódio popular contra a democracia fraudada, defendendo o Voto Nulo, o Boicote Ativo ou mesmo a Abstenção Massiva como forma de denúncia da farsa eleitoral em curso!

sábado, 14 de novembro de 2020

NA VÉSPERA DO “ESPETÁCULO CIRCENSE”: AS PESQUISAS FRAUDULENTAS SÃO APENAS “COUVERT” DO GOLPE ELEITORAL

Apenas dois “Institutos” dominam 90% do mercado das pesquisas eleitorais no país, ambos são apenas sucursais da dupla hegemônica na mídia jornalística brasileira: Folha de São Paulo e seu DataFolha e O Globo com seu carcomido Ibope. Estes dois “Institutos” com seus “resultados semanais” divulgados com grande estardalhaço por seus proprietários, a mídia corporativa, estão determinando a dinâmica política da campanha eleitoral dos partidos, inclusive os da chamada “esquerda”, que acolheram como “verdade suprema” as pesquisas dos “Institutos” consideradas como se fossem os próprios boletins oficiais dos TRE’s do país. O “pequeno detalhe” que é omitido por todo o arco político, da “extrema esquerda” eleitoral até a extrema direita, é que em plena pandemia do coronavírus, onde os editoriais da mídia corporativa (dona dos Institutos) ordenam o isolamento social e espalham diariamente o pânico da “Segunda Onda”, as tais pesquisas sequer são realizadas presencialmente, configurando a “fraude das fraudes”, sob encomenda é claro das forças políticas dominantes de cada região do país.

MARROCOS ROMPE CESSAR-FOGO NO SAARA OCIDENTAL: EUA E ESPANHA APOIAM AÇÃO MILITAR CONTRA FRENTRE POLISÁRIO DE INDEPENDÊNCIA NACIONAL. NÃO À AGRESSÃO COLONIALISTA A SERVIÇO DO IMPERIALISMO!

O movimento de independência nacional Frente Polisário disse nesta sexta-feira (13) que o Marrocos rompeu um cessar-fogo de três décadas no Saara Ocidental, ao lançar uma operação militar para reabrir uma rota bloqueada para a vizinha Mauritânia. “A guerra começou. Marrocos pôs fim ao cessar-fogo” assinado em 1991, disse o chefe da diplomacia saharaui, Mohamed Salem Ould Salek, em reação à operação militar marroquina na zona tampão de Guerguerat, perto da Mauritânia, no extremo sul desta ex-colônia espanhola, cujo status não está definido. O imperialismo ianque e europeu agem para manter a região sob o controle de seus aliados. Defendemos o direito a independência nacional do Saara Ocidental se assim desejarem os povos que lá habitam, preservando seus vínculos culturais e sociais no curso da luta contra a dominação colonialista!

sexta-feira, 13 de novembro de 2020

UNIVERSIDADES DA CAROLINA DO NORTE E WISCONSIN (USA) AFIRMAM QUE AS MUTAÇÕES DO CORONAVÍRUS EM CONTATO COM A POPULAÇÃO DEIXARAM O PATÓGENO MAIS CONTAGIOSO E MENOS LETAL:TEORIA DA IMUNIDADE COLETIVA SE REVELOU CIENTIFICAMENTE CORRETA, APESAR DA DEMONIZAÇÃO POR PARTE DA OMS E DA MÍDIA OFICIAL

