sexta-feira, 26 de junho de 2020

SEM MÁSCARA DE FILANTROPO: BILL GATES FINALMENTE ANUNCIA A “VACINA DA MICROSOFT” PARA ESTE ANO...


O fundador da Microsoft, Bill Gates, declarou nesta quinta-feira (25/06) a rede CNN que “as perspectivas atuais para o coronavírus, tanto global quanto nos Estados Unidos, são mais sombrias" do que ele esperava. Gates, falando em um fórum da CNN sobre coronavírus, atribuiu o aumento nos números “à falta de testes e rastreamento de contatos, bem como à falta de máscaras”. Gates afirmou em tom de falso profeta que continua “esperançoso de que os Estados Unidos intensifiquem  e ajudem a trazer as ferramentas, principalmente a vacina, para o mundo”. O dono da Microsoft e da Fundação “filantrópica” que leva seu nome e sua esposa disse que conversa regularmente com Anthony Fauci, o principal especialista em doenças infecciosas dos EUA e assessor de Trump. Em termos de cronograma, Gates anunciou que está alinhado com Fauci em sua “previsão” de que haverá uma vacina viável até o final do ano ou no início de 2021. A revelação de Gates, feita em primeira mão na CNN, caiu como uma “bomba”, contrariando todas as previsões científicas de que uma vacina levaria alguns anos de elaboração e testes para ser colocada com segurança no mercado. Gates está diretamente relacionado às “profecias” sobre a pandemia do coronavírus, primeiro organizando um evento mundial em 2019 onde previa uma futura epidemia viral no planeta, e agora anunciado não sabemos sobre que bases em “primeira mão” uma vacina em tempo recorde. Mas antes de comunicar a vacina da Microsoft, o financista Gates transformado “cientista do século XXI”, continua ameaçando a humanidade com “segunda onda” e “quadro sombrio” para exigir a venda de mais testes, para um presente catastrófico ainda sem a sua vacina. Está claro o engodo sanitário, comercial e financeiro no qual Gates e seus parceiros imperialistas querem “engabelar” os povos, tudo isso é claro com o aval da OMS, que não por acaso tem um funcionário da Microsoft em sua presidência. A vacina da Microsoft não passa de uma farsa global, que deve lucrar trilhões de dólares, além de inaugurar o seu “capitalismo de vigilância” com a chipagem dos vacinados, uma espécie de certificado digital de implantação subcutânea para comprovar que o cidadão estará “livre da peste”. É óbvio que para um operativo desta monta Gates não está sozinho, tem “sócios” de muito peso neste negócio, para além até da Bigpharma. A ciência da história que tem seu próprio ritmo de investigações, revelará no futuro ao mundo os verdadeiros responsáveis por este crime mundial, que está sendo a pandemia do coronavírus com a produção de milhões de mortes direta ou indiretamente. Entretanto já sabemos hoje que os “curandeiros” da OMS com suas “receitas” de isolamento social prolongaram ao máximo a carga viral para estender a quarentena ao máximo, com objetivos nada humanitários ou científicos. Foram os mesmos que afirmaram que se as massas tomassem as ruas de Nova York, rompendo o isolamento, para se rebelar contra o assassinato racista de George Floyd, teríamos um milhão de mortos... passados exatamente um mês dos multitudinários protestos, Nova York registrou os menores índices de óbitos por coronavírus desde o início da epidemia. Gates, Macron, Merkel, Trump, Tedros e Fauci, são apenas faces da mesma moeda do imperialismo para tentar impor a “nova normalidade” do medo e paralisia para as massas proletárias, a descoberta repentina desta vacina da Microsoft é parte desta ofensiva contra os povos que combatem em todo o planeta!