quarta-feira, 31 de março de 2021

BOLSONARO NOMEIA SEU ADVERSÁRIO PARA COMANDAR O EXÉRCITO: GENERAL PAULO SÉRGIO FOI O PIVÔ DA “CRISE MILITAR” E AGORA FOI PROMOVIDO... PRESIDENTE NEOFASCISTA NÃO COMANDA NEM AS FORÇAS ARMADAS, INDICAÇÃO DE PAULO SÉRGIO VEIO DIRETO DO PENTÁGONO 

Uma entrevista dada pelo general Paulo Sérgio Nogueira, então chefe do Departamento-Geral do Pessoal do exército, foi apontada como uma das razões para Bolsonaro ter pedido a saída do general Pujol, ex-comandante geral da corporação , o agora ex-ministro da Defesa Fernando Azevedo e Silva, se recusou a afastar Pujol ou mesmo Paulo Sérgio, gerando assim a “crise militar” que resultou na renúncia coletiva da cúpula das Forças Armadas. Na entrevista dada ao Correio Braziliense, o general Paulo Sérgio apontou a possibilidade de uma 3ª onda da covid-19 no país nos próximos meses e defendeu a decretação do lockdown nacional, contrariando o que prega Bolsonaro. O resultado final do “imbróglio” político que apavorou a esquerda reformista, é que a suposta ofensiva golpista do presidente acabou resultando justamente na direção contrária, ao invés de ser punido, Paulo Sérgio ascendeu ao comando máximo da corporação mais poderosa das Forças Armadas, o exército! A nomeação de Paulo Sérgio, desafeto público de Bolsonaro, e que sequer era o general mais antigo na lista dos comandantes indicados pela própria corporação, revela cristalinamente que Bolsonaro sequer tem o poder de empossar seus comandantes militares, a ordem veio do Pentágono e logo para dar um recado bem claro: o gerente neofascista tupiniquim é subalterno da Casa Branca e da governança global do capital financeiro! Para a esquerda domesticada que correu para “debaixo da cama” neste 31 de março com medo do golpe e do vírus, fica apenas a desmoralização completa e a certeza para a vanguarda classista que com esta política de colaboração de classes só vamos acumular mais derrotas. Se existe algum golpe no horizonte, é o golpe do Grande Reset, com a promoção de uma Nova Ordem Mundial do fascismo sanitário, trazendo em seu bojo a subtração das liberdades democráticas e a perda dos parcos direitos sociais conquistados com o sangue da luta proletária.

NESTE 31 DE MARÇO DE 2021: HONRAR NA LUTA PELO SOCIALISMO NOSSOS PRESOS, TORTURADOS E MORTOS PELA DITADURA MILITAR ASSASSINA IMPOSTA PELO GOLPE DE 1964

Neste 31 de março de 2021 fazemos uma homenagem aos nossos presos, torturados e mortos pela ditadura militar de 1964. Defendemos que semear falsas ilusões de que este regime democratizante, seja qual for a tonalidade de sua gerência política, possa fazer um resgate histórico dos combatentes socialistas que morreram lutando contra a dominação capitalista em nosso país é uma trágica armadilha que serve para embotar a consciência das novas gerações de lutadores, ou no pior dos casos, um “trambique” para amealhar algum trocado no balcão de negócios das indenizações pagas pelo Estado burguês às vítimas da ditadura. 

O GRANDE RESET JÁ CHEGOU: O LOCKDOWN “INTERMITENTE” DA ECONOMIA CAPITALISTA E SUA NOVA “AGENDA VERDE”

Bilhões de pessoas forçadas no mundo inteiro a ficar em casa, enquanto milhões de pequenas e médias empresas entram em falência, com a concentração de renda se ampliando no rentismo financeiro, apesar da forte estagnação econômica global. Não é coincidência, nem preocupação com a “ciência ou nossas vidas”, mas um projeto global de tentar salvar a  econômica capitalista que tem sido planejado há vários anos, e que encontrou na pandemia do coronavírus uma excelente oportunidade de promoção, principalmente através do terror sanitário. A necessidade da reorganização da economia mundial, ameaçada de um novo crash, obrigou uma cúpula de corporações imperialistas, liderada pelo grupo em torno do Fórum Econômico Mundial de Davos, a impulsionar o Grande Reset, como parte da contenção da crise de superprodução capitalista. Alertamos que não é uma proposta para o futuro. O processo está em fase de inicialização, já que o mundo continua em um lockdown insano por conta de um vírus. A área de investimento do capital mais aquecida desde o início dos bloqueios nacionais do coronavírus é no setor de investimento do mercado bursátil, especulações financeiras com títulos públicos e privados, além é claro do mega-negócio da produção das vacinas.

RELATÓRIO DOS “DIREITOS HUMANOS” DO DEPARTAMENTO DE ESTADO DOS EUA: UMA FARSA “HUMANITÁRIA” PARA IMPOR OS INTERESSES GEOPOLÍTICOS DO IMPERIALISMO IANQUE NO PLANETA 

Anualmente o Departamento de Estado norte-americano divulga um relatório com uma lista de países acusados de desrespeitarem os direitos humanos. Coincidentemente, esses países são conhecidos mundialmente por divergirem política e ideologicamente dos Estados Unidos e por não se submeterem ao imperialismo ianque. Neste ano de 2020, como o relatório imperialista atacou Bolsonaro, logo a esquerda domesticada, papagaio da Rede Globo, saiu a comemorar a peça de farsa “humanitária” montada pelo imperialismo ianque para impor seus interesses geopolíticos. Segundo o jornal da Famiglia Marinho, O Globo, “O Departamento de Estado americano divulgou nesta terça-feira (30) relatório sobre os direitos humanos em 2020 que aponta desrespeito do governo brasileiro à liberdade de expressão — que é garantida pela Constituição”. O Secretário de Estado dos EUA, o falcão “Democrata”, Anthony Blinken, o mesmo que vem acusando a China, Cuba, Rússia, Irã, Coreia do Norte e Venezuela de desrespeitarem os “direitos humanos” participou pessoalmente do evento de divulgação do relatório para demonstrar quem são os verdadeiros alvos do imperialismo ianque. 

MAIS UM DIRIGENTE SINDICAL ASSASSINADO NA COLÔMBIA: 39 LUTADORES DO POVO MORTOS ATÉ MARÇO DE 2021 PELOS PARAMILITARES A SERVIÇO DO GOVERNO DUQUE... ORGANIZAR A RESISTÊNCIA OPERÁRIA-POPULAR E COMITÊS DE AUTODEFESA!

Com o assassinato de Germán Medina Triviño, são 1.153 ativistas e dirigentes sindicais mortos desde a assinatura dos “Acordos de Paz”. Triviño foi morto nesta terça-feira ao deixar sua casa no município colombiano de Florencia (Caquetá), somando 39 homicídios contra lideranças sociais e defensores dos direitos humanos no país latino-americano somente neste ano, até março de 2021. Desde novembro de 2016, quando da assinatura do "Acordo de Paz" celebrado entre o Governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), um rastro de sangue segue na elimação dos lutadores do povo no país. Em muitas áreas da Colômbia diversos grupos paramilitares direitistas disputam o controle do território para controlar as receitas provenientes do tráfico de drogas, mineração de ouro, tráfico de madeira, valor agregado de megaprojetos ou obras de infraestrutura. Além disso, a violência é cometida em um contexto de grilagem de terras e divisão do poder político burguês. Os massacres e assassinatos vão e vêm nesta vala comum que é o país e na qual o estado capitalista, hoje governado pelo regime paramilitar de Duque. 