Segundo um estudo realizado nos Estados Unidos por pesquisadores das Universidades da Carolina do Norte (UNC) e da Universidade de Wisconsin-Madison, a cepa D614G do SARS-CoV-2 se espalha mais rápido, sendo mais contagiosa do que as cepas originais que deram início à pandemia na China e Itália. Ao mesmo tempo, o que é “revolucionário” nesta descoberta é que esta nova cepa, que se espalhou no mundo inteiro e que se tornou a mutação mais “comum” do coronavírus, não tem implicações mais sérias do que a anterior e é ainda mais sensível à neutralização por anticorpos de nosso sistema imunológico. Este enfraquecimento da letalidade do patógeno, foi devido a sua exposição social com milhões de pessoas, que o combateram com suas próprias armas biológicas, ou seja as chamadas “células T”. Esta importante comprovação científica demonstra o completo equívoco do isolamento social generalizado, imposto pelos charlatães da OMS como sendo a “verdadeira ciência”, quanto mais se confina o ser humano, maior é a probabilidade de contrair doenças infeciosas, fragilizando assim seu sistema imunológico e por consequência deixando vírus e bactérias mais letais para nosso organismo. Segundo os pesquisadores das graduadas instituições acadêmicas, uma quarentena global só poderia ser justificada diante de um vírus tão potente que atingisse um nível de mortalidade de pelo menos 50% dos contaminados, o novo coronavírus, mesmo no pior cenário possível sequer ultrapassou a marca letal de 10% dos contagiados.

LULA SENDO O VELHO LULA DA CONCILIAÇÃO DE CLASSES: “SE DEPENDER DE MIM E DO PT VAMOS TER UMA ALIANÇA DE TODA A ESQUERDA”


Para os que tentam apresentar a figura de Lula com toques de uma suposta “renovação e classismo”, após o seu retorno da prisão, as declarações contundentes do ex-presidente emitidas ontem (12/11) em uma live em apoio a Benedita da Silva, serviram para desmascarar como uma fraude política “Operação limpa Lula”. Alguns dias antes, Lula já havia se manifestado saudando a vitória do carniceiro imperialista Joe Biden, apontando que o mesmo caminho norte-americano de uma Frente Ampla contra a direita deveria ser seguido aqui no Brasil. Ao lado de Benedita, ex-governadora do Rio de Janeiro (em uma gestão conjunta com Garotinho), Lula não mediu suas palavras: “Eu vou te garantir que se depender do PT e de mim vamos ter uma aliança de toda esquerda”. Não durou muito a tentativa de setores lulistas (como o PCO, Articulação de Esquerda e O Trabalho) em apresentar Lula como sendo contrário a constituição de uma Frente Ampla com toda a esquerda burguesa, PSB, PDT, REDE etc...Vejamos o que o próprio Lula pensa a respeito desta questão: “Todo mundo tem o desejo de construir frente ampla. A gente sempre tentou construir frente ampla sem querer impedir que os partidos tivessem candidato. É muito importante que a gente tenha noção porque os partidos têm que lançar candidato. Dá a chance de colocar o programa, conversar com a sociedade, e tem chance de ir pro segundo turno e fazer uma aliança muito grande”, afirmou a maior liderança do PT.

“BARCAS DA MORTE”: TRAGÉDIA DOS IMIGRANTES DA LÍBIA BARBARIZADA APÓS AGRESSÃO DA OTAN (PATROCINADA POR OBAMA/BIDEN) EM NOME DA "REVOLUÇÃO ÁRABE" SE INTENSIFICA NA PANDEMIA

Eles vêm em grande maioria da Líbia, arrasada desde a intervenção da OTAN em 2011 ordenada pelo carniceiro negro Obama, que tinha Biden como vice-presidente. São milhares de pessoas que tentam atravessar o Mar Mediterrâneo em pequenas embarcações e acabam morrendo. Fogem da escravidão, da fome e da barbaria da neocolonização capitalista em plena pandemia de Covid-19. Na pandemia o tráfego dos ‘barcos da morte” não parou, ao contrário, se intensificou. Dois barcos naufragam na costa da Líbia e mais de 90 pessoas morrem somente nos últimos dois dias. Ao menos oito outras embarcações afundaram no Mediterrâneo desde o começo de outubro. Estima-se que ao menos 900 pessoas morreram afogadas no Mediterrâneo tentando chegar à Europa neste ano. Essa catástrofe humanitária é produto direta da “Revolução Árabe” patrocinada pelo imperialismo ianque e seus falcões “democratas”, apoiada vergonhosamente pela esquerda mundial em nome de derrubar o “ditador Kadaffi”.

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

VITÓRIA DE BIDEN APROFUNDARÁ TERROR SANITÁRIO CONTRA AS LIBERDADES DEMOCRÁTICAS: MICHAEL OSTERHOLM, NOMEADO CONSELHEIRO DE SAÚDE, DEFENDE TOQUE DE RECOLHER COM USO DAS FORÇAS ARMADAS. REVISIONISTAS DO WSWS APOIAM VERGONHOSAMENTE MEDIDAS REPRESSIVAS ANUNCIADAS PELOS “DEMOCRATAS”

O epidemiologista Michael Osterholm, o principal assessor de Joe Biden sobre o Coronavírus, diretor do Centro de Pesquisa e Política de Doenças Infecciosas da Universidade de Minnesota e autor do livro “Inimigo Mortal” alertou que novo presidente dos EUA, escolhido pela Big Pharma e o consórcio da mídia corporativa, está disposto a impor um confinamento geral da população seguindo fielmente os ditames da OMS. O novo conselheiro do Biden disse que os “meses mais sombrios” da pandemia ainda estão por vir devido ao inverno, bem como por causa do cansaço e do descontentamento que afetam a disposição popular em cumprir as ordens de isolamento social imposto pelo terror sanitário. Esses fatores, alega Osterholm, levarão o número de casos diários a uma nova alta. “Prepare-se. Vamos chegar a 200 mil ou mais casos por dia e temos que nos preparar em nossos hospitais, como estivéssemos em guerra”. Essa política "sanitária" criminosa do novo gerente do imperialismo ianque é apoiada pela corrente revisionista dirigida por David North, o Comitê Internacional pela Quarta Internacional (ICFI), mais conhecida pelo site WSWS.ORG, que aconselha literalmente Biden a seguir as orientações de Osterholm: “Biden está proclamando sua força-tarefa contra o coronavírus como altamente experiente e comprometida com a ciência da pandemia. Seria revelador ouvir o que diz o Dr. Michael Osterholm, diretor do Centro de Pesquisa e Política de Doenças Infecciosas da Universidade de Minnesota e membro da força-tarefa recentemente nomeado... A perspectiva do Dr. Osterholm é clara sobre o que é necessário, pois ele tem argumentado que os bloqueios na primavera foram suspensos cedo demais para serem eficazes. Sua posição contrasta fortemente com a total falta de compromisso de Biden com essas medidas necessárias.” (WSWS, 11.11). 

NEM VOTO CRÍTICO, NEM VOTO ÚTIL NA "ESQUERDA NEOLIBERAL"! VOTO NULO PELA CONSTRUÇÃO DO PODER OPERÁRIO! 


Estamos às vésperas do circo eleitoral burguês de 15 de novembro. O chamado ao Voto Nulo e a denúncia desta democracia fraudada se faz uma obrigação militante para a esquerda revolucionária diante da completa integração da Frente Popular (PT, PCdoB, PSOL, PCO, PSTU e UP) ao embuste em curso e para reforçar a luta direta contra o neofascista Bolsonaro. Mesmo muito embrionário diante da febre eleitoral de uma esquerda embriagada com as verbas do regime burguês destinadas a cooptação ideológica e política do reformismo, o chamado a construção de uma alternativa revolucionária ao pântano da colaboração de classes, se faz imperativo exatamente no momento que o modo de produção capitalista atravessa sua crise mais aguda. Por isso declaramos que não adotamos a política do "mal menor": Nem voto crítico, nem voto útil na "esquerda neoliberal"! Voto Nulo pela construção  do poder operário! Derrotar Bolsonaro e a direita nas ruas e nas lutas!

“SEJA MUITO BEM VINDO”: OTAN FELICITA BIDEN, “FORTE APOIADOR” DA ALIANÇA MILITAR IMPERIALISTA... ESQUERDA REFORMISTA TAMBÉM CELEBRA VITÓRIA DO CARNICEIRO “DEMOCRATA”!

O Secretário-Geral da OTAN, Jens Stoltenberg, parabenizou o carniceiro imperialista Joe Biden por sua “vitória” nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, a quem ele considerou um "forte apoiador" da organização militar das metrópoles capitalistas e com quem espera trabalhar para fortalecer o vínculo transatlântico neocolonialista após quatro anos de deterioração das relações com o reacionário republicano Donald Trump, que se mostrou incapaz de levar a frente os planos de guerra dos falcões imperialistas. 

ACORDO DE PAZ ARMÊNIA AZERBAIJÃO: NAGORNO- KARABAKH CADA VEZ MAIS PRÓXIMO DE ERDOGAN


A Armênia está em uma profunda crise política após perder a guerra em Nagorno-Karabakh e assinar um vergonhoso “acordo de paz” com o Azerbaijão, sob os auspícios de Putin. Apesar das afirmações do Primeiro-Ministro armênio Nikol Pashinyan de que "o perdedor é apenas aquele que se considera derrotado", firmar o acordo de paz era na verdade o mínimo que a Armênia poderia fazer para salvar uma situação que estava se tornando mais insustentável para Yerevan (capital da Armenia) a cada dia que passava. Por sua vez, o Azerbaijão, que estava prestes a capturar a maior cidade regional, Stepanakert, e cortar o corredor de Lachin que ligava a Armênia a Nagorno-Karabakh, foi forçado a aceitar a desaceleração devido à intervenção da diplomacia russa e do destacamento de forças militares de paz russas que atualmente ocupam posições em Karabakh.

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

PROTESTOS RADICALIZADOS EM MEIO AO APAGÃO NO AMAPÁ: POVO EXPLORADO EM LUTA É REPRIMIDO PELOS GOVERNOS GOES E BOLSONARO. ABAIXO OS CAPITALISTAS E SEU ESTADO DE CAOS E BARBÁRIE!  

Após vários dias de apagão, os moradores do Amapá estão protestando nas ruas contra a falta de energia e a escassez de água. A resposta do governo Waldez Góes (PDT) foi desferir repressão policial e violência estatal. A Rotam (Ronda ostensiva tática motorizada) e Bope (Batalhão de operações Especiais) atiraram balas de borracha e bombas de gás contra o povo pobre que protesta pelos seus direitos básicos em meio a pandemia do Covid. Entre sexta-feira (6) e a madrugada de terça-feira (10), foram mais de 50 atos contra o apagão. Um dos protestos desta terça-feira bloqueou por cerca de 8 horas a BR-210, na Zona Norte de Macapá. Centenas de moradores se reuniram em frente ao conjunto habitacional Macapaba, que tem 4 mil moradias populares. Revoltados, trabalhadores queimaram pneus e pedaços de madeira. Crianças e idosos participavam do ato. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Bolsonaro também atuou na repressão ao povo pobre. Nossa resposta deve ser formar comitês de auto defesa para colocar abaixo os governos burgueses, expropriar as transnacionais do setor elétrico e colocar a Eletrobras e as empresas energias sob o controle dos trabalhadores!  

PARA ALÉM DA “PÓLVORA” DEMAGÓGICA DE BOLSONARO... A VERDADEIRA “GUERRA DAS VACINAS” NO BRASIL: UMA DISPUTA PELO MERCADO BILIONÁRIO CRIADO PELA PANDEMIA PARA ENGORDAR OS LUCROS DA BIG PHARMA  

Não foi o “evento grave” ou a suposta morte por suicídio de um voluntário brasileiro os motivos que levaram a Anvisa a suspender as pesquisas da Coronavac. O neofascista Bolsonaro quer a vacina dos Estados Unidos ou do Reino Unido (Pfizer e Oxford), por essa razão visa minar a compra estatal bilionária da vacina contra o Covid do laboratório Sinovac. É óbvio que a conduta de Bolsonaro correspondente a pressão ianque em defesa do laboratório Astrazeneca, com muito mais força econômica e prestígio no seio da Big Pharma. Não se trata do governo neofascista rejeitar todas as vacinas inúteis da Big Pharma, muito pelo contrário, já assinou o compromisso imposto pela OMS sobre a cooperação mundial das vacinas, leia-se “compra mundial das vacinas da Big Pharma”.