sábado, 23 de janeiro de 2021

10 ANOS DO LEVANTE POPULAR NA TUNÍSIA: MILHARES SAEM ÀS RUAS EXIGINDO A LIBERDADE IMEDIATA DOS 600 PRESOS POLÍTICOS ENCERCERADOS POR LUTAR CONTRA A CRISE ECONÔMICA E O TERROR SANITÁRIO IMPOSTO NA PANDEMIA

Nesta semana, quando se completou 10 anos do levante popular na Tunísia, milhares de pessoas foram às ruas para exigir a libertação de centenas ativistas presos por protestar contra o governo do primeiro-ministro tunisiano, Hichem Mechichi e a crise econômica-social agravada em meio a pandemia. Depois de três noites de confrontos entre a polícia e jovens manifestantes nos bairros mais pobres do país, foram detidos mais de 600 pessoas. Centenas de pessoas protestaram em várias cidades do país, desafiando a proibição de concentrações decretada a pretexto da pandemia. 

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

HÁ QUASE UM ANO DA “QUARENTENA GLOBAL”: UM PRIMEIRO BALANÇO MARXISTA 

Estamos na encruzilhada de uma das crises mais graves da história mundial. Somos agentes da história viva, mas nossa compreensão da sequência de eventos desde janeiro de 2020 até hoje ficou muito “turva”, em consequência da verdadeira avalanche de informações falsas, veiculavas como “a mais pura ciência”, por organismos midiáticos apelidados de “murdochianos” em função de tantas mentiras difundidas ao longo de sua existência sempre à serviço das classes dominantes. Em todo o mundo, a população foi enganada por seus governos capitalistas e pela mídia corporativa sobre as causas e consequências devastadoras da “pandemia” de Covid-19, seja do ponto de vista da ciência (infectologia) ou da economia capitalista.

AUMENTO DOS GASTOS MILITARES NO CURSO DA PANDEMIA: A III GRANDE GUERRA MUNDIAL NO HORIZONTE DAS DISPUTAS GEOPOLÍTICAS PELO CONTROLE DOS MERCADOS 

O gasto global no setor da Defesa crescerá aproximadamente 2,8% em 2021. Com este aumento, os custo da atividade militar vai superar os 2 trilhões de dólares. Estados Unidos, China, Índia, Rússia e Arábia Saudita foram em 2020 os cinco maiores investidores mundiais do setor militar. Juntos, esses países responderam por 62% de todo o gasto global na área. As grandes potências militares estão intensificando os gastos para o fortalecimento de suas Forças Armadas à medida que se intensificam as tensões geopolíticas no curso da pandemia mundial. Todos estes elementos caóticos da Nova Ordem, obviamente elevam a tensão da luta de classes a um grau superior e colocam no horizonte a ameaça de uma guerra nuclear, a III Grande Guerra, uma extensão política e econômica da disputa feroz pelo controle dos mercados de consumo e das reservas naturais da terra. 

DIDIER RAOULT AFIRMA: “NUNCA MUDAMOS DE IDEIA”. MÍDIA CORPORATIVA PUBLICITA FAKE NEWS À SOLDO DA BIG PHARMA 

Replicando a desinformação internacional proposital sobre a ineficácia do tratamento profilático da Covid, obviamente à serviço dos interesses econômicos da Big Pharma, a mídia corporativa brasileira, em particular a famiglia Marinho e seus tradicionais “instrumentos” de fake news, como a revista Época, publicaram no final da semana  passada uma mentira deslavada, na qual afirmavam que o renomado infectologista francês, Didier Raoult, principal defensor da utilização da hidroxicloroquina, teria mudado de ideia e dito que o medicamento “não reduz mortes por covid-19”. No entanto, o próprio pesquisador foi a público, em seu twitter, e desmentiu a interpretação deformada feita por jornais da França como o Le Fígaro e replicada no Brasil. 

HÁ TRINTA ANOS DA GUERRA DO GOLFO: “A MÃE DE TODAS AS GUERRAS” IMPERIALISTAS PARA UM MUNDO SEM A URSS

Para o presidente dos Estados Unidos, George Bush pai, a “Operação Tempestade no Deserto” não pretendeu somente a derrotar o Iraque, mas a estabelecer uma "Nova Ordem Mundial", em mundo já sem o contraponto do poderoso Estado Operário Soviético, no marco da agonia final do governo de Mikhail Gorbatchev. Tratava-se de mostrar que a URSS estava morrendo e de criar um mundo dominado plenamente pelo imperialismo ianque, seja no aspecto político, econômico e militar. Há trinta anos, na madrugada de 17 de janeiro de 1991, teve início no Golfo Pérsico a “Operação Tempestade no Deserto”, a guerra contra o Iraque que deu início à sequência de guerras e agressões imperialistas contra nações do mundo inteiro após o fim da chamada “Guerra Fria”.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

A VIGÊNCIA DO LENINISMO EM TEMPOS DE PANDEMIA: COMBATER A NOVA ORDEM CAPITALISTA DO “FASCISMO SANITÁRIO” REAFIRMANDO A LUTA PELA CONSTRUÇÃO DO PARTIDO MUNDIAL DA REVOLUÇÃO SOCIALISTA!

Homenageamos Lenin neste 21 de janeiro, 97 após sua morte, em meio a pandemia de Covid tirando lições preciosas de seu legado político e teórico. Como nos ensinou nosso chefe Bolchevique “A intenção impronunciável do capitalismo global é a destruição do Estado-nação e de suas instituições, o que causará pobreza mundial em uma escala sem precedentes”. Esta atualíssima citação de Lenin, datada de dezembro de 1915, no auge da Primeira Guerra Mundial, alerta para algumas das contradições que enfrentamos hoje. Não existe possibilidade de mediação para curso criminoso da dominação do rentismo global, as “inocentes” teses dos reformistas de “controlar e taxar” o fluxo do capital financeiro internacional, não passa de mais uma idiotice reacionária. Nesta etapa histórica não pode haver “meio termo”, ou seja, uma espécie de “capitalismo humanizado”, gerido pela esquerda Social Democrata mas baseado no “fascismo sanitário”. A disjuntiva colocada para a classe operária internacional, exatamente quando irrompe no cenário uma nova ordem mundial ainda mais reacionária e regressiva, não pode ser outra: Socialismo ou Barbárie como nos legaram nossos mestres Marxistas como Lenin!

MÁSCARA, O SÍMBOLO DA NOVA ORDEM MUNDIAL DE TERROR SANITÁRIO: USO CONTÍNUO NÃO PROTEGE DA CONTAMINAÇÃO, PROVOCA MAIOR PROPAGAÇÃO DO CORONAVÍRUS E GERA SÉRIAS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

O uso de máscaras em locais públicos é obrigatório na grande maioria dos países há meses do estabelecimento da pandemia. A orientação foi dada pela cúpula da OMS, logo após mudar a posição inicial contrária a obrigatoriedade das máscaras para a população em geral. Em 2019, um estudo da OMS não detectou “nenhuma evidência de que usar uma máscara seja eficaz na redução da transmissão da gripe, ou outras viroses”. Porém, em abril de 2020, com a necessidade de espalhar o pânico e o terror sanitário a partir dos interesses da Big Pharma e da governança global do capital financeiro, o uso das máscaras virou orientação oficial da OMS e mais que isso, um símbolo da Nova Ordem Mundial, porém sua utilização contínua e em massa por horas a fio nada tem a ver com uma precaução sanitária. 

REGIME DO IRÃ COLOCA TRUMP NA “LISTA NEGRA” DE ASSASSINOS PROCURADOS: PORÉM AIATOLÁS AINDA TEM ILUSÕES NO CARNICEIRO BIDEN

O governo do Irã colocou na “lista negra” de assassinos procurados, o presidente dos EUA, Donald Trump, e outros altos funcionários do imperialismo ianque, argumentando sua participação em "atos terroristas e contra os direitos humanos", relata a agência internacional de notícias Reuters. A medida permite o confisco de quaisquer bens das pessoas sancionadas na República Islâmica.  No entanto, o pedido é considerado simbólico, uma vez que até o momento não houve informações sobre o acatamento desta medida por outros países e tampouco dos organismos multilaterais da ONU. Além deste elemento claro da parcialidade da ONU em relação aos governos das nações imperialistas, Trump não possui ativos financeiros no Irã que possam ser confiscados.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

BIDEN ASSUME COM A MISSÃO DE INSTAURAR A NOVA ORDEM MUNDIAL DO “FASCISMO SANITÁRIO”: CARNICEIROS DEMOCRATAS MAQUIADOS DE “CENTRO CIVILIZATÓRIO” SÃO A PIOR “CEPA” DO IMPERIALISMO

A posse do carniceiro Biden como novo gerente da Casa Branca, do ponto de vista visual com a ausência do público, substituída por bandeiras, em meio a uma capital militarizada com cerca de 30.000 soldados da Guarda Nacional, 2.500 da policiais do próprio Capitólio e mais de 5.000 agentes da cidade de Washington, além de todos os órgãos federais como o FBI, instalando o perímetro restritivo de "zona verde" e vedado de "zona vermelha", cercas de arame farpado, blocos de concreto e veículos blindados do Pentágono, é apenas o primeiro sintoma da Nova Ordem Mundial do Fascismo Sanitário, principal motivo para o retorno dos “falcões” Democratas, a pior “cepa” gerada pelo imperialismo ianque, justamente porque vem literalmente mascarado de “Centro Civilizatório”.

ENCOBRINDO OS CRIMES DA BIG PHARMA: OMS ELOGIA VACINA DA PFIZER, ORIENTA SUA COMPRA GLOBAL... ENQUANTO ELA DEIXA UM RASTRO DE MORTES PELO PLANETA!

Apesar dos vários sinais de efeitos mortais da vacina da Pfizer pelo planeta, a OMS saiu em sua defesa e patrocina a compra pelos governos mundias. Segundo a direção da OMS, a vacina da Pfizer passou pela validação de uso emergencial graças a “segurança, eficácia e qualidade”. Apesar do rastro de morte deixado nos EUA, Israel, França e Noruega, a OMS acaba de incluir a vacina contra Covid-19 da gigante empresa norte-americana no sistema de compartilhamento da entidade, acelerando as entregas para países mais pobres semicoloniais, cujo povo é usado com verdadeiras cobaias com o objetivo de desovar rápidamente a produção da Pfizer. 

04 ANOS DO “ACIDENTE FATAL” QUE VITIMOU TEORI ZAVASCK: UMA FARSA “FABRICADA” NAS ENTRANHAS DO PODER BURGUÊS 

Completou-se 4 anos da morte do Ministro do STF, Teori Zavascki. Segundo a grande imprensa burguesa, “Polícia Federal não encontrou ‘ato intencional’ na morte do ministro Teori Zavascki, diz delegado” (G1, 20.01.2021). O delegado que a matéria se refere é Rubens Maleiner, que substituiu seu colega assassinado justamente para o resultado final do inquérito chegou a essa conclusão. Segundo a PF, “a hipótese de falha humana foi a ‘linha principal’ das apurações. Os elementos que atingimos conduziram a um desfecho não intencional e trágico naquele voo”. Entretanto para os Marxistas que conhecem muito bem o "jogo bruto" das elites capitalistas quando a taxa de lucro ameaça declinar, não resta a menor sombra de dúvida de que Teori foi "removido" do campo de batalha que não tolera vacilações.

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

PARA QUE A CHACINA DE MANAUS NÃO SE REPITA NO RESTANTE DO BRASIL: EXPROPRIAÇÃO E NACIONALIZAÇÃO DA WHITE MARTINS!

As mortes seguem no Amazonas em função da falta de oxigênio fornecido pela multinacional White Martins (WM) em meio a pandemia de Covid-19, uma mega corporação internacional que detém o monopólio da produção de gases no Brasil e em toda a América Latina, controlada pelo complexo transnacional “LINDE PLC” com sede nos EUA. Sete pacientes internados com suspeita de Covid-19 no hospital da cidade de Coari, distante 450 km de Manaus pela via fluvial, morreram por falta de oxigênio nesta terça-feira (19), segundo a prefeitura. Em nota, a prefeitura de Coari informou que deveria ter recebido 40 cilindros de oxigênio na segunda-feira (18) da White Martins, mas a aeronave que levaria os tanques acabou viajando para Tefé (AM) e ficou impossibilitada de retornar, pois o aeroporto não aceita voos noturnos, colaposando o sistema de saúde local. Em todo o estado desde o começo da pandemia, mais de 6,3 mil pessoas já morreram devido ao sucateamento do sistema de saúde pública. Por sua vez, a rede privada tem recorrido a justiça para obrigar a manutenção do fornecimento de gás pela empresa. A determinação do envio imediato de oxigênio foi assinada pelo titular da 1ª Vara da Comarca de Coari, juiz Fábio Alfaia. Em caso de descumprimento, o juiz fixou multa diária no valor de R$ 100 mil, com limite máximo de R$ 10 milhões, contra o governo, o secretário estadual de Saúde e a empresa fornecedora, White Martins. Essas medidas são extremamente limitadas e insuficientes! Defendemos a expropriação e nacionalização da White Martins sob o controle dos trabalhadores para impedir que a chacina que ocorre no Amazonas se estenda para todo o país, além da ampliação e fortalecimento da rede pública de hospitais!

SAI TRUMP, ASSUMEM BIDEN-KAMALA: POSSE DOS CARNICEIROS “DEMOCRATAS” SIMBOLIZARÁ O INGRESSO NA “NOVA ORDEM MUNDIAL” DO IMPERIALISMO “CIVILIZATÓRIO” COM ISOLAMENTO SOCIAL E CONTROLE SANITÁRIO!

Amanhã, 20 de janeiro, Donald Trump deixará a Casa Branca e assumirá o carniceiro “Democrata” Joe Biden como presidente dos EUA. O grande capital celebra, as bolsas sobem e a esquerda domesticada a nova ordem mundial com isolamento social e controle sanitário também aplaude. Nesse contexto de felicitações, os falcões ligados ao complexo industrial militar se mostram prontos agora para voltar em cena com Biden-Kamala, já que o palhaço reacionário Trump fracassou em quase todos seus impulsos guerreiristas, nem mesmo a Venezuela de Maduro conseguiu atacar. 

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

ESPETÁCULO DE MISTICISMO PATROCINADO PELOS NEGÓCIOS DA BIG PHARMA E VENDIDO COMO “PURA CIÊNCIA”: TODO TIPO DE “CLAMOR NACIONAL” INDUZIDO PELO CAPITAL FINANCEIRO É A VIA MAIS CURTA PARA O NAZISMO!