terça-feira, 30 de março de 2021

57 ANOS DO GOLPE MILITAR NO BRASIL: SOB AS ORDENS DO PENTÁGONO A ALTA CÚPULA DAS FFAA DERRUBOU JANGO... HOJE OS GENERAIS SUSTENTAM O ODIADO GOVERNO BOLSONARO APENAS ENQUANTO FOR FUNCIONAL AOS PLANOS DA BURGUESIA E DO IMPERIALISMO

Em meio a uma crise palaciana que inclui a substituição da alta cúpula das FFFA pelo governo Bolsonaro completam-se neste 31 de Março os 57 anos do golpe militar de 1964. Bolsonaro está sendo obrigado a se “enquadrar” completamente as ordens da Casa Branca sob o comando de Biden e da governança global comandada pelo capital financeiro que usa pandemia para impor uma nova ordem mundial subordinada ao rentismo. Para isso, o Pentágono recorre novamente aos generais das três forças brasileiras para alcançar seus objetivos. Guardada as proporções, é uma cópia bastarda do filme de 1964, quando esta mesma data, há 57 atrás, foi escolhida pelos generais golpistas em conluio com a cúpula da UDN e até mesmo setores do próprio PSD para desencadear a ação militar que levaria a deposição do presidente João Goulart. Aos trabalhadores e sua vanguarda cabe tirar as conclusões políticas e programáticas das movimentações golpistas de ontem e de hoje construindo uma alternativa revolucionária a ditadura do grande capital!

O "PROTESTO FATAL" DO SOLDADO WESLEY NA BAHIA: NÃO ERA UM DOS NOSSOS E MUITO MENOS HERÓI, APESAR DE TER SIDO MORTO PELA MESMA PM QUE REPRIME OS TRABALHADORES NO LOCKDOWN IMPOSTO PELOS GOVERNADORES NEOLIBERAIS!

Apresentado como “herói do povo brasileiro” por bolsonaristas, o soldado da PM da Bahia Wesley Gomes obviamente não era um dos nossos, mas foi morto por outros policiais após disparar vários tiros de um fuzil no Farol da Barra protestando "a seu modo" contra o Lockdown imposto pelo governador do PT, Rui Costa. A revolta de Wesley foi expressão de uma mente doentia e desestabilizada que personifica o ambiente psicológico da tropa militar e suas tendências fascistas afloradas em meio ao Lockdown imposto pelos governadores no curso da pandemia, onde a corporação assassina ganhou muito peso em seu poder repressivo. Para os Marxistas Revolucionários obviamente Wesley não é “um herói o povo brasileiro”, pelo contrário, não passa de um militar de tendências fascistas que protestava armado contra as medidas draconianas impostas pelo governo do PT ocupando deformadamente o vácuo político deixado pela esquerda domesticada que adotou a pauta de terror sanitário imposta pela OMS e a governança global a serviço do capital financeiro. Não prestamos qualquer solidaridade ao soldado morto mas somos absolutamente contrários a repressão que o alto-comando da PM e o governador Rui Costa desata contra o povo pobre que sai às ruas para trabalhar e ganhar seu sustento para manter suas famílias vivas, sendo brutalmente reprimido pela PM que o soldado Wesley tanto desejava "resgatar em sua dignidade". 

95 ANOS DE THIAGO DE MELLO: EM TEMPOS OBSCUROS, HOMENAGEAR O GRANDE POETA AUTOR DE “ESTATUTOS DO HOMEM”, SIGNFICA LUTAR PELA REVOLUÇÃO SOCIALISTA MUNDIAL PORQUE “FAZ ESCURO MAS EU CANTO”!

Thiago de Mello recebe exemplar do livro da LBI

“Os genuínos trotskistas e a Questão Cubana”

“Fica decretado que agora vale a verdade, que agora vale a vida, e de mãos dadas, marcharemos todos pela vida verdadeira”. Este é o artigo 1 do histórico poema “Os Estatutos do Homem”, que Thiago de Mello escreveu como uma resposta ao AI-5 e que virou hino de uma geração. Serve como registro de uma resistência e de esperança contra a repressão estatal burguesa dos generais a serviço do capital. Serve para hoje, cinco décadas depois de ter sido escrito para resistir nesse mundo pandêmico onde persiste em nos enganar para engordar seus lucros trilionários. “Fica decretado que os homens estão livres do jugo da mentira. Nunca mais será preciso usar a couraça do silêncio nem a armadura de palavras. O homem se sentará à mesa com seu olhar limpo porque a verdade passará a ser servida antes da sobremesa”, diz o artigo 5º do poema em uma ode à luta contra a injustiça social. Como Marxistas levamos esse combate à frente com a Revolução Socialista Mundial. Com essa batalha diária pelo Comunismo homenageamos o mestre Thiago de Mello! Poeta, tradutor, escritor, jornalista, artista gráfico e roteirista, ele nasceu no dia 30 de março de 1926. Autor de “Faz Escuro Mas eu Canto”, entre outras obras icônicas, ele viveu parte da vida no Rio de Janeiro até decidir voltar para a floresta em 1977. Chega hoje firme, forte, vivo e íntegro aos seus 95 anos de justo combate pela vida livre da exploração do homem pelo homem!

“PSTU, GLOBO E ITAÚ... TUDO A VER”: MORENISTAS, BANQUEIROS E FAMILGIA MARINHO ATACAM A CLOROQUINA E SAEM EM DEFESA DAS “VACINAS MILAGROSAS” E DO ISOLAMENTO SOCIAL A SERVIÇO DE PARALISAR A LUTA DE CLASSES NO BRASIL

O PSTU virou o novo garoto-propaganda das vacinas da Big Pharma e para isso atacou o uso da Cloroquina, com vem fazendo a Rede Globo, os banqueiros em seu manifesto e a OMS, defensora dos interesses dos grandes laboratórios capitalistas. Nesta santa alinça apresentam as vacinas como um “unguento milagroso” quando na verdade esses imunizantes produzidos às pressas para gerar um negócio trilionário global não tem qualquer eficácia científica comprovada. Para os Morenistas, “só a vacina salva!”, a libertação dos trabalhadores não se dará mais pela luta pela revolução socialista contra o grande capital e sim por meio de vacinas produzidas pela Big Pharma que supostamente salvam as vidas dos pobres. Obviamente, enquanto isso, prescrevem juntos o isolamanto social rígido para manter a luta de classes paralisada no Brasil! A Famiglia Marino e os rentistas da máfia financeira dos Setúbal agradecem ao PSTU! 

UCRÂNIA BUSCA OUTRA GUERRA COM O APOIO DA OTAN: TODO APOIO A REPÚBLICA DE DONETSK!

A República de Donetsk denuncia o deslocamento de veículos blindados enviados pelo reacionário governo de Kiev em Donbass. As forças militares ucranianas transladaram unidades blindadas para as cidades de Donbass controladas por Kiev, relatou a Milícia Popular da autoproclamada República Popular de Donetsk (DPR)."Dez unidades de armas e equipamentos militares das Forças Armadas da Ucrânia foram descobertas implantadas nas proximidades de prédios residenciais e instalações municipais no território controlado por Kiev", declarou um representante da república independente para repórteres da mídia local. As forças de segurança de Donetsk especificaram que se trata de veículos blindados de transporte de pessoal BTR-60 e BTR-40. É uma clara provocação, com o apoio da OTAN, seguindo as ordens da Casa Branca.

CAMPANHA INTERNACIONALISTA: LIBERDADE IMEDIATA PARA O PALESTINO GEORGES ABDALLAH, PRESO POLÍTICO DO IMPERIALISMO FRANCÊS! 

Em 2 de abril de 2021, o lutador da resistência palestina, Georges Abdallah fará 70 anos. 70 anos de vida, sendo 37 anos de prisão nas masmorras do imperialismo, mas também uma vida inteira de combate, nunca renunciando a nenhum dos seus compromissos e lutando dia após dia pela Palestina livre da ocupação sionista, pelo apoio à Intifada. Abdallah também é um exemplo pela luta dos povos oprimidos, por sua resistência e para todas as formas de emancipação.

segunda-feira, 29 de março de 2021

“TROCA-TROCA” NO GOVERNO NEOFASCISTA: QUANDO 6 NÃO É POLITICAMENTE IGUAL A “MEIA DÚZIA”... 

O dia nesta segunda-feira (29/03) está sendo bem agitado politicamente em Brasília. O gerente neofascista Jair Bolsonaro está encampando a maior reforma ministerial de todo o curto período do seu governo, em plena crise econômica, agravada com o “Grande Reset” capitalista promovido pela governança global do capital financeiro. Após a recente saída do general Eduardo Pazuello do Ministério da Saúde, exigida pelas corporações farmacêuticas imperialistas, o “Centrão” do Congresso Nacional passou a colaborar com a pressão internacional contra o governo Bolsonaro, o que provocou mudanças em outros seis ministérios. O primeiro a ser demitido nesta segunda-feira foi Ernesto Araújo, que ocupava o Ministério das “Alucinações Exteriores” e vinha sendo duramente criticado por organismos da ONU e por parlamentares ligados diretamente ao capital. O segundo do dia a deixar o governo foi Fernando Azevedo e Silva, do Ministério da Defesa. Na sequência, José Levi, responsável pela Advocacia-Geral da União (AGU), apresentou sua carta de demissão das pasta, após ter o cargo solicitado pelo presidente, levando o atual ministro da Justiça ao seu cargo anterior. As mudanças provocaram ao todo trocas em 6 ministérios, e acontecem dias após o presidente da Câmara, Artur Lira (PP-AL), que é chefe do “Centrão”, ameaçar Jair Bolsonaro com o início do processo do impeachment, caso não houvesse mudanças de rumos políticos no governo. Acuado de todos os lados, e agora sem o respaldo da Casa Branca, que aponta em outra direção golpista, Bolsonaro patrocina um “troca-troca” de 6 pastas, mas que significa politicamente algo muito diferente de “meia dúzia”. O “Bozo” taxado de genocida por uma mídia corporativa e uma oposição burguesa tão ou mais genocida do que o patético capitão miliciano, terá que enquadrar seu governo (sem mais as bravatas “nacionalistas”) as diretrizes integrais do rentismo internacional, que já tem no Palácio do Planalto, o presidente de fato, estamos falando é claro de Paulo Guedes, o representante legítimo no país do “Deus Mercado”. Caso contrário, Bolsonaro verá em breve a crise pandêmica extrapolar o limite do suportável, e ser varrido de Brasília não em 2022, pela via eleitoral, mas já esse ano por meio de um outro golpe institucional.

QUEDA NA “DEFESA”: GENERAL “DANÇOU” POR EXIGÊNCIA DO “CENTRO CIVILIZATÓRIO DO CAPITAL FINANCEIRO”, O VERDADEIRO CHEFE DO “CENTRÃO” CORRUPTO DO CONGRESSO NACIONAL... 

O general Fernando Azevedo e Silva, ministro da Defesa, não pediu demissão do cargo, mas na verdade foi demitido como parte de uma “dança das cadeiras” que visa dar um lugar no Palácio do Planalto a um “Ministro do Centrão”, que ocuparia a Secretaria de Governo, hoje com o general Luiz Carlos Ramos, que seria deslocado para a Casa Civil, hoje ocupada pelo general Braga Netto que, por sua vez, iria para a pasta da Defesa. Uma operação de “troca-troca” para dar uma cara de Congresso Nacional ao governo neofascista, aliás a verdadeira face política de Bolsonaro, muito mais além dos seus arroubos neofascistas, vocalizados para amedrontar a esquerda burguesa reformista. Duas trocas no ministério em menos de 24 horas, a nova gerência Democrata da Casa Branca atuando diretamente no Brasil, agora em plena parceria harmônica com a governança global do capital financeiro. Agora é saber qual será a reação de alguns oficiais generais, ligados a ala “ortodoxa” do governo, como o general Augusto Heleno e sua anturragem fascista.

ERNESTO “TERRA PLANISTA” FORA DO GOVERNO: MAIS UM “INDESEJADO” QUE A GOVERNANÇA GLOBAL DO CAPITAL FINANCEIRO MANDA PARA RUA. BOLSONARO É APENAS UM MERO GERENTE SUBALTERNO DO RENTISMO INTERNACIONAL

O ministro Ernesto “Terra Planista” Araújo pediu demissão ao presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (29/03), sai humilhado do cargo no Ministério das Relações Exteriores, deixando o núcleo fascista do governo cada vez mais desfalcado de suas figuras de “proa”. A renúncia de Araújo foi feita após uma grande chantagem das raposas do Centrão e representantes do capital no Congresso Nacional, sua saída do cargo, inclusive foi exigida pelos bolsonaristas Arthur Lira (PP-AL), e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), os dois presidentes do Parlamento. Porém a razão direta da degola do chanceler tupiniquim foi seu entrave à inscrição do país no COVAX Facility, consórcio ligado à Organização Mundial de Saúde (OMS), que financia a distribuição de imunizantes da Big Pharma contra o novo coronavírus. Araújo podia até sair falando pelo mundo como representante de um governo neofascista que a terra é “quadrada”, entretanto se recusar a obedecer uma determinação da governança global do capital financeiro, para contrair empréstimos junto a banca do rentismo internacional na compra das vacinas transgênicas das corporações farmacêuticas, é algo inadmissível, sua sentença foi logo decretada: Rua!

RUI PIMENTA “MANSINHO” COM O IMPERIALISMO E SEU BRAÇO “HUMANITÁRIO”: PCO APOIOU PEDIDO DE INTERVENÇÃO DA ONU NO BRASIL, FEITO PELO GOVERNO VENEZUELANO... SÃO DA MESMA CEPA DOS REVISIONISTAS DA LIT/PSTU

O PCO apoiou o pedido de intervenção da ONU no Brasil feita pelo governo Maduro, alegando o pretexto humanitário que a pandemia está fora de controle. A “iniciativa” capituladora do Chavismo ao covil imperialista estimulou até setores do Partido Democrata a também pedirem a intervenção internacional e dos EUA em nosso país. Rui Pimenta justifica o pedido da intervenção da ONU pelo Chavismo alegando que “O presidente da Venezuela pede que organismos internacionais intervenham no governo brasileiro, pois o país se tornou um risco sanitário para todo o continente” (DCO, 26.03). Usando os mesmos argumentos que o PCO e Maduro, a víbora “Democrata” Pam Keith afirmou que “A falta de liderança de Bolsonaro está criando uma crise econômica e de saúde, somada com um escândalo político de proporções épicas. Os EUA precisam ser proativos e liderar uma intervenção internacional. Bolsonaro é um vigarista tão corrupto quanto Trump. Bolsonaro é um corrupto, genocida e incompetente. As consequências posteriores disso podem ser terríveis. É necessária intercessão internacional, agora”. Como papagaio dos interesses do imperialismo “democrático” contra as nações oprimidas, o PCO demonstra que é da mesma cepa dos revisionistas da LIT e do PSTU. 

O NOVO NEGÓCIO BILIONÁRIO DA “MEDICINA A DISTÂNCIA”: SAÚDE DOS SERES HUMANOS SE TRANSFORMA AINDA MAIS EM MERCADORIA, LUCRO E CAPITAL NO MUNDO PANDÊMICO

A maior parte do excesso de mortalidade durante a pandemia foi consequência do confinamento social. Ele não só matou idosos em asilos, mas também convalescentes em suas casas. Essas pessoas estavam cronicamente doentes e foram deixados à própria sorte. A trilha dos cadáveres abriu uma nova veia de negócios: a “medicina a distância”, que se beneficia do monitoramento remoto de pacientes por meio de plataformas que gerenciam continuamente seus dados médicos. Já tem um nome: eles chamam de RPM (“Remote Patient Monitoring”). É o primeiro passo para acabar com o atendimento médico presencial. A era da “medicina virtual” começa projetando um novo negócio para as grandes empresas que gerenciam esses serviços nas redes hospitalares e de planos de saúde mercenários.

domingo, 28 de março de 2021

“ACIDENTE” NO SUEZ CUSTA 400 MILHÕES DE DÓLARES POR HORA: ECONOMIA CAPITALISTA SE BASEIA NA ANARQUIA DA PRODUÇÃO E CIRCULAÇÃO DE BENS. ENCALHE E PANDEMIA SÃO UM DESSES RECURSOS DO CAPITAL PARA RESETAR PARTE DA SUPERPRODUÇÃO SEM ESCOAMENTO NO MERCADO

No canal do Suez que liga o Mediterrâneo ao Mar Vermelho, passa cerca de 30% do volume mundial de contêineres e cerca de 12% do comércio global de mercadorias. O Ever Given, navio cargueiro gigante com a bandeira panamenha que encalhou em 23 de março no Canal de Suez (Egito), bloqueando completamente o tráfego em ambas as direções em uma das rotas marítimas mais importantes do mundo, está custando cerca de US $ 400 milhões para a economia global a cada hora, de acordo com estimativas da revista especializada Lloyd's List. O encalhe “acidental” do “monstro” marítimo, independente dos dias que perdurará, vai produzir o efeito cascata de uma súbita elevação nos preços das mais variadas commodities no mercado global, justamente no meio de uma crise econômica “pandêmica” (mero disfarce da crise capitalista de superprodução), onde ocorre uma subida geral de preços, já ameaçando um desabastecimento global. Este fator somado ao da “quarentena mundial” ter decuplicado os níveis de miséria e fome no planeta, provocado por uma quebra generalizada de empresas, pequenos negócios que gerou desemprego em massa. Mas tudo não passa de uma “mera coincidência”, caso você pense o contrário, pode ser acusado de “conspiranóico”, preso e internado em um hospício para “ultra-esquerdistas”... por desconfiar do espírito “ético e científico” dos barões do capital financeiro.

100 MORTOS EM UM ÚNICO DIA EM MIANMAR: MAS NÃO FOI À COVID, E SIM A BRUTAL REPRESSÃO DOS MILITARES GENOCIDAS CONTRA A MOBILIZAÇÃO DAS MASSAS QUE NÃO QUEREM “FICAR EM CASA” COMO MANDA A OMS...

Mais de 100 manifestantes perderam a vida durante os multitudinários protestos populares no último sábado (27/03), reprimidos brutalmente pelos militares genocidas,  exatamente na mesma data que coincidiu com a celebração do “Dia das Forças Armadas” em Mianmar. A rebelião de massas contra o golpe militar abarca todo o país de forma politicamente sustentada, sem interrupção, sem ceder, nem parar um instante. Do outro lado, nos quartéis do governo, as Forças Armadas se agarram ao poder estatal que está se desmoronando diante do crescente da fúria popular.

PCO APOIA INTERVENÇÃO DA ONU NO BRASIL: RUI PIMENTA DEFENDE QUE O COVIL IMPERIALISTA AFASTE BOLSONARO... CONTRA ESTA TRAIÇÃO VERGONHOSA, REIVINDICAMOS A POSIÇÃO PRINCIPISTA DE TROTSKY “ESTAREMOS INCONDICIONALMENTE COM O ‘BRASIL FASCISTA’ CONTRA UMA INTERVENÇÃO IMPERIALISTA ‘DEMOCRÁTICA’!”

O PCO vem festejando o pedido feito pelo presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, para que o covil imperialista da Organização das Nações Unidas (ONU) intervenha no Brasil sob o pretexto de combater a pandemia de Covid-19. No artigo “Pandemia fora de controle: Maduro denuncia Bolsonaro na ONU por política genocida” (DCO, 26.03) Rui Pimenta justifica o pedido da intervenção da ONU pelo Chavismo alegando que “O presidente da Venezuela pede que organismos internacionais intervenham no governo brasileiro, pois o país se tornou um risco sanitário para todo o continente. Maduro também cobrou providências da Organização das Nações Unidas (ONU), exigindo que o órgão cobre uma resposta efetiva do governo brasileiro para frear o avanço da pandemia, visto que o Brasil já é considerado um risco para sanitário para toda a região, pelo descontrole da contaminação”. Desta forma, o PCO “honra” sua tradição de se colocar ao lado do imperialismo “democrático” contra as nações oprimidas rompendo cabalmente com o Trotskismo. Rui Pimenta teve essa conduta traidora em 2011 na Líbia, repetindo como papagaio da mídia imperialista que Kadaffi era um “ditador sanguinário” para legitimar a intervenção da OTAN. Agora reproduz a mesma cantilena revisionista no Brasil, alegando como toda a esquerda domesticada a Big Pharma que por Bolsonaro ser um “genocida sanitário” deve ser retirado do governo por uma intervenção da ONU. Obviamente todo combatente anti-imperialista deve rechaçar vigorosamente esta vergonhosa posição capituladora do chavismo e do PCO.

DOS EUA AO JAPÃO, INSPIRADO NO “MODELO” CHINÊS, COMEÇA A VALER O “PASSAPORTE DIGITAL COVID-19”: MAIS UM PASSO DO CONTROLE DE MASSA DA NOVA ORDEM MUNDIAL BASEADA NO FASCISMO SANITÁRIO IMPOSTO PELA GOVERNAÇA GLOBAL DO CAPITAL FINANCEIRO

De forma simultânea grandes cidades dos EUA assim como do Japão já estão começando a exigir passaporte de saúde "Covid-19" para se ter acesso a lugares públicos e privados. Na sexta-feira, a cidade de Nova York começou a exigir a exibição do primeiro “passaporte de vacina” da América, chamado de “Excelsior Pass”. Tóquio planeja avançar com o uso de certificados digitais para pessoas imunizadas contra o novo coronavírus SARS-CoV-2, com a China já usando este método. A Rússia também está trabalhando em um certificado para pessoas que foram inoculadas com as suas vacinas. O certificado de imunização será gerido por um aplicativo móvel controlado pela Big Tech (grandes empresas de tecnlogia), obrigando que a pessoa apresente o comprovativo de vacinação ao embarcar em um avião ou fazer check-in em um hotel, empresa ou órgãos públicos. Trata-se de uma medida repressiva e de monitoramente já aplicada pela China e planejada para o verão europeu pela UE e outros países sobre os auspicios do Fórum Econômico Mundial.

sábado, 27 de março de 2021

APÓS SEIS ANOS DA GUERRA CONTRA O IÊMEN: ARÁBIA SAUDITA ESTÁ MUITO PRÓXIMA DA DERROTA

Seis anos atrás, a reacionária coalizão liderada pela Arábia Saudita, à serviço dos interesses do imperialismo ianque, realizou seus primeiros bombardeios no Iêmen como parte de seu esforço para restaurar ao governo o presidente fugitivo Abed Rabbo Mansur Hadi. O ex-presidente é atualmente um fantoche da oligarquia saudita, sem nenhuma autoridade política e legitimidade popular. Não conseguiu se estabelecer na capital, Sanaa, e sua sede política em Aden foi atacada por militantes do Conselho de Transição Sul.

10 ANOS DA GUERRA CIVIL NA SÍRIA PATROCINADA PELOS EUA E SEUS ALIADOS NEOCOLONIALISTAS: VIVA A RESISTÊNCIA ANTI-IMPERIALISTA! FORA AS TROPAS IANQUES E DA OTAN DO ORIENTE MÉDIO! PELA DERROTA DOS TERRORISTAS "MADE IN USA"!

Neste mês de março, a guerra civil na Síria completa dez anos de duração. Estima-se que 600 mil pessoas possam ter morrido no conflito patrocinado pelo imperialismo ianque e seus aliados neocolonialistas. A guerra foi responsável pela destruição de boa parte da infraestrutura do país, o que prejudicará seu desenvolvimento nas próximas décadas. Os protestos se iniciaram em março de 2011, na cidade de Deraa, ao sul do país. Eram manifestações contra o presidente Bashar al-Assad, que governa a Síria desde 2000, quando sucedeu seu pai, Hafez al-Assad, no poder. Logo os agentes “humanitários” do imperialismo viram a oportunidade de fazer na Síria uma nova Líbia, usando a suposta defesa dos “direitos humanos” para legitimar a ação dos mercenários “rebeldes”, da ONU e da OTAN! 

ATENTANDO NA COLÔMBIA: DUQUE USA "COMBATE AO TERRORISMO" PARA APROFUNDAR MILITARIZAÇÃO DO REGIME... ORGANIZAR A RESISTÊNCIA OPERÁRIA E CAMPONESA EM UNIDADE COM O ELN E DISSIDENTES DAS FARC PARA DERROTAR O TÍTERE DO IMPERIALISMO IANQUE! 

A explosão de uma bomba frente à Prefeitura de Corinto, na Colômbia, deixou várias pessoas feridas e foi considerada como um ato de terrorismo pelo presidente do país, Iván Duque. Ao que tudo indica foi um atentado fabricado pelo próprio governo e as forças amaradas operado por grupos paramilitares com o objetivo de aprofundar a militarização do regime político e perseguir as organizações sindicias, os núcleos da guerrilha dissidente das FARC e o ELN em meio a um clima de descontentamento popular com a gestão de extrema-direita que controla o país.

O IMPEACHMENT DA ESQUERDA DOMESTICADA É MOURÃO NA PRESIDÊNCIA: DINO TEM PELO MENOS O MÉRITO DA HONESTIDADE REFORMISTA, A MESMA QUE FALTA AO PSOL PSTU E PCO 

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), defendeu nesta última quinta-feira (25/03) o impeachment do presidente Jair Bolsonaro por sua condução no combate à pandemia. Na Live da revista Valor, da famiglia Marinho, o “comunista” em surto de sinceridade reformista, afirmou que o vice-presidente Hamilton Mourão, um apologista da Ditadura Militar, tem mais condições de governar o Brasil do que Bolsonaro. 

sexta-feira, 26 de março de 2021

GOLPE DA VACINA “VERDE E AMARELA”: DÓRIA ANUNCIA IMUNIZANTE 100% BRASILEIRO COM IFA CHINÊS E PATENTE NORTE-AMERICANA. ESQUERDA REFORMISTA NÃO SABE FAZER OUTRA COISA A NÃO SER “CONTAR E VIBRAR COM OS MORTOS” DAS ESTATÍSTICAS ESTADUAIS, MANIPULADAS E SOB CONTROLE DA OMS

Sob os auspícios do governador tucano João Dória, o Instituto Butantan anunciou hoje (26/03) que começou a desenvolver a produção piloto de uma suposta primeira vacina 100% brasileira contra o novo coronavírus.Chamada de ButanVac, essa seria uma vacina desenvolvida e produzida integralmente no Butantan paulista, que segundo o presidente do instituto, Dimas Costa, sem a necessidade de importação do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA). A versão publicitada pelos tucanos, é que a vacina seria produzida integralmente no Brasil: “porque a fábrica de Influenza do Butantan pode produzir o insumo utilizando a tecnologia de vacina inativada com base em ovo”. Entretanto o golpe midiático do governador paulista filiado ao PSDB durou pouco, apesar de ter contado com o imediato aplauso da esquerda reformista e domesticada que não sabe fazer outra coisa a não ser implorar pela compra das vacinas transgênicas (placebo) da Big Pharma, além de contabilizar e vibrar com as mortes das estatísticas manipuladas, registradas pelo consórcio dos governos estaduais e mídia corporativa, sob o rígido controle da OMS. Logo após ao “show” do tucanato, com a devida claque da esquerda, a verdade começou a vir à tona. O IFA da Butanvac não é tão tupiniquim assim e tem um DNA chinês, mas pior vexame ainda estaria por chegar. No fim da tarde o jornal “Folha de S. Paulo” revelou que um hospital norte-americano (Mount Sinai), ligado à Fundação Bill Gates, afirma ser o dono da patente desse imunizante.

GUERRA DAS VACINAS: RÚSSIA PÕE EM CIRCULAÇÃO SUA TERCEIRA VACINA CONTRA A COVID, “COVIVAC”. A SPUTNIK JÁ FOI SUPERADA? 

Ao mesmo tempo em que o respeitável instituto científico de microbiologia russo, Gamaleya, acaba de detectar a existência de três mil cepas do coronavírus, somente em seu território nacional, o que demonstra que devem haver alguns milhares de cepas e variantes em todo o planeta (colocando por terra a farsa da “variante amazônica” como a única “peste” do mundo neste momento com capacidade letal), o governo Putin lança sua terceira vacina contra a Covid, a CoviVac, que foi desenvolvida pelo Centro Científico Federal para Pesquisa e Desenvolvimento de Drogas Imunobiológicas M.P. Chumakov. O medicamento estará disponível nos próximos dias nas regiões russas, segundo afirmou Valeri Falcov, Ministro da Ciência. O presidente russo, Vladimir Putin, disse na última quarta-feira (24/03) que o país já havia produzido os primeiros lotes dessa vacina.

BIDEN PATROCINA ALIANÇA MILITAR CONTRA A FRENTE DE LIBERTAÇÃO DO POVO TIGRÉ (FLPT): GOVERNOS DA ETIÓPIA E ERITRÉIA, CAPACHOS DO IMPERIALISMO IANQUE, UNIDOS NO COMBATE A LUTA PELA INDEPENDÊNCIA NACIONAL NA ÁFRICA

O primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, admitiu a presença de tropas eritreias na região de Tigré, apoiando o governo etíope no combate militar contra a Frente de Libertação do Povo Tigré (FLPT). A presença estrangeira foi revelada por residentes que tiveram parentes próximos mortos nos combates, mas era negada durante meses pelas gestões burgueses servis ao imperialismo de ambos os países. Na Etiópia, o segundo país mais populoso da África, o exército federal enfrenta tropas ligadas à FLPT, partido nacionalista que governa a região norte do país e luta pela sua independência. Abiy Ahmed Ali é o primeiro-ministro apoiado pelo imperialismo ianque e europeu. Ele recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 2019 por seus “esforços” para encerrar 20 anos de guerra entre a Etiópia e a Eritreia, isolando os setores mais ligados a esquerda anti-imperialista.

“CYBER POLYGON 2021”: FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL ANUNCIA SIMULAÇÃO DE ATAQUE CIBERNÉTICO PARA TESTAR OS LIMITES MENTAIS DA HUMANIDADE E A CAPACIDADE DE SEGURANÇA DOS GRANDES CAPITALISTAS EM UMA GUERRA COMERCIAL VIRTUAL


O site do Fórum Econômico Mundial (FEM) anunciou que prepara para este ano (9 de julho de 2021) um ataque cibernético global simulado que devastaria as redes virtuais de comércio, relações pessoais e abastecimento, fazendo com que a Internet “fechasse” ou permitisse o roubo de dados privados do sistema bancário. “Cyber ​​Polygon” é um evento de cibersegurança que serve de treinamento para altos executivos e para testar os limites psicológicos da humanidade. 

quinta-feira, 25 de março de 2021

CONSÓRCIO DA MÍDIA CORPORATIVA LANÇA OFENSIVA PESADA CONTRA OS FÁRMACOS QUE DEBELAM A COVID: SERÁ QUE A GLOBO TEM MESMO INTERESSE EM “SALVAR VIDAS E DEFENDER A CIÊNCIA”?

Diversas reportagens do consórcio da mídia corporativa (murdochiana), publicadas no Estadão, Folha e Globo vêm associando episódios de “hepatite medicamentosa” e casos de possível necessidade de transplante de fígado a utilização do chamado “kit covid”, conjunto de medicamentos que vêm apresentando larga eficácia (ministrados na maioria dos hospitais brasileiros) contra Covid-19, durante mais de 1 ano da pandemia. Entretanto, apesar da histeria midiática contra qualquer fármaco que possa debelar a infecção viral, não existem estudos científicos que vinculem medicamentos como Ivermectina a risco de complicações no fígado. Os relatos oficiais de reações adversas, para além das manchetes terroristas da Globo e Estadão, são estatisticamente desconsideráveis (1 reação para cada milhão de pacientes) se comparadas as reações da vacina da AstraZeneca ou mesmo Corovac (1 reação para cada 30 mil inoculados) que a famiglia Marinho considera perfeitamente seguras. Mas segundo o Estadão: “O uso do chamado kit covid, que reúne medicamentos sem eficácia contra a doença, mas que continua sendo prescrito por alguns médicos e propagandeado pelo presidente Jair Bolsonaro, levou cinco pacientes à fila do transplante de fígado em São Paulo e está sendo apontado como causa de ao menos três mortes por hepatite causada por remédios”. A afirmação acima é pura “fake news”. Não há vínculos estatísticos, médicos ou científicos que apontem para a causalidade entre o uso do medicamento amplamente receitado há 40 anos e um evento adverso que leva ao risco de transplante de fígado. Se o jornal quisesse fazer afirmação mais segura poderia ter escrito que os casos podem ter levado cinco pacientes à fila do transplante de fígado e não levou, como sentenciou o tradicional pastelão da direita.

CERCO “MADE IN USA” CONTRA A CHINA: TAIWAN INICIA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE MÍSSEIS DE LONGO ALCANCE COM O PATROCÍNIO DO PENTÁGONO  

Nesta quinta-feira (25.03), Taiwan anunciou início da produção em escala industrial de mísseis de longo alcance e o desenvolvimento de três novos modelos, disse o ministro da Defesa da ilha, Chiu Kuo-cheng. A prioridade da presidenta do enclave, Tsai Ing-wen, uma fantoche do imperialismo ianque, é desenvolver mísseis ofensivos. “Esperamos que sejam [mísseis] de longo alcance, com alta precisão e mobilidade” afirmou ela. Os EUA, principais fornecedores estrangeiros de armas de Taipé, trabalham para fortalecer o potencial militar da ilha para conter a China, em projeto conhecido no Pentágono como “Fortaleza Taiwan”. Por não ser membro das Nações Unidas, Taiwan não participa dos principais tratados de não proliferação de armas nucleares e de tecnologia de mísseis. As tensões entre Pequim e Washington reacenderam nos últimos meses também devido a Taiwan, após a administração Biden intensificar cooperação com o enclave imperialista, considerada pela China parte de seu território.

PCdoB CELEBRA 99 ANOS CADA VEZ MAIS “VERDE E AMARELO”: PARTIDO CAMINHA A PASSOS LARGOS PARA ABANDONAR FORMALMENTE A FOICE O MARTELO NO ALTAR NA DEMOCRACIA BURGUESA ENQUANTO COSTURA “FRENTE AMPLÍSSIMA” ATÉ COM O PSDB PARA AS ELEIÇÕES DE 2022 

O PCdoB celebra 99 anos de existência hoje. A data será marcada de maneira virtual com ato nacional que será realizado a partir 18h30 pelas redes sociais do partido. Nada de aglomeração social e de lutas diretas, os ex-stalinistas querem mesmo é se aproximar de outras legendas burguesas para manter sua sobrevivência eleitoral. Tanto que por trás do tema central do ato, que será “a defesa da vida e da democracia”, está o chamado a vários políticos ligados às oligarquias como Ciro Gomes, Rodrigo Maia e até mesmo o tucano FHC. O evento será dedicado ao histórico dirigente comunista Haroldo Lima, falecido nesta quarta-feira (24), ex-presidente da Agência Nacional de Petróleo que entregou vários blocos de petróleo para transnacionais nos governos da Frente Popular. Não por acaso, o PCdoB informa que “mais de 60 lideranças e personalidades nacionais da política, da cultura, dos movimentos sociais, da intelectualidade e do campo jurídico participarão do ato. Grande parte, em suas mensagens, sublinha que o PCdoB é indispensável à democracia.”

PCB COMPLETA 99 ANOS: POR TRÁS DO SEU “NOVO” CHAMADO A “UNIDADE DAS FORÇAS POPULARES” ESTÁ A POLÍTICA DE CONCILIAÇÃO DE CLASSES QUE MARCA SUA TRAJETÓRIA DE SUBMISSÃO AO STALINISMO ATÉ A ATUAL VIRADA SOCIAL-DEMOCRATA COMO SUBLEGENDA DO PSOL 

O PCB completa 99 anos nesse 25 de março lançando um "novo" chamado a "unidade das forças populares", obviamente de olha na constituição de uma ampla frente eleitoral para 2022. O PCB hoje é um partido totalmente diferente do ponto de vista político e programático da organização comunista que teve sua gênese revolucionária em 1922 sob a influência direta da vitória da Revolução de Outubro 1917, quando os nove delegados fundaram o partido em ruptura com o anarquismo. O antigo “Partidão” não passa hoje no Brasil de uma sublegenda do PSOL e seu programa socialdemocrata. 

quarta-feira, 24 de março de 2021

MILHARES PRESENTES NO ATO DOS 45 ANOS DO GOLPE NA ARGENTINA: HONRAR A MEMÓRIA DOS NOSSOS MAIS DE 30 MIL MORTOS PELOS MILITARES GENOCIDAS! 

O dia 24 de março marca o 45º aniversário do golpe militar na Argentina, instituindo uma ditadura contra-revolucionária, cujo objetivo era o aniquilamento dos trabalhadores classistas e da vanguarda popular de esquerda que, potencialmente, colocava em xeque o domínio da classe capitalista e sua propriedade privada sobre os meios de produção. O golpe militar de março de 1976 foi a resposta da classe capitalista à ascensão operária e popular iniciada no Cordobazo em 1969. Desde a queda da ditadura em 1982, o regime político de dominação burguesa teve que adotar uma mascarada "democrática", tentou muitas e variadas políticas para reconstruir a "legitimidade" que as Forças Armadas perderam após a selvagem repressão contra o povo organizado e suas lideranças políticas de esquerda. O primeiro presidente civil, Raúl Alfonsín "julgou" a Junta Militar, mas depois cedeu com a devida obediência e o ponto final. O recém defunto, o peronista Menem, queria completar a tarefa e anistiou os genocidas. Porém, todas essas manobras foram insuficientes para atingir o objetivo que os diferentes regimes políticos da burguesia haviam proposto: "fechar a ferida" entre as Forças Armadas e o povo argentino.

CHILE CAMPEÃO MUNDIAL DA VACINAÇÃO EM MASSA: ADOTOU AGORA UM RIGOROSO LOCKDOWN DEVIDO A NOVO SURTO DO COVID QUE LOTA 95% DAS UTI’S DO PAÍS. AFINAL AS VACINAS DA BIG PHARMA IMUNIZAM OU NÃO A POPULAÇÃO?

No Brasil, a esquerda reformista e domesticada pelo capital financeiro vem sendo rebocada pela histérica campanha da mídia corporativa, em defesa da compra de 500 milhões de doses de vacinas contra a Covid que a Big Pharma colocou até agora no mercado mundial (Astra, Coronav, Pfizer e Jonhson). Estes apologistas da colaboração de classes, PT, PCdoB, PSOL e PSTU, gritam demagogicamente pelo “isolamento social” e que Bolsonaro seria um “genocida” porque supostamente não comprou logo os milhões de vacinas que estão sendo vendidas pelas corporações farmacêuticas imperialistas, dando pouca ou nenhuma atenção as milhares de mortes causadas por um sistema público de saúde, sucateado há décadas e que tem UTI’s mal equipadas e lotadas com 90% de sua capacidade há pelo menos 30 anos!

COREIA DO NORTE REALIZA PRIMEIRO TESTE DE MÍSSEIS DESDE A POSSE DO CARNICEIRO “DEMOCRATA” BIDEN: APOIAMOS O PLENO DIREITO DE AUTODEFESA DO ESTADO OPERÁRIO FRENTE AS PROVOCAÇÕES DO IMPERIALISMO IANQUE!

A Coreia do Norte realizou testes com dois mísseis de curto alcance, poucos dias após visita de altos funcionários da administração Biden à Coreia do Sul e ao Japão. “Detectamos dois projéteis que presumimos ser dois mísseis de cruzeiros”, informou o Estado-Maior sul-coreano. Os testes são os primeiros efetuados por Pyongyang desde a posse do carniceiro “Democrata” Joe Biden. Os lançamentos representam um desafio direto do dirigente norte-coreano Kim Jong-un ao presidente ianque. Durante semanas, oficiais de defesa dos EUA advertiram que a inteligência indicava que a Coreia do Norte poderia realizar testes de mísseis. O lançamento foi uma resposta aos exercícios militares do imperialismo na região, caracterizado como uma séria ameaça para a soberania do Estado Operário.

“CAPITALISMO VERDE”: UM ENGODO DE 500 BILHÕES DE DÓLARES PARA ENGROSSAR O CAPITAL DAS CORPORAÇÕES IMPERIALISTAS. ESQUERDA DOMESTICADA É SÓCIA MINORITÁRIA DO GRANDE “EMPREEDIMENTO FINANCEIRO”

Uma reorganização da economia mundial capitalista de “ponta a ponta”,  não é uma proposta para o futuro. O Grande Reset está sendo atualizado à medida que o mundo permanece preso em um sentido confinamento social nunca antes visto na história. A 'economia sustentável' da ONU está sendo administrada pelos mesmos bancos mundiais que provocaram a crise financeira de 2008. Desta vez, as corporações se preparam previamente para a Grande Reset, impulsionado pelo suporte do Foro Econômico Mundial, liderado por Klaus Schwab. Gerando centenas de bilhões e trilhões de investimentos em empresas financeiras escolhidos a dedo, sob custódia de terceiros, como grandes trustes de petróleo, gás e minerais.

OTAN BOMBARDEOU A IUGOSLÁVIA SOB O PRETEXTO “HUMANITÁRIO” DE “LIBERTAR KOSOVO”: HÁ 22 ANOS OS REVISIONISTAS DO TROTSKISMO APLAUDIRAM A AGRESSÃO IMPERIALISTA QUE DESTRUIU O ANTIGO ESTADO OPERÁRIO NOS BÁLCÃS

Há 22 anos atrás, em 24 de março de 1999 a OTAN iniciou o bombardeio a Iugoslávia usando como pretexto a defesa de Kosovo, exterminando milhares de vidas e pavimentando o fim do Estado Operário deformado a partir do ataque a república da Sérvia, então governada por Milosevic. Um míssil teleguiado da OTAN atingiu Belgrado, iniciando uma nova guerra nos Bálcãs. De acordo com a OTAN, a operação buscava deter os abusos de direitos humanos em Kosovo por parte dos Sérvios. Os bombardeios de 1999 levaram à retirada das forças iugoslavas do Kosovo e o estabelecimento da UNMIK, a missão da ONU em Kosovo, na verdade um protetorado ianque no coração da Iugoslávia. Os ataques aéreos duraram de 24 de março de 1999 a 10 de junho de 1999.

HÁ EXATOS 90 ANOS O IMPERIALISMO BRITÂNICO ENFORCAVA 3 REVOLUCIONÁRIOS COMUNISTAS: SEUS “CRIMES” FORAM O DE LUTAR PELA INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA

Hoje, 24 de Março de 2021, prestamos um tributo a memória de três mártires revolucionários  indianos: Bhagat Singh e seus dois camaradas, Sukhdev Thapar e Shivaram Rajguru, que lutaram bravamente contra o imperialismo britânico e foram enforcados no dia 23 de março em 1931. Em 17 de dezembro de 1928, o revolucionário comunista indiano Bhagat Singh e seus camaradas Sukhdev Thapar e Shivaram Rajguru eliminaram o colonizador britânico e policial fascista James Saunders em Lahore, Punjab, província indiana, tornando-se a partir de sua ação heróis populares na luta contra a dominação do imperialismo britânico.

terça-feira, 23 de março de 2021

“VIRADA” DE CÁRMEN LÚCIA CONFIRMA O SINAL DO IMPERIALISMO DADO AO STF: “ISOLEM BOLSONARO E MORO E COLOQUEM LULA NOVAMENTE NO JOGO”

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta terça-feira (23/03), por 3 votos a 2, que o ex-juiz Sérgio Moro foi imparcial no julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá. Votaram pela parcialidade do ex-juiz (justiceiro) Sérgio Moro os ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e a ministra Cármen Lúcia. Rejeitaram o habeas corpus os ministros Edson Fachin, relator do processo, e o ministro Kássio Nunes Marques, o preposto declarado de Bolsonaro na Corte. A ministra Cármen Lúcia, que havia votado contra o habeas corpus na primeira fase do julgamento, mudou o voto e decidiu pela aceitação do habeas corpus, indicando claramente que a orientação política geral do imperialismo ianque para o Brasil é isolar Bolsonaro e Moro (lixo já descartado do entulho golpista), colocando Lula novamente no jogo eleitoral.

EX-DIRIGENTE DA FUNDAÇÃO BILL GATES: O ALERTA GLOBAL DE GEERT VANDER BOSSCHE 

Por: Geert Vander Bossche*

O Blog da LBI publica a Carta Aberta, de Geert Vander, uma grave denúncia dos métodos adotados nesta pandemia pela OMS, e que partiu de um qualificado cientista PHD em infectologia e especialista em vacinas e antigo dirigente da GAVI Alliance (organização para vacinas no mundo) e da Fundação Bill e Melinda Gates. Portanto trata-se uma dissidência surgida na cúpula do grupo que hoje comanda a OMS, contendo um alerta sobre como as grandes corporações farmacêuticas vem impulsionando irresponsavelmente a vacinas contra a Covid. Mesmo sem termos acordo integral com o texto, reconhecemos seu alto rigor científico e a seriedade das denúncias lançadas contra as atuais vacinas da Covid colocadas no mercado que segundo o autor podem gerar um alastramento das cepas e variantes do coronavírus para um nível incontrolável. Geert faz questão de enfatizar que não é “contra as vacinas em geral”, e tampouco se caracteriza como “negacionista”, como os midiotas tentam taxar todos cientistas que elaboram algo cientificamente distinto do “cardápio da Big Pharma”.

--------------------------------------------------

A todas as autoridades, cientistas, especialistas e a quem isto mais interessa, a população mundial.

Posso ser tudo, menos contrário às vacinas. Como cientista, não costumo apelar a qualquer plataforma deste tipo para tomar posição sobre assuntos relacionados a elas. Como dedicado virologista e especialista em vacinas, apenas me pronuncio quando autoridades médicas permitem vacinações que ameaçam a saúde pública, principalmente quando evidências científicas são ignoradas. A gravidade da situação me força a divulgar este alerta. Uma intervenção humana sem precedentes, como esta da pandemia da covid-19, está prestes a gerar uma catástrofe global nunca antes vista. Portanto, este apelo precisa ser alto e claro.

“TIROS NO COLORADO”: NOVO MASSACRE EXPRESSA DOENTIA SOCIEDADE CAPITALISTA IANQUE CUJAS TENDÊNCIAS FASCISTAS E XENÓFOBAS SE APROFUNDARAM COM O TERROR SANITÁRIO NA PANDEMIA

Um homem armado matou ontem pelo menos 10 pessoas em um supermercado de um bairro residencial da cidade de Boulder, no Colorado. Testemunhas que falaram à imprensa local descreveram cenas de caos no começo da tarde desta segunda-feira (hora local), com dezenas de clientes correndo para as saídas depois de ouvirem os primeiros tiros. Um vídeo gravado por uma testemunha mostra a polícia retirando da cena do crime um homem algemado, ensanguentado e parcialmente nu. Nesta terça, a polícia afirmou que o autor dos disparos é Ahmad Al Aliwi Alissa, 21. Alissa está no hospital se recuperando de um ferimento à bala na perna e quando ele tivesse alta e deve ser transferido para a prisão assim que tiver alta. Os motivos que levaram o jovem a provocar o massacre são desconhecidos, segundo a chefe de polícia de Boulder, Maris Herold. A tragédia ocorre menos de uma semana depois de um indivíduo de 21 anos matar oito pessoas a tiros, sendo sete mulheres e seis de origem asiática, em três casas de massagem de Atlanta, capital do Estado da Geórgia. O confinamento social imposto devido a pandemia de Covid-19 multiplicou os feminicídios, suicídios, a depressão, o vício em bebidas e drogas e, com ele, as overdoses, as mortes e assassinatos, enfim o avanço da barbárie social como vimos no Colorado.

GOVERNO DO IRÃ AMEAÇA ENCLAVE SIONISTA DE ISRAEL: “SE CONTINUAREM OS ATAQUES À SÍRIA RESPOSTA SERÁ MAIS DURA”

Em carta enviada à ONU, governo sírio de Bashar Al Assad, afirma que Israel praticou mais de 50 ataques no país em menos de um ano. Já o regime nacionalista dos aiatolás do Irã, país parceiro político e militar de Damasco, adverte o enclave sionista de Israel e declara que “Se continuarem os ataques, os fará se arrepender de suas ações".

IMPERIALISMO IANQUE E ALIADOS IMPÕEM SANÇÕES A CHINA: BIDEN MOVE SEUS PEÕES EM UM NOVO LANCE DA DISPUTA POLíTICA E ECONÔMICA NO XADREZ DA GUERRA HÍBRIDA

Os EUA, União Europeia (UE), Reino Unido e Canadá impuseram sanções contra funcionários do governo chinês, acusando-os de violações dos direitos humanos na província de Xinjiang. Essa foi a primeira rodada de sanções coordenada entre países ocidentais, conforme estratégia do carniceiro "Democrata" Biden. A China reagiu imediatamente impondo sanções a funcionários destes países, suas famílias, diplomatas e instituições privadas. Os Marxistas Leninistas não integram o bloco político de apoio incondicional ao governo do Partido Comunista chinês, mas de forma alguma esta posição significa participar do conluio da guerra híbrida do imperialismo contra a China!

segunda-feira, 22 de março de 2021

URGENTE: DOIS MILITARES VENEZUELANOS MORTOS E VÁRIOS FERIDOS EM CONFRONTO NA FRONTEIRA COM A COLÔMBIA. BIDEN JÁ COMEÇOU A AGIR... 

Durante violentos confrontos entre as forças armadas da Venezuela e grupos armados colombianos, financiados pela CIA, na fronteira entre ambos países, dois militares venezuelanos morreram e vários ficaram feridos.Nesta segunda-feira (22/03), o governo bolivariano de Nicolás Maduro informou sobre vários confrontos ocorridos no dia anterior (domingo, 21) com grupos irregulares armados colombianos no estado de Apure, na fronteira com a Colômbia, segundo o comunicado da Força Armada Nacional Bolivariana (FANB), a Operação Escudo Bolivariano 2021, foi bem sucedida em defenestrar os terroristas que recebem suporte logístico da Casa Branca. Além dos dois militares venezuelanos que morreram, 32 milicianos foram capturadas e seis campos com armamento e munições foram destruídos.

“OPERAÇÃO RESGATE ASTRAZECA”: SOB A CHUVA DE DENÚNCIAS INTERNACIONAIS CONTRA A “VACINA OXFORD”, GOVERNO INGLÊS “ZERA AS MORTES” DO PAÍS LITERALMENTE DA NOITE PARA O DIA...

França, Alemanha, Itália e outros países europeus que suspenderam a vacina AstraZeneca, retomaram sua aplicação "depois que autoridades sanitárias vieram em socorro da corporação farmacêutica inglesa”, tentaram dissipar as preocupações de que a vacina pudesse levar a coágulos sanguíneos. A decisão foi tomada após declarações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) de que a vacina AstraZeneca era "segura e eficaz". O argumento utilizado pelos organismos sanitários internacionais do imperialismo, foi o de que o percentual de mortes e efeitos clínicos adversos após a vacina era “percentualmente muito baixo”. 

BANQUEIROS E RENTISTAS ASSINAM MANIFESTO PEDINDO "ISOLAMENTO SOCIAL E COMPRA DE VACINAS NO COMBATE À COVID". PT, PSOL, PCdoB e PSTU TAMBÉM QUEREM ASSINAR A CARTA DO CAPITAL FINANCEIRO SUPOSTAMENTE EM “DEFESA DA VIDA E DA CIÊNCIA”...

Manifesto dos maiores rentistas do país, tendo à frente a famiglia Setubal do Itaú, será enviado aos chefes dos três poderes pedindo “Isolamento Social”, compra de vacinas e a decretação de lockdown por um longo período. Entre os “defensores da vida e da ciência” estão os signatários: Pedro Malan, Maílson da Nóbrega, Arminio Fraga, Ilan Goldfajn, José Olympio Pereira e Pedro Moreira Salles, além do “cabeça”do grupo Roberto Setúbal do grupo Itaú. Empresários como Pedro Passos, da Natura, e Horacio Lafer Piva, da Klabin, também aderiram ao “texto sanitário” do rentismo brasileiro. 

GUERRA CONTRA O IÊMEN: IMPERIALISMO IANQUE MANTÉM SEU APOIO A REACIONÁRIA MONARQUIA SAUDITA PARA DESTRUIR O PAÍS

O imperialismo ianque e seus súditos do Reino Unido foram os principais mantenedores da monarquia saudita em seus seis anos de guerra para tentar subjugar o Iêmen. Os dois países imperialistas forneceram bilhões de dólares em armas de alta tecnologia, inteligência e treinamento para a monarquia mais repressiva e reacionária do Oriente Médio. Ainda assim, de acordo com as confissões de seis homens presos no mês passado na batalha em curso pela província estratégica de Marib no Iêmen, o apoio da coalizão ocidental à frente de combate liderada pelos sauditas vai muito além de um apoio militar convencional.