As cenas das primeiras vacinações em território nacional, logo após os burocratas cartoriais da Anvisa liberarem o lote importado da China pelo governador tucano de São Paulo, revelaram claramente que a operação “vacinação já”, impulsionada freneticamente pelo consórcio de bandidos da mídia corporativa, nada tem a ver com “ciência pura”. É na verdade um verdadeiro espetáculo de misticismo, patrocinado pelos negócios trilionários da Big Pharma, que obviamente gerou no país um clima de “clamor nacional”, parte pelo medo justificado da população aterrorizada com a pandemia, parte induzida pelos mecanismos (aparelhos) ideológicos do capital financeiro. A verdade é que em todas as vezes na história da humanidade que as elites dominantes decidem criar uma “unanimidade nacional”, elegendo sempre é claro um “vilão social” que via de regra é linchado pelo “clamor popular”, o resultado foi a instauração de regimes ultra totalitários, que podiam ser desde o domínio absoluto da Santa Sé em Roma (Idade Média), até o surgimento Nazifascismo europeu nas primeiras décadas do século passado. Desta vez as “bruxas” que questionam a mítica inquisição da Nova Ordem Mundial do Controle Sanitário, são taxadas de “negacionistas” e ameaçadas de banimento e prisão, caso não reconheçam o “poder supremo e  infalível da OMS”, este parece ser o caso do cientista francês Didier Raoult, submetido a um Tribunal Inquisitório por defender a cloroquina como um fármaco profilático em relação a Covid, sua “autocrítica” forçada sob ameaças de prisão, só comprova que estava absolutamente certo anteriormente, e assim como Galileu ou Bukarin a história o absolverá, revelando de que lado estava a verdadeira ciência!

ENQUANTO O BRASIL ASSISTE O “SHOW” DA CURA MILAGROSA VOTADA PELA ANVISA: NOS EUA 96 PESSOAS JÁ MORRERAM POR RECEBER A VACINA DA PZIFER

A aprovação das vacinas da Sinovac e AztraZeneca pela cúpula da Anvisa, se assemelhou mais a um show teatral da promessa da “cura milagrosa” voltada para uma população aterrorizada pela mídia murdochiana e desesperada por uma solução rápida para dar fim à uma pandemia que já dura quase um ano. Os diretores do Órgão Sanitário, mais assemelhados a burocratas cartoriais do que a cientistas (que realmente não são), não deram nenhum parecer técnico sobre as características imunizatórias das vacinas aprovadas, se limitando a repetir os próprios boletins dos laboratórios já amplamente divulgados na imprensa por razões óbvias. Votaram e vaticinaram como “juízes” de uma Corte, proferindo filosofias religiosas citando até Dalai-lama, tudo menos relatórios científicos analíticos que fossem elaborados para além dos escritórios das corporações da Big Pharma. Também seguiram o mantra da OMS, condenando qualquer tratamento clínico e farmacológico preventivo contra a Covid, em resumo os diretores da Anvisa votaram com “o relator”, ou seja, com a governança global do capital financeiro sedenta em realizar lucros: “A única salvação para a humanidade são as vacinas!”. Entretanto enquanto o Brasil assistiu ao show do cretinismo midiático de uma Anvisa cartorial e acossada pelo “clamor popular”, as vacinas (negócios) da Big Pharma continuam matando no mundo inteiro, informes trágicos chegam de Israel, Noruega e agora dos EUA.

PROFESSORA RAQUEL VARELA FAZ ALERTA SOBRE O CONFINAMENTO EM PORTUGAL E QUESTIONA A VALIDADE DOS TESTES PCR: “HÁ MILHARES DE PESSOAS A TESTAR POSITIVO QUE NÃO ESTÃO DOENTES”! 

No momento em que o governo António Costa, primeiro-ministro português pelo Partido Socialista, impôs um duro confinamento social, com o apoio da direta (PSD) e da esquerda reformista (PCP, Bloco de Esquerda), a professora universitária, investigadora e historiadora portuguesa Raquel Varela, colunista do Esquerda On Line (direto de Lisboa), portal do grupo Resistência (PSOL), fez um importante alerta no seu blog acerca dos efeitos nefastos do chamado “isolamento social” e questiona a validade dos resultados dos testes PCR. No artigo “Quem ‘está nas ambulâncias’?” ela critica a política de terror sanitário adotada pela Social-democracia portuguesa a partir dos testes usados para Covid-19. Varela afirma que “Há milhares de pessoas a testar positivo que não estão doentes. Estar positivo não é estar doente. Todas as pessoas se forem procurar em PCR partículas de alguns vírus encontrarão dentro de si partes de vírus ou de outros microrganismos. Isso não significa ter um diagnóstico clínico. É preciso olhar para quem está doente e quem é vulnerável e não para casos positivos porque estar positivo não é estar doente” (17.01).

CONSELHEIRO DE SEGURANÇA DA RÚSSIA ADVERTE: “O GRANDE RESET É UM PROJETO IMPERIALISTA PARA DESTRUIR OS ESTADOS NACIONAIS”

Andrey Ilnitsky, Conselheiro militarrusso lançou uma grave denúncia: “O Grande Reset é um Projeto imperialista para Destruir os Estados Nacionais. Sejam as origens do coronavírus naturais ou não, a realidade é que a pandemia do covid se tornou um instrumento útil para promover a agenda globalista dos senhores do mundo. O Fórum Econômico Mundial agora pretende impôr o ‘Grande Reset’ a todos os países do mundo, com o objetivo de estabelecer a ditadura tecnocrática direta das megacorporações. Desequilibrar a economia e os sistemas de saúde dos Estados nacionais é a principal tarefa do projeto coronavírus, o que tem sido feito com sucesso”.

BIDEN PROVOCA A RÚSSIA: CARNICEIRO “DEMOCRATA” EXIGE A LIBERDADE DE ALEKSEI NAVALNY, LÍDER OPOSITOR A PUTIN E PIVÔ DA FARSA DO ENVENENAMENTO

Por ordem do carniceiro "Democrata" Joe Biden, Jake Sullivan, o futuro assessor de Segurança Nacional, cinicamente apelou pela liberação do oposicionista russo Aleksei Navalny detido no domingo (17) em aeroporto de Moscou e pivô da farsa do envenenamento montada para provocar a Rússia. “O senhor Navalny deve ser imediatamente liberado, e os perpetradores do ultrajante ataque à sua vida devem ser responsabilizados", escreveu Sullivan no Twitter. Por sua vez, a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova exortou o representante do imperialismo ianque a respeitar a soberania russa e tratar dos problemas em suas nações. “O que quero dizer ao senhor Sullivan (bem como a muitas outras personalidades estrangeiras que publicam comentários preparados de antemão): respeitem o direito internacional, não interfiram na legislação nacional de países soberanos e tratem dos problemas em seu próprio país”. 

domingo, 17 de janeiro de 2021

29 PESSOAS MORRERAM NA NORUEGA APÓS RECEBEREM A “VACINA MILAGROSA” DA  PFIZER/BIONTECH: POR QUE A BIG PHARMA, OMS E A ESQUERDA DOMESTICADA NÃO DIVULGAM ESSA TRAGÉDIA?

A Agência Norueguesa de Medicamentos comunicou que 29 idosos de mais de 80 anos morreram após serem inoculados com a vacina das farmacêuticas Pfizer e BioNTech contra a COVID-19. Todos os casos fatais foram registrados em conexão com a vacina. Em nota divulgada por Sigurd Hortemo, médico-chefe da agência, ele disse que “os relatórios sugerem que reações adversas comuns às vacinas de mRNA, como febre e náusea, podem ter contribuído para um desfecho fatal em alguns pacientes frágeis”. Subserviente a Big Pharma, o representante da agência, Steinar Madsen, minimizou o quadro, dizendo: “Estes casos não geram preocupação especial. É completamente óbvio que esta vacina possui um fator de risco muito pequeno, com uma pequena exceção quando falamos de pacientes idosos com a saúde enfraquecida”, cinicamente “esquecendo-se” que este é justamente o grupo de risco mais vulnerável a Covid-19, sendo a vacina apresentada justamente como a “salvação para os idosos” pela OMS e os grandes laboratórios.

60 ANOS DO ASSASSINATO DE PATRICE LUMUMBA PELOS CHACAIS DO IMPERIALISMO NO CONGO: HERÓI DA LUTA PELA INDEPENDÊNCIA PAGOU COM A VIDA PELA POLÍTICA DE COLABORAÇÃO DE CLASSES DO STALINISMO

Em 17 de janeiro de 1961 Patrice Lumumba foi assassinado pela ação conjunta de agentes da CIA, do exército belga e seus asseclas congoleses, com a cumplicidade das tropas da ONU, intervenção das forças militares a serviço do imperialismo que ele mesmo tinha reivindicado para "pacificar" o Congo. Neste trágico dia de 1961, há 60 anos atrás, levaram-no para um descampado. Era noite. Mal podia caminhar, havia sido submetido a bárbaras torturas. Foi afogado em sangue por um esquadrão de fuzilamento. Desenterraram depois o cadáver e dissolveram-no em ácido sulfúrico. Tiveram que despedaçar o corpo para que não ficassem impressões. 

sábado, 16 de janeiro de 2021

CRISE SANITÁRIA EM MANAUS: ADOÇÃO DE SEGUIDOS “LOCKDOWNS” ANTES DO ATUAL SURTO FOI O RESPONSÁVEL PELO RETORNO DA CARGA VIRAL NA CIDADE, E NÃO AO CONTRÁRIO! CAOS NO ABASTECIMENTO DE OXIGÊNIO SEGUE A LÓGICA DO LUCRO CAPITALISTA ACIMA DA VIDA HUMANA

Manaus ganhou as manchetes, não só do Brasil, mas do mundo inteiro. O retrato do caos hospitalar generalizado tem provocado um aumento do total dos óbitos na cidade, as pessoas estão morrendo por Covid e pela falta de oxigênio em todos os pacientes internados (ou até mesmo os que utilizam os tubos em residências) que necessitam do produto. Todo profissional da saúde, sabe que se faltar oxigênio nos tanques de qualquer hospital público ou privado, mortes ocorreram em todas as alas hospitalares, seja da maternidade ao pós-operatório, o produto é vital para todos os casos graves de internação, seja ou não por Covid. Porém a “carga” da mídia corporativa, remunerada para impulsionar freneticamente o terrorismo sanitário à serviço do capital financeiro, está unicamente concentrada em “provar” que o caos em Manaus é consequência direta da irresponsabilidade da população em se “aglomerar nas festas de fim de ano”, o que teria trazido de volta e com mais intensidade uma nova cepa do coronavírus. Nada é falado na imprensa sobre a responsabilidade da multinacional que tem o monopólio privado da produção de oxigênio hospitalar no Brasil e simplesmente colapsou em Manaus diante do aumento da demanda, até mesmo uma campanha publicitária de artistas famosos doando cilindros para a cidade foi montada, mas quem tinha a obrigação de abastecer a cidade é a gigante multinacional White Martins, que tem dezenas de milhares de cilindros e tanques de oxigênio no Brasil e em toda a América Latina. Outro aspeto, não menos importante, do terrorismo sanitário é criminalizar a diversão e entretenimento popular, como o elemento central da retomada do surto, uma política odiosa contra os direitos fundamentais do proletariado que deve ser rechaçada pela esquerda revolucionária. A verdade é que a cidade de Manaus neste período do ano, passa por uma forte elevação de temperatura, calor quente e úmido pelas características da região, potencializando os casos de Dengue, Influenza, Zica e do próprio Covid, somente este conjunto de enfermidades já seria responsável por um aumento previsível na demanda hospitalar, o que não foi considerado pelos governos locais. Mas a resposta sanitária do governo estadual supostamente “negacionista” foi seguir a orientação desastrosa da OMS e decretar seguidos bloqueios e lockdowns, ao invés de reforçar a rede hospitalar pública e exigir da multinacional White Martins o aumento da produção local e “importação” do oxigênio para cobrir um muito provável repique de internações. Passada a intensa campanha das eleições municipais, onde ninguém ouviu falar de um aumento nos casos de Covid apesar das aglomerações e contato físico permanente, agora a mídia corporativa resolveu encontrar o “bode expiatório”: foram os festejos populares que causaram o surto! Isso agregado ao fato do governo Wilson Lima ter voltado a decretar o bloqueio social, o que sem duvida alguma rebaixou a imunidade coletiva adquirida anteriormente e facilitou repique da atual epidemia de um “coronavírus mutante”, que segundo os próprios cientistas da Fiocruz amazônica é mais contagioso porém menos letal, mas também veio acompanhado da Influenza, Dengue, Zica e do colapso sanitário do oxigênio que têm ceifado a vida de centenas de pacientes com Covid ou outras doenças ainda muito mais graves que também necessitam do produto em falta fornecido exclusivamente pela White Martins.

BILL GATES SE CONVERTE EM PLENA PANDEMIA NO MAIOR PROPRIETÁRIO DE TERRAS AGRÍCOLAS DOS EUA: O “FILANTROPO” DAS VACINAS TAMBÉM SE TRANSFORMOU EM NOVO HERÓI DA ESQUERDA REFORMISTA

O fundador e proprietário da Microsoft, atual presidente da Fundação Bill e Melinda Gates, se tornou em plena pandemia o maior proprietário de terras agrícolas privadas nos Estados Unidos, informou o site “Land Report” na última quinta-feira feira (14/01). O “filantropo”, ou seria melhor chamá-lo de “pilantropo”, é um dos principais investidores privados no desenvolvimento das vacinas contra a Covid, tudo isso é claro para o “bem da humanidade”... como um grande rentista, Gates diversificou seus recursos em pelo menos quatro dos seis principais laboratórios da Big Pharma, inclusive no que produzirá a vacina desde a China, o Sinovac. E o retorno financeiro obtido pelas vacinas de Gates, parece que foi mais rápido do que ele mesmo esperava, tanto que já tratou de aplicar o lucro fácil na compra de terras ianques.

51 ANOS DA BRUTAL MORTE DO COMANDANTE MÁRIO ALVES: UM HERÓI DA RESISTÊNCIA CONTRA O REGIME MILITAR! 

Mário Alves ingressou no PCB, aos 15 anos na Bahia, em pleno Estado Novo de Getúlio Vargas. Nesse primeiro período participou das lutas estudantis e das lutas populares contra o nazifascismo, impulsionando a campanha do "Partidão" pela exigência da participação do Brasil na guerra ao lado das forças imperialistas aliadas. Passada a II Grande Guerra, por sua destacada participação nas frentes de batalha, particularmente com a derrota que o proletariado e o Exército Vermelho da URSS infligiram ao exército de Hitler, os stalinistas fortalecem sua influência política no Brasil. O PCB foi legalizado durante o segundo governo Vargas e Mário Alves eleito para o comitê regional do Partido na Bahia.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

MANIPULAÇÃO GENÉTICA INICIAL DO CORONAVÍRUS PROVOCOU UM GRANDE NÚMERO DE CEPAS EM MUTAÇÃO ACELERADA NO PLANETA: PATÓGENO QUE INFESTA MANAUS É UMA “VARIANTE ASMÁTICA” DA COVID. GOVERNO FEDERAL, ESTADUAL E A MULTINACIONAL WHITE MARTINS SÃO AS RESPONSÁVEIS PELO DESABASTECIMENTO DE OXIGÊNIO NA CIDADE! 

Como já escalaremos em diversas (centenas) publicações da LBI, seja em nosso Blog na internet, seja na edição de livros sobre a atual Pandemia, o novo coronavírus é um patógeno manipulado geneticamente em laboratórios de segurança, montados para enfrentar a guerra química e bacteriológica que já ocorre de forma “híbrida” entre potências mundiais. Há farto material e provas científicas sobre a manipulação transgênica deste antigo vírus, que desmontam completamente a “ingênua versão” de que o patógeno teria migrado do consumo humano da carne de morcegos no mercado da cidade de Wuhan, no centro da China. Somente os “tolos úteis” podem acreditar no “conto” martelado pelo consórcio da mídia corporativa mundial de que tudo isso não “passou de um acidente natural” e que qualquer refutação de sua “verdade murdochiana” seria fruto da “teoria da conspiração”. Posto esta breve introdução, recomendamos a nossos leitores que visitem a centenas de artigos publicados no Blog da LBI, que tratam exaustivamente da gênese de todo o processo que culminou na “Quarentena Global”, desembocando na instauração de uma Nova Ordem Mundial do Controle Sanitário e Isolamento Social como um paradigma para a humanidade. Fazendo a “ponte” com a “Segunda Onda” do coronavírus que agora “assola” várias cidades do mundo (algumas reais e outras somente midiáticas) e em particular Manaus no Brasil, chegamos à conclusão de que nossa tese científica sobre a pandemia se confirmou plenamente! A capital do Amazonas e maior cidade da imensa região florestal da Terra, está acometida de um novo surto virótico, uma espécie de cepa mutante é transgênica do patógeno, que tem as características semelhantes de uma “crise asmática aguda”. Registre-se o fato já comprovado pelos boletins hospitalares, que ao contrário da “Primeira Onda” o atual surto não tem provocado hemorragias letais, elemento determinante em mais de 70% dos casos letais da crise sanitária anterior. Também no atual estágio da contaminação infecciosa presente na cidade, não ocorreu a demanda por ventiladores mecânicos, considerados por muitos médicos honestos mais como causa de mortes do que cura para a doença (em função da alta complexidade de medicamentos e técnica necessária para o intubamento humano). Porém o atual surto da nova cepa do coronavírus em Manaus, que também gerou um novo tipo de Sars Covid asmática, já existe o debate científico se estamos ou não diante do “Sars Covid 3”, exigiu da rede hospitalar um aumento da capacidade de fornecimento de oxigênio para os doentes, que desgraçadamente a unidade da multinacional White Martins (WM) na cidade afirma não conseguir cobrir. Esta mega corporação internacional detém o monopólio da produção de gases no Brasil e em toda a América Latina, é parte do complexo transnacional “LINDE PLC” com sede nos EUA. O governo estadual do Amazonas, em meados de 2020, teria solicitado da WM a ampliação da produção local de oxigênio dos atuais 30 mil litros cúbicos para algo em torno de 60 mil, a empresa aceitou inicialmente a solicitação, porém depois recuou de sua própria decisão, vale lembrar que a multinacional tem uma grande usina em Manaus que abastece industrialmente de gases toda a Zona Franca da região. Porém os governos burgueses estadual e federal nada fizeram para obrigar a ampliação da produção do truste imperialista da White Martins que explora a venda de oxigênio no Brasil, e a população paga agora com a vida a irresponsabilidade da multinacional e as leniências de Wilson Lima e Bolsonaro.

102 ANOS DO ASSASSINATO DE ROSA LUXEMBURGO: NOSSA REVERÊNCIA A MILITANTE COMUNISTA QUE ENFRENTOU O REFORMISMO, PAGOU COM A VIDA POR LUTAR PELA REVOLUÇÃO PROLETÁRIA NA ALEMANHA E DENUNCIAR A TRAIÇÃO DA SOCIAL-DEMOCRACIA!

Em 15 de janeiro de 1919, há exatos 102 anos, a coronhada do rifle de um soldado a mando de um governo reformista esmagava a mais brilhante e corajosa cabeça do movimento operário revolucionário alemão depois de Marx e Engels. Este acontecimento trágico, por ter abortado a melhor oportunidade de uma revolução socialista em uma nação capitalista avançada, foi como uma tragédia de grandes proporções sobre o futuro da luta do proletariado mundial até os nossos dias. 

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

ISRAEL “LÍDER MUNDIAL DA VACINAÇÃO”: OS HOSPITAIS DO PAÍS ESTÃO LOTADOS APÓS A APLICAÇÃO DA PRIMEIRA DOSE DA PZIFER/BIONTECH

Em Tel Aviv, na terça-feira passada (12/01) em uma coletiva de imprensa, a diretora do serviço de saúde pública do Ministério da Saúde de Israel, Dr. Sharon Elrai-Price, observou que 17 por cento dos pacientes gravemente enfermos atualmente nos hospitais do país foram internados após receber a primeira dose da vacina contra o coronavírus. Registre-se o fato do Enclave sionista ser o campeão mundial de vacinação, em termos proporcionais, ocupando a liderança de já ter vacinado cerca de 20 por cento de sua população, utilizando o imunizante Pzifer. O governo do carniceiro Netanyahu comprou cerca de 10 milhões de doses dos laboratórios imperialistas Pzifer e AztraZeneca, perfazendo 20 milhões de vacinas para uma população inferior a 10 milhões de habitantes.

NÃO DEFENDEMOS QUE A BIG TECH CENSURE O DIREITO DE EXPRESSÃO DE NINGUÉM SOB O CÍNICO PRETEXO DE “DEFENDER A DEMOCRACIA”! AO MOVIMENTO OPERÁRIO CABE ESMAGAR COM SEUS PRÓPRIOS MÉTODOS DE LUTA O NEOFASCISMO E A EXTREMA DIREITA “CIVILIZATÓRIA” (DEEP STATE)! 

Trump teve suas contas nas três principais redes sociais (Twitter, Facebook e Instagram) bloqueadas. A esquerda domesticada e os impostores do Marxismo aplaudiram a ação de censura porque fazem apologia da plena liberdade de expressão para a extrema direita que controla o Estado Profundo (Deep State) do capital. Quanto ao gerente de turno da Casa Branca esse arco político reformista defende seu banimento das redes sociais pela Big Tech e não seu esmagamento pela via do próprio movimento de massas. Somos absolutamente contrários a essa política suicida porque primeiro censuram a extrema direita trumpista, deixando de fora os carniceiros assassinos do Partido Democrata, depois caçam a extrema esquerda. A Nova Ordem mundial do fascismo sanitário só admite a liberdade para o chamado Centro Civilizatório, o “resto” são párias a serem perseguidos em nome da “defesa da democracia”.

TRIBUNAL DO PERU ACUSA BILL GATES, SOROS E ROCKEFELLER DE MANIPULAR A DIFUSÃO DO CORONAVÍRUS: MÍDIA CORPORATIVA EXIGE PRISÃO PARA OS MAGISTRADOS “CONSPIRANÓICOS”...

O Tribunal peruano de Pisco ,se baseando em teorias científicas, afirmou em uma sentença “que o coronavírus foi uma manipulação das elites criminosas a nível mundial", formadas, segundo magistrados desta corte, por “multimilionários rentistas como George Soros, a família Rockfeller e o empresário Bill Gates”.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

QANON: UMA OPERAÇÃO CRIADA PELO PRÓPRIO FBI/CIA (DEEP STATE), VOLTADA PARA A “GUERRA HÍBRIDA” NOS EUA

Estamos diante de um “espetáculo circense”, criado por profissionais do Deep State e orquestrado para sustentar o espantalho da extrema direita como puro distracionismo. Também é muito útil para que o reformismo permaneça de pé  agitando o fantasma da “teoria da conspiração” contra a esquerda revolucionária que ainda ousa denunciar toda podridão das entranhas do Estado capitalista, muito longe de ser um “poço de ética”. Assim é o QAnon, em última instância para além de sua fantasia alucinada, um instrumento da Social Democracia imperialista para desmoralizar seus opositores, sejam da extrema direita ou da extrema esquerda.

QUAL A RESPOSTA OPERÁRIA DIANTE DO FECHAMENTO DAS FÁBRICAS DA FORD NO BRASIL? LUTAR PELA ESTATIZAÇÃO SOB CONTROLE DOS TRABALHADORES! NENHUM EMPRÉSTIMO E SUBSÍDIO PARA MONTADORAS! NÃO A CONCILIAÇÃO DOS SINDICATOS COM PATRÕES! 

A Ford encerrou suas atividades após mais de 100 anos de sua instalação no Brasil. Depois de mais de um século explorando os trabalhadores do país e recebendo empréstimos e subsídios milionários estatais, apoiar a ditadura militar e abocanhar 20 bilhões de reais em isenção fiscal nas últimas décadas, a montadora ianque decide que deixará dezenas de milhares de operários desempregados e muitos mais trabalhadores no olho da ruia nas concessionárias de venda de seus veículos e empresas de autopeças da cadeia produtiva porque não está lucrando o suficiente. 

Leia Também: FORD ANUNCIOU QUE “QUEBROU” NO BRASIL: CONVOCAR ASSEMBLÉIAS MASSIVAS PARA OCUPAR AS FÁBRICAS FECHADAS!

2 ANOS DA PRISÃO DE CESARE BATTISTI: ISOLADO NAS MASMORAS DA ITÁLIA EM CÁRCERE PERPÉTUO, SEM DIREITO A VER ADVOGADOS E FAMILIARES... RETOMAR A CAMPANHA INTERNACIONAL PELA SUA LIBERDADE! 

Os advogados, simpatizantes da sua liberdade e parentes de Cesare Battisti, condenado arbitrariamente à prisão perpétua na Itália, denunciaram quando se completa dois anos de sua entrega pelo governo Evo Morales as masmorras fascistas em 2019, que ele está sob a tortura do isolamento que sofre na prisão onde cumpre sua pena. 

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

CONFINAMENTO SOCIAL ORIENTADO PELOS PORTA-VOZES DA OMS: PRÁTICA ANTICIENTÍFICA QUE POTENCIALIZOU O PROLONGAMENTO DA PANDEMIA, AUMENTO DA CARGA VIRAL E MAIS DEBILIDADE DE NOSSAS DEFESAS IMUNOLÓGICAS!  

No atual estágio da pandemia, onde vários cientistas mundiais já contestaram os absurdos pregados como uma “religião” por parte da cúpula corrompida da OMS, a Big Pharma recorre a revista Nature (patrocinada evidentemente pelas corporações dos grandes laboratórios imperialistas), para defender as “teses do confinamento social”, como medida para impedir a contaminação da população. Essa "ciência" dos replicantes da Big Pharma é um verdadeiro esgoto! Na melhor das hipóteses, esta “ciência” voltou aos dias sombrios da alquimia da Idade Média, onde a mistificação de “novas verdades” foram apresentadas com uma “revolução”.

“REFORMA DAS POLÍCIAS”: NEM A CENTRALIZAÇÃO NACIONAL APOIADA POR BOLSONARO, NEM O “CONTROLE” ESTADUAL DEFENDIDO POR DÓRIA/PT! NENHUMA ILUSÃO NA FALSA “DEMOCRATIZAÇÃO” SONHADA PELO PSOL/PSTU! PELA DESTRUIÇÃO REVOLUCIONÁRIA DO APARATO REPRESSIVO DO ESTADO BURGUÊS!

Diversos governadores criticaram o projeto da “bancada da bala” que reduz seu já frágil poder sobre as polícias estaduais. As propostas trazem mudanças na estrutura das polícias, como a criação da patente de general, hoje exclusiva das Forças Armadas, para PMs, e de um Conselho Nacional de Polícia Civil ligado à União. Os Marxistas Leninistas não concebem o aparelho estatal de repressão da burguesia, que detém o monopólio da violência armada contra o proletariado, como uma questão de “política de segurança pública” como advogam PT, PCdoB, PSOL e PSTU. Não defendemos uma “reforma” ou “aperfeiçoamento democrático” no braço armado do capital, lutamos para seu fim pela via da revolução socialista, substituindo a tal “segurança pública” (que de pública não tem nada, é absolutamente privada na defesa da propriedade da burguesia) pelo armamento das massas através de seus organismos de poder. Fascistas de plantão na gerência do estado, como Bolsonaro e Dória (PSDB), são apenas a ponta mais avançada da reação do capital contra as massas proletárias.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

HOMENAGEM A ROSA E KARL LIEBKNECHT DESAFIA CORAJOSAMENTE O LOCKDOWN REACIONÁRIO DE MERKEL: UM EXEMPLO PARA ESQUERDA DOMESTICADA QUE ESTÁ “DEBAIXO DA CAMA” DEFENDENDO O ISOLAMENTO SOCIAL


Cerca de 3.000 ativistas participaram da tradicional demonstração política para honrar a memória dos heróis do proletariado Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht, em Berlim neste último domingo (10/01). Antes do início da marcha, houve ataques extremamente brutais da tropa de choque do Estado do fascismo sanitário, gerenciado pela Primeira (eterna) Ministra Angela Merkel, contra os militantes da esquerda.Uma série de vídeos publicadas na internet das  redes sociais alemãs mostraram como os policiais espancaram os participantes da manifestação e levaram alguns deles presos usando algemas. Um vídeo postado no Twitter mostra um policial saltando com a perna estendida em direção a um grupo de jovens e chutando os manifestantes em suas cabeças. A polícia também usou spray de pimenta. Houve várias prisões e detenções, bem como dezenas de feridos.

FORD ANUNCIOU QUE “QUEBROU” NO BRASIL: CONVOCAR ASSEMBLÉIAS MASSIVAS PARA OCUPAR AS FÁBRICAS FECHADAS! 

O “Grande Reset” da economia capitalista mundial já está em pleno andamento, e ao contrário do que afirma a esquerda reformista não é uma “invenção da cabeça dos paranóicos”, é um fato concreto também comprovado no Brasil pelo fechamento das atividades industriais da multinacional Ford, após mais de um século de atividades no país. A resolução de finalizar as linhas de manufaturas brasileiras segue uma reestruturação dos negócios na América do Sul, que tende a impactar setores estratégicos da classe operária em todo o continente latino-americano.

DUPLA DE VENDILHÕES NEOLIBERAIS (GUEDES & BOLSONARO) ANUNCIAM DESMONTE DO BANCO DO BRASIL: DESLIGAMENTO DE 5 MIL BANCÁRIOS E FECHAMENTO DE 361 UNIDADES. MOBILIZAÇÃO ATIVA E REAL É A ÚNICA FORMA DE BARRAR A PRIVATIZAÇÃO EM CURSO! 

Na lista de privatizações do ministro rentista da Economia, Paulo Guedes, e seu chefe neofascista Jair Bolsonaro, está o Banco do Brasil. A empresa estatal anunciou que irá fechar “361 unidades, sendo 112 agências, 7 escritórios e 242 Postos de Atendimento”. Por meio de um comunicado ao mercado assinado pelo vice-Presidente de Gestão Financeira e Relações com Investidores, Carlos José da Costa André, a instituição financeira afirma que disponibilizou planos de “demissão voluntária”, visando o desligamento de 5 mil funcionários.

GOVERNO DO PS DECRETA LOCKDOWN EM PORTUGAL: A SOCIAL-DEMOCRACIA, CÃO DE GUARDA DA BIG PHARMA, IMPÕE O CONFINAMENTO SOCIAL QUE DIMINUI A IMUNIDADE DAS PESSOAS E AINDA AUMENTA A CARGA VIRAL!

O governo do Partido Socialista, do social-democrata António Costa decretou o início do confinamento para esta semana. O primeiro-ministro reuniu-se com lideranças dos partidos que têm representação parlamentar para discutir as medidas restritivas. Houve consenso entre o arco burguês quanto à necessidade da implementação de um novo lockdown, um acordo que contou com o apoio do Bloco de Esquerda, PCP e do PSD, demonstrando que tanto a “esquerda” como a “direita” estão unidas a serviço do terror sanitário imposto pela Big Pharma e a OMS.

domingo, 10 de janeiro de 2021

HISTERIA DA ESQUERDA REFORMISTA PELAS VACINAS: A HISTÓRIA TRÁGICA DA “DTP”, ONDE CRIANÇAS AFRICANAS FORAM USADAS DE COBAIAS PELA BIG PHARMA

A DTP é um tipo de vacina combinada contra três doenças classificadas como “infecciosas” que afetam o homem (difteria, coqueluche e tétano), que são de origem bacteriana. “Essas 3 doenças eram muito comuns antes da descoberta da vacina e causavam muitas mortes a cada ano”, afirmava frequentemente no passado a mídia corporativa, que tem na propaganda de medicamentos uma de suas principais fontes de receita. O clichê midiático continua a afirmar que “antes das vacinas, a difteria matava dezenas de milhares de crianças a cada ano nos Estados Unidos mas, com a DTP, as mortes desapareciam ou pelo menos diminuíam”. A “magia” do DTP é tal que "pode ​​gerar uma imunidade cruzada que protege as crianças contra a SARS-CoV-2", ou seja, funciona tanto para bactérias quanto para vírus, um disparate anticientífico completo. Os “especialistas” da OMS chegaram a afirmar que as crianças se livraram do coronavírus porque foram vacinadas com DTP.

REGIME NACIONALISTA DO IRÃ PROÍBE IMPORTAÇÃO DE VACINAS TRANSGÊNICAS DOS EUA E EUROPA: LOGO SOFRE REPRESÁLIAS DO TWITTER E BIG PHARMA

O Aiatolá Ali Khamenei, líder máximo do regime nacionalista burguês do Irã, anunciou que as vacinas contra a covid-19 oriundas dos Estados Unidos e do Reino Unido (Big Pharma) estão proibidas no Irã, alegando que não confia nestes países imperialistas, na medida em que Teerã está desenvolvendo a sua própria vacina, com os métodos científicos comprovadamente eficientes e sem nenhuma manipulação genética. “A importação de vacinas dos Estados Unidos e do Reino Unido está proibida. Eles não são dignos de confiança e não é improvável que queiram contaminar outras nações”, afirmou o líder político iraniano, em vigoroso discurso ao país transmitido pelas televisões iranianas na última sexta-feira (08/01). Não seria demais relembrar que o Irã vem sendo alvo do terrorismo imperialista em todos os terrenos, desde o embargo econômico até o assassinato seletivo de seus melhores cientistas. Khamenei teceu duras criticas às autoridades norte-americanas, considerando um: “Fiasco a gestão da pandemia nos Estados Unidos. Vacinas da Pfizer/BioNTech, Moderna e Universidade de Oxford/Astrazeneca, as três comercializadas em países ocidentais, não chegarão aos iranianos”. Além disso, Teerã está desenvolvendo sua própria vacina, intitulada “COVIran Barekat”, tendo os ensaios em humanos começado no passado dia 29 de Dezembro, um avanço que “orgulha e honra o país”, nas palavras de Khamenei.

CORONAVÍRUS, PANDEMIA E GRANDE RESET: UMA “CHARADA” QUE ESTÁ MUITO DISTANTE DE SER “DECIFRADA” PELA ESQUERDA REFORMISTA...


É muito fácil caracterizar o ano de 2020 como o início da “era do vírus” ou de qualquer outro termo assemelhado. Entretanto a verdadeira história do coronavírus está ainda muito distante de se conhecer, desde as origens às estatísticas fraudadas, sejam as relacionadas com as causas de mortes, sejam as resultantes de diagnósticos feitos com base em testes que não foram criados para fazer diagnósticos de doenças. Passará muito tempo ainda até que venham à tona todas as vertentes “ocultas” da pandemia e seus respectivos efeitos sobre a formatação econômica, política e social da Nova Ordem Mundial. O mais certo é que a esquerda reformista será formatada com as draconianas consequências do novo fascismo sanitário, sem jamais esboçar uma mínima reação, a não ser o desejo de integrar-se cada vez mais aos protocolos de isolamento social.

5 ANOS DA MORTE DE DAVID BOWIE: O DIA EM QUE O PSTU APRESENTOU COMO “HERÓI” O ROCKEIRO QUE CULTUOU HITLER E MUSSOLINI

O rockeiro inglês David Bowie morreu em 10 de janeiro de 2016, há exatos 5 anos atrás. Entre todas as homenagens da grande mídia somou-se acriticamente o PSTU. A decomposição moral e ideológica do Morenismo demonstrou que esta corrente não tem limites de classe ao derramar lágrimas para um músico que cultuou Hitler e Mussolini. O artigo de uma dirigente do PSTU publicado no sítio do partido em homenagem ao rockeiro neofascista David Bowie carregou logo no título: “Herói não só por um dia”, para depois qualificar David: “Bowie é um dos artistas mais importantes do século 20 e desse início de século 21. Ele revolucionou a música – inclusive subvertendo sua própria obra –, mas não foi só isso. Foi um vanguardista do design, ator, produtor e mestre das performances” (sítio do PSTU 11/01/16). 

sábado, 9 de janeiro de 2021

CARACTERIZAR A INVASÃO DO CAPITÓLIO COMO “GOLPE DE ESTADO” NÃO APONTA CONTRA OS FASCISTAS: SÓ FORTALECE OS REACIONÁRIOS DEMOCRATAS  


Que uma pequena multidão de neofascistas disfarçados de confederados, com o apoio da polícia para entrar facilmente no Capitólio dos Estados Unidos, tire fotos e beba os conhaques de seus ilustres parlamentares não é um fato usual na história dos EUA, mas a caracterização de "golpe" que deram as principais empresas da mídia corporativa e também a esquerda reformista, são um “dardo envenenado” que trará graves consequências para a luta de massas no coração do imperialismo ianque.

“O GLOBO” ELOGIA BINDEN E ATACA DUPLA TRUMP-BOLSONARO: FAMIGLIA MARINHO SE ESPELHA NOS EUA PARA COSTURAR “FRENTE AMPLA” ENTRE O “CENTRO CIVILIZATÓRIO” (VELHA DIREITA NEOLBERAL) E A ESQUERDA DOMESTICADA NO BRASIL

Em editorial neste sábado (09.01) intitulado “Brasil precisa tomar cuidado com o exemplo de Trump”, o jornal O Globo, porta-voz político da golpista famiglia Marinho que apoiou a ditadura militar assassina sai em defesa da democracia, afirmando que a “sociedade e as instituições republicanas brasileiras precisam se preparar para enfrentar em 2022, com Jair Bolsonaro, o que os Estados Unidos enfrentam atualmente com Donald TrumpComo se observa, os Marinho estão engajados em costurar a frente ampla burguesa que tem o Centro Civilizatório (a velha direita neoliberal, PSDB-DEM) como sua opção preferencial na disputa eleitoral de 2022, fazendo da cínica “defesa da democracia” uma plataforma comum que aproxima PT, PCdoB e PSOL em seu plano de formar um grande bloco burguês de oposição a Bolsonaro, com ocorreu com Biden nas eleições presidenciais EUA contra o Trump, uma frente que foi de Bush filho, passando por Obama, Sanders, ala esquerda do Partido Democrata... abarcando até grupos que se proclamam trotskistas.

ISRAEL, CAMPEÃ MUNDIAL DA VACINAÇÃO BOICOTA O IMUNIZANTE DA PFIZER AOS PALESTINOS: DESTA VEZ O HAMAS E A OLP AGRADECERAM O EMBARGO SIONISTA. FAIXA DE GAZA E CISJORDÂNIA TEM MENOS DA METADE DE MORTES POR COVID DO QUE O ENCLAVE SIONISTA...

Israel até o momento contabiliza oficialmente perto de 4 mil mortes por Covid, apesar de ter adotado um rígido isolamento social (obviamente para evitar protestos contra o corrupto governo Netanyahu) e ser a campeã da vacinação em todo o mundo, foi o país que mais rapidamente vacinou proporcionalmente sua população de 9 milhões de habitantes, cerca de 15% já foram atendidos. Em contrapartida, o regime sionista não disponibilizou nem uma única dose da vacina da Pfizer para os palestinos da Faixa de Gaza e Cisjordânia, querendo assim demostrar, mais uma vez, sua “superioridade” econômica e social. Porém aconteceu algo inédito desde a criação do Enclave sionista, desta vez as autoridades palestinas agradeceram o boicote das vacinas, por uma razão muito simples e científica. A Faixa de Gaza e a Cisjordânia, mesmo com toda a precariedade no seu sistema de saúde pública e sem capacidade física de decretar qualquer tipo de distanciamento social, registrou 1,500 mortos por Covid para uma população de quase 6 milhões de habitantes, ou seja, sem lockdown, sem máscaras e sem vacina alguma, os palestinos tiveram menos da metade de óbitos dos ricos usurpadores sionistas. É mais uma prova cabal que a “receita protocolar” da OMS e Big Pharma não tem eficiência alguma, a não ser provocar mais doenças e falecimentos.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

“NOVA ORDEM” PANDÊMICA: DO SOCIALISMO CIENTÍFICO AO “SOCIALISMO DISTÓPICO”...   

No século 19, em 21 de setembro de 1882, Frederick Engels publicou um panfleto intitulado "Do Socialismo Utópico ao Socialismo Científico" que continha três capítulos de seu livro "A Subversão da Ciência do Sr. E. Dühring", escrito em 1878. No prólogo da edição inglesa de 1892, ele se referia aos avanços da ciência com as seguintes palavras: “A química moderna nos diz que assim que se conhece a constituição química de qualquer corpo, esse corpo pode ser integrado a partir de seus elementos. Hoje, ainda estamos longe de saber exatamente a constituição das substâncias orgânicas superiores, os corpos albuminóides, mas não há absolutamente nenhuma razão para não adquirirmos, mesmo dentro de vários séculos, esse conhecimento e com a ajuda dele podemos fabricar albumina artificial. Quando o conseguirmos, teremos também conseguido produzir vida orgânica, pois a vida, das suas formas mais baixas às mais altas, nada mais é do que o modo normal de existência dos corpos albuminóides”. 

SERÁ QUE É A CIA, FBI E OS BANDIDOS DEMOCRATAS QUE IRÃO DEFENDER A DEMOCRACIA? BIDEN NOMEIA UM CRIMINOSO DE GUERRA PARA COMANDAR O PENTÁGONO... 

No “circo” montado da invasão do Congresso norte-americano pelas hordas fascistas, impulsionadas por um Trump acovardado após a reação fortíssima do Deep State diante do fato inusitado na história dos EUA, o chamado “Centro Civilizatório Mundial” (um amplo arco político que unifica desde a esquerda reformista até os carniceiros Democratas) passou a desfilar declarações “apaixonadas” em defesa da democracia e da estabilidade do regime imperialista ianque. Mas será mesmo que organizações como a CIA, FBI, Pentágono e a cúpula do Partido Democrata são os verdadeiros guardiões da democracia universal? Entretanto vejamos o que planeja Joe Biden, alçado agora ao posto de gerente do Estado burguês imperialista mais poderoso do planeta. Biden nomeou o General Lloyd Austin Secretário de Defesa.  Ele será o primeiro negro a liderar o Pentágono. Durante a campanha eleitoral para atacar os Republicanos Biden afirmou que a Guerra do Iraque havia sido um "erro". Bem, Austin ajudou a resolver esse "erro", ele primeiro liderou a invasão e depois a ocupação militar genocida e de rapinagem econômica que se estende até os dias de hoje.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

DOCENTE RAQUEL VARELA FAZ GRAVE DENÚNCIA DESDE PORTUGAL: PROFESSORES E ESTUDANTES SUBMETIDOS AO FRIO DE 4 GRAUS EM SALAS DE AULA COM JANELAS ABERTAS SEM DIREITO DE LIGAR O AQUECIMENTO PROVOCANDO AUMENTO NOS CASOS DE PNEUMONIA 

A professora universitária, investigadora e historiadora portuguesa Raquel Varela, colunista do Esquerda On Line (direto de Lisboa), portal do grupo Resistência (PSOL), fez uma grave denuncia em sua publicação no Facebook de ontem, dia 6 de Janeiro. Raquel afirma que “As escolas estão com as salas de aula de portas e janelas abertas com 4 graus. Os alunos estão de mantas, a tremer. Em risco de apanharem pneumonias e outras doenças. Estive em aulas na Alemanha e Suíça com 10 graus ou 15 estavam as salas fechadas com aquecimento a 24 graus, apesar do confinamento. Atingiu-se um estado de completa insanidade. Dizem que é a DGS que obriga a, seja qual for a temperatura, ter janelas abertas - a ser verdade já não há palavras que descrevam o absurdo. É evidente que a saúde de 1 milhão de professores e alunos está em causa - parados horas com estas temperaturas. Perdeu-se toda a razão e sentido de realidade”. Não resta a menor dúvida que as medidas irracionais impostas em Portugal pelo terror sanitário ditado pela OMS e adotadas pelos governos burgueses (como o do PS de António Costa), corretamente denunciadas por Raquel Varela não tem nenhuma base científica e, muito menos, estão voltadas a “salvar vidas”, pelo contrário, como alerta a professora e experiente militante provocará certamente graves doenças, como a pneumonia, entre os trabalhadores da educação e os alunos